Carlinhos Neves explica como usará Florida Cup para preparar o Tricolor

O São Paulo terá apenas 34 dias de trabalho antes de iniciar sua caminhada na Copa Libertadores de 2019, no mata-mata contra o Talleres (ARG). É por isso que a Florida Cup, competição amistosa que o clube disputará no início do ano, está sendo planejada com muita atenção pela comissão técnica. Carlinhos Neves, recém-contratado como preparador físico, detalha qual será a programação.

– Esse período na Flórida vai ser o primeiro passo em nosso planejamento para readaptar os atletas ao esforço, identificar seu atual nível de desempenho, e programar os treinamentos de forma organizada e gradativa em direção ao alto rendimento durante toda a temporada e todas as competições a serem disputadas – disse o profissional, que será um dos principais nomes da comissão técnica em 2019.

Carlinhos tem currículo vasto no futebol, inclusive no São Paulo, onde teve duas passagens vitoriosas. Na primeira, entre 1999 e 2000, ajudou o clube a conquistar um Paulistão. Na segunda, entre 2003 e 2010, participou de mais um título estadual, de uma Libertadores, de um Mundial e de três Brasileiros. Homem de confiança de Raí, ele ajudará inclusive no diálogo entre elenco, comissão e diretoria. Sua presença foi um dos motivos para o clube não contratar um substituto para Ricardo Rocha.

– O fato de estarmos reunidos por aproximadamente dez dias durante a Florida Cup, o que depois vai se estender para São Paulo, será muito importante para o controle de todas as variáveis que cercam o treinamento, bem como para o convívio da comissão técnica com os atletas. Fazer dois jogos contra adversários europeus também é significativo, mesmo com a rodagem dos atletas em busca da melhor forma para todos – emendou Carlinhos, lembrando que a ideia será colocar todos os jogadores para atuar nos Estados Unidos.

– Os jogos fazem parte importantíssima nessa periodização, em direção à melhor forma física e evolução do modelo de jogo que o Jardine pretende implantar. Vai ser importante dar minutos em campo para todos os atletas participarem das partidas em busca de melhor rendimento futuro. Lembrando que alguns dias depois estaremos estreando no Campeonato Paulista.

A reapresentação do grupo está marcada para o dia 3 de janeiro, no CT da Barra Funda. Para o dia 4, está previsto o embarque da delegação para os Estados Unidos. O São Paulo jogará no dia 10 contra o Eintracht Frankfurt (ALE) e no dia 12 contra o Ajax (HOL).A estreia no Paulistão será no dia 20, contra o Mirassol, no Morumbi.

– Nesse início é importante observar em que nível cada atleta se apresenta e identificar rapidamente suas necessidades para corrigi-las, bem como
potencializar as valências em que o atleta se destaca. O acompanhamento diário, o monitoramento, e o registro diário dos treinos será uma ferramenta importante para controle e programação dos treinamentos individualizados – encerrou Carlinhos Neves.

Lance!

10 comentários

  1. Nem levaria o time princial pra isso… n tenho boas lembranças dos anos que fizemos pré temporada fora..
    mas fizeram contratos… te a imagem do clube.. então fazer o que…
    que n façam vexame

  2. Na verdade até agora Raí e seus amigos fizeram muito pouco em termos de contratacao.

    Estamos a 10 dias da volta das férias e somente uma promessa foi contratada ” Pablo”

    Muito segredo, muita conversa , mas papel assinado nada aconteceu.

    Se alguém acha que em dez dias vão contratar :
    1- um meia.
    2-um lateral direito
    3- um ponta direita
    4- um volante
    5- um goleiro.

    Se alguém acredita que vão fazer em dez dias o que não fizeram em 20 dias até aqui há passados vc deve acreditar em papai Noel também…porque eu já passei dessa fase.

    Raí volta das ferias temos uma libertadores pra disputar e se não bastasse no pior grupo possível!

    Acorda Raí…. mês de dezembro e pra assinar contrato outras coisas como contatos, carências e pesquisas quando se faz planejamentos isso ocorre em setembro/outubro.

  3. Até que enfim temos podemos ter uma pré-temporada boa!
    Agora, a diferença dos outros inícios de ano é que temos um bom profissional a frente de um setor importantíssimo para o elenco, Carlinhos.
    Esperança de, pelo menos, ter um time que corre.

    Saudações tricolores.

O São Paulo precisa de nós! Vamos apoiar!