Ex jogadores se preocupam com pressão sob Jardine no começo de 2019

Denilson, Jogo das Estrelas, Estádio Municipal Walter Ribeiro, Sorocaba SP, 16/12/2018, Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press

O ano de 2019 já começará com André Jardine sob pressão. Dentre os técnicos dos quatro grandes clubes de São Paulo, inclusive, ele é o menos experiente e o que mais precisa provar do que é capaz. A avaliação parte dos ex-jogadores Denílson e Edmílson, ídolos do Tricolor e para quem o profissional corre riscos caso não alcance resultados imediatos.

“Desses treinadores, o Jardine é o que pode ter mais trabalho, porque os outros três treinadores têm costas largas, têm currículo, têm peso”, afirmou Denílson, à Gazeta Esportiva, antes de participar do Jogo das Estrelas, evento solidário promovido por Falcão, em Sorocaba.

O ex-atacante se referiu a Luiz Felipe Scolari, Fábio Carille e Jorge Sampaoli, técnicos de Palmeiras, Corinthians e Santos, respectivamente. Para ele, os dois primeiros, campeões por seus clubes, e o argentino, com experiência na Europa e de Copa do Mundo, começam 2019 mais respaldados e seguros no cargo.

“Não sei se a diretoria vai ter peito de continuar com ele se o São Paulo iniciar o Campeonato Paulista com derrotas. A única preocupação do São Paulo deve ser essa: tentar iniciar o Campeonato Paulista de forma positiva”, aconselhou o hoje comentarista da TV Bandeirantes.

Multicampeão pelo São Paulo nos anos 90, Edmílson compartilha da mesma opinião. “É a cultura do nosso futebol. Lamentavelmente, é um profissional que vai jogar sob pressão de alguns resultados importante já no início de temporada”, previu o ex-zagueiro, que avisou que levará investimentos a um clube paulista.

Diferentemente da época de Edmílson, o São Paulo atual amarga uma seca de seis anos sem títulos, completados com a frustrante queda de rendimento no segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2018, liderado pela equipe por oito rodadas. O ex-defensor atribui à política o mau momento vivido pelo clube.

“O São Paulo passa, pós-Juvenal [Juvêncio], um problema muito grande politicamente, algo interno que tem prejudicado dentro de campo. Você pode ter o melhor elenco possível. Se não há uma gestão boa, um lado político, que é natural dentro de um clube, acaba prejudicando e os resultados não aparecem”, avaliou.

Sucessor de Diego Aguirre, André Jardine soma cinco partidas como técnico efetivado do São Paulo, com duas derrotas, dois empates e uma vitória. Em 10 e 12 de janeiro, o time enfrenta Eintracht Frankfurt-ALE e Ajax-HOL, pela Copa Flórida, nos Estados Unidos. A estreia no Paulistão está marcada para o dia 20, diante do Mirassol, no Morumbi.

Gazeta Esportiva

32 comentários

  1. Jardine precisa de respaldo total, incondicional e irrestrito da diretoria tricolor.

    Qualquer atrito, por mínimo que seja, sobrará para ele, porisso a necessidade da diretoria atuante, inclusive nos vestiários e bastidores.

    • Acredito que não só da diretoria, mas precisa de nós, também.
      Um pouco de paciência da torcida vai bem e Jardine é um bom profissional, se tiverem paciência, ele e nós nos daremos bem.

      Saudações tricolores.

      • Infelizmente nossa torcida não decide, apenas a parte instrumentalizada por aqueles que decidem, e jogam nas “costas da torcida” …, aquilo que deveriam decidir, num interminável jogo de cena.

        Looping infinito e absurdo, mas é assim que funciona.

        • Não decidem, mas torcida que apoia ou não faz uma tremenda diferença.
          Acredito que não foi o que quis dizer, mas dizer que a torcida não tem parte da responsabilidade do que acontece no clube, é não ver a realidade.
          Quantas foram as vezes que a diretoria ágil ouvindo a torcida? Não foram poucas.
          Claro, não dá pra dizer que a culpa é da torcida, isso não. A maior culpa é desses corruptos que tomaram conta do nosso tricolor com seu amor pelo dinheiro, mas temos que dizer que nossa torcida é um rebanho sem consciência que acham que o problema de uma má campanha é do treinador.

          Saudações tricolores.

  2. Desculpa, pessoal. Sei que não tem nada haver com o tricolor, mas quando eu vi, não aguentei e vi que tem incompetentes em todos os clubes:

    Com a mudança do nome do Atlético para Atlético Athlético, houve a alteração do site, porém o CAP só registrou o domínio nacional (.br) e esqueceu do Mundial (.com). O seu rival Coritiba foi rápido, registou e encaminhou para seu site.
    Desta forma, ao entrar no site: http://www.athleticoparanaense.com você é direcionado ao site do Coritiba.

    Eu fiz teste e realmente é verdade.
    Dei muita risada disso. Erro absurdo! Kkkk

  3. Vou pôr aqui também o que escrevi em outro post:

    Essa ideia de pôr o Pablo de “ponta direita” pra sustentar a titularidade do bonde velho D. Souza, sinceramente… tomara que nem tenha passado pela cabeça de Raí e Jardine.

    Seria jogar o ano no lixo!

    Vou repetir o que é mais do que óbvio: D. Souza e Nene ñ podem ser titulares sob hipótese nenhuma.

    Pior ainda seria jogar com Nene + D. Souza no ataque e Pablo correndo atrás de lateral… Um equívoco retumbante. Duvido que tenham gastado 26 paus pra contratar um cara pra carregar o piano para 2 idosos em campo, seria hilário.

    Dito isto: Rojas ñ tem futebol pra ser titular de um time como o SP; é um bom reserva, e só. Precisamos de um cara pra jogar nessa faixa direita… Helinho talvez ñ segure o tranco.

    Pablo nas pontas só numa casualidade…

    Sinceramente, isso é tão óbvio que, se o Jardine ñ chegou a essas mesmas conclusões em 5 min, ele ñ serve pra treinar o SP.

    D. Souza e Nene ñ podem ser sequer cogitados como titulares.

  4. Comparem a intensidade do atacante do River Santos Borré com a lerdeza e preguiça do D. Souza… A diferença é abissal.

    D. Souza no máximo serve pra jogos pequenos contra times ruins… Nos jogos grandes, invariavelmente demonstra todas as suas limitações.

  5. Precisamos de jogadores de 1 linha Rodriguinho , Ganso , Hernanes , Miranda , Daniel Alves, Pato , Luan e Marcelo Groe e ganharemos tudo , antecipa cota de tv , faz empréstimo , usa parceiros vende o Morumbi ou poe ele na penhora mas monta um time pra ganhar tudo esse ano

  6. Se o Jardine experimentar colocar o Nenê Tramontina Grill no banco, ou tirar no decorrer das partidas, deixar o D. Souza junto com o R. Caio (se não for negociado) não dura 6 meses, aposto em 3 meses
    Mas não sei, algo me diz que o Cuca assumirá, talvez após o Paulista.
    Pode ser uma ideia absurda, mas é uma possibilidade.

    • hahahaha vai nessa… vc acha mesmo que o SP passa do “grupo da morte” com Nene e D. Souza de titulares? na boa, pode esquecer…

      O Jardine cai em 3 meses se ficar insistindo nesses bondes velhos apesar dos maus resultados que inevitavelmente virão.

      Raí deu a letra: estamos pagando 26 paus no Pablo, ou seja, D. Souza e Nene são passado, não são mais os “reis da cocada preta”… se vier o Hernanes, aí que a coisa fica mais feia ainda.

      E deve chegar mais gente boa, ein…

      Se os bondes idosos ficarem de “biquinho”, que procurem outro time pra jogar…

      Ou o Nene acha que aguenta jogar 2 vezes na semana 90 minutos? mal aguenta jogar 45 esse vovô…

      Tolerância com a titularidade desses bondes velhos vai ser o prenúncio do fracasso, espero que Raí esteja atento a isso.

      • Vieira, ele está em uma situação complicada, se manter esses caras velhos (Nenê e D. Souza) além do R. Caio, será eliminacao na certa. Podendo ser demitido em 3 meses como você disse, ou em menos tempo se deixar esses desinteressados e paneleiros no banco, o que seria o correto. De qualquer jeito ele estará em um encruzilhada, a solução é ter uma blindagem pela diretoria, e ajuda de alguns experientes, nesse caso, Hernanes seria o ideal para controlar essas contas, pela liderança e identificação com o clube, ninguém bate de frete, nem mesmo o mal caráter Nene Tramontina Grill.
        Gostaria de ver esses caras sumindo do SP, não respeitam o clube e muito menos a torcida.

        • Acho que puseram o Lugano nessa nova função dele justamente por isso.

          É absurdo que o Jardine e a diretoria de futebol ñ estejam preparados pra esse tipo de coisa…

          Se bem que o Nene termina 2018 bem em baixa, jogando mal, cansado… Já no Vasco pegava reserva direto, creio que aqui ele vai ter de se acostumar, do contrário é rua, disso tenho certeza.

          Até acho que ele pode ser útil entrando no decorrer dos jogos, faltando 20-30 minutos… mas de titular, já vimos que não dá.

          O D. Souza, se começar como começou 2018, vai esquentar banco… Pablo é o titular; Carneiro vem evoluindo, enfim…

          Esses bondes, pra serem titulares, vão ter de jogar o que, na minha opinião, já não conseguem.

  7. Vieira concordo com vc, o Pablo tem que ser titular no lugar do DS, junto com o Everton e outro ponta na direita

    mas sou contra vender o DS nesse momento, pois vamos precisar de ELENCO com QUALIDADE, na minha opinião ele pode ser útil

    se ele acima do peso e lento conseguiu ser artilheiro do SPFC no ano, imagina se o carlinhos neves coloca-lo no peso ideal ? Eu tbm não gosto do DS e fui contra a vinda dele, mas ele tem sua qualidade técnica

    • Confesso que tb ñ sou a favor da saída dele “de graça”… mas se viesse uma boa proposta, ñ pensaria duas vezes.

      Mas, realmente, ñ dá pra ser titular… e por isso precisamos de contratações pro meio e ataque.

      Depender da dupla de velhos é certeza de fracasso.

      D. Souza aguenta jogar no máximo 1 jogo por semana, contra times ruins… contra times fortes ele ñ aguenta, é uma intensidade muita acima de sua capacidade.

      Nene mal aguenta 1 tempo inteiro, que dirá 2 jogos por semana…

      Ainda mais em começo de temporada rsrs

      • Infelizmente perderam a chance de despachar os dois, Nene para Arábia e o D. Souza pro Vasco, quem sabe não surgem propostas boas.
        O Heron comentou sobre o ponta direita, Rojas fez muita falta no final do Brasileiro, ele não finaliza bem, e com a lesão a necessidade de contratar é grande, pois o Helinho ou Antony não aguentam por ainda não terem a parte física ideal para jogar no time principal.

  8. Minha opinião para um time principal se fecharem as contratações.
    Volpi
    Igor Vinícius
    Arboleda
    B. Alves
    Reinaldo
    Luan
    Liziero
    Hernanes
    Everton
    Rojas (contratação)
    Pablo
    Ataque veloz, de certa forma jovem, com a técnica e liderança do Hernanes, velocidade e juventude dos volantes, experiência e técnicas dos zagueiros, e um goleiro de alto nível. Da para conquistar títulos, Copa do Brasil é um sonho possível.

    • Seu time é muito semelhante ao meu, mas eu ainda penso no Hernanes como um 2º volante podendo tb jogar de meia… e pra deixar o elenco mais forte, acho necessário pro ataque a aquisição do Hernanes (ou outro cara similar em atributos), um meia característico e um jogador pra pela direita do ataque: nem precisa ser um ponta, mas cara que saiba jogar por lá, como o E. Ribeiro do flamengo, por exemplo…

      A meu ver, trazer o Hernanes como “meia” é um tiro no pé… Precisamos dele e de mais um meia característico.

  9. Eu tb concordo com o Vieira e por causa disto temo que o Jardine não dure até o final do Paulistão o que seria uma pena muito grande pq um profissional como ele que esta começando demanda muita paciência, coisa que nossa torcida nunca teve nem com seus ídolos

  10. É o blá blá blá de sempre. Por exemplo, por melhor que o Sampaoli possa ser, em um time que tinha Messi, Di Maria, Aguero e tantos outros, não conseguiu ganhar nada. Tudo depende do respaldo que os técnicos tem. Até parece que aqui não é Brasil.

  11. É outra, Felipão tomou de 7 dentro de casa, a maior e pior vergonha que pudesse passar, o Felipão passou. Luxemburgo é outro bom exemplo, nem o operário futebol clube, da minha grande Dona Euzébia o quer. Me poupem.

    • Acho Felipão e Luxemburgo muito diferentes, a única semelhança é que ambos pertecem a mesma geração de técnicos, o Felipão conquistou títulos nos último, ganhou inclusive com a seleção a Copa das Confedeções, ganhou títulos no Ubequistão e China…
      Luxemburgo, treinou um time da segunda divisão da china e conseguiu ser demitido deixando o time longe da zona de acesso, treinou bons times brasileiros nos últimos 8 anos, sempre que é contratando deixa o time ou na zona de rebaixamento ou beirando, é uma carreira que está em declínio.

  12. Preocupado estou eu com a minha pressão com um estagiário de técnico. Conseguimos a proeza de ter o pior técnico dos grandes paulistas, e olha que um deles eh f7l1pao

  13. Quem eu acho q pode dar um trabalho danado pro Jardine:
    D. Souza
    Nene
    Jean

    O perfil de contratações mudou pra esse ano, tanto na qualidade, quanto no perfil agregador. O Hernanes, Volpi e Pablo vão ajudar demais o Jardine.

  14. Torcida mal agradecida, Diego Sousa foi artilheiro do time, um dos melhores, se não o melhor no quesito bola aérea. Não foi municiado no segundo turno. Nenê contribuiu muito enquanto teve pernas, sucumbiu a enxurrada de críticas. Um cara na idade dele nao perdeu sequer um jogo por contusão, no mínimo o cara é um ótimo profissional.
    Ambos serão muito importantes para a equipe, ou esqueceram o que a falta de elenco nos custou nesse BR.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!