São Paulo continua investimento em análise de desempenho e envia profissionais para a Inglaterra

Dois dos analistas de desempenho do São Paulo aproveitaram o fim da temporada brasileira para realizar uma viagem internacional de estudos sobre o futebol. Luiz Felipe Batista, o primeiro funcionário do jovem departamento do clube, criado na virada de 2015 para 2016, e Raony Thadeu estão na Inglaterra para acompanhar jogos e treinos. Eles já visitaram os centros de treinamento do Chelsea e do Tottenham e acompanharam uma partida também do Tottenham, em Wembley.

Até pela função que exercem, é claro que a viagem também pode oferecer algum material que auxilie na busca por reforços para o Tricolor. Mas o objetivo principal da dupla está na qualificação de seus trabalhos de campo, relacionados a novos métodos de treinamento e observação de estilos de jogo.

A análise de desempenho tem recebido mais investimento do São Paulo. Mesmo antes da saída de Diego Aguirre, que concentrava as tarefas da área no auxiliar Juan Verzeri, o clube já agia no mercado em busca de novos profissionais para o departamento. Carlos Vargas, ex-Corinthians, foi contratado no fim de novembro e já trabalha no CT da Barra Funda.

A expectativa é que o trio ainda ganhe o apoio de scouts externos para procurar atletas no mercado e que atue mais perto da comissão técnica. Batista e Thadeu chegaram a se revezar como auxiliares do técnico recém-efetivado André Jardine nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro.
Jardine, aliás, está concluindo o curso para tirar a licença Pro de treinador da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e definiu Sandro Forner, ex-comandante do Coritiba, para ser seu novo auxiliar. O São Paulo também contratou Carlinhos Neves para ser preparador físico principal e ainda ajudar a gerir elenco e comissão técnica.

UOL

36 comentários

    • Pedem imediatismo porque o São Paulo estava parado no tempo. Estamos há 10 anos sem um título importante e clássico virou uma agonia. Soluções a longo prazo faz com que a espera seja ainda maior..
      Acho que tem como fazer planos de curto, médio e longo prazo. Um bom gestor não é aquele que pensa no futuro e se esquece do presente.

      • Refiro -me a pedir troca de técnico a cada período de 90 dias e trocar todo o time. Sem a visão de projeto.

        Nos anos do tri a cada seis meses pediam a saída do Muricy e com bastante veemência. JJ teve mérito de manter o cara.

        Evoluir. Qualificar. Melhoria contínua de processos como parte de projetos de curto médio e longo prazos.
        Cada contratação e descontratacao faz parte de um projeto e não da fantasia imediatista de algum setorista.

        Todas as ações recentes tem a estetica da evolução. Há um conceito envolvido nas decisões.
        Não é chute, é ação de quem sabe o que quer.

        Gosto do que vejo. Do todo embora questione algumas partes.

        • Concordo com os dois… Rssss
          Mas a visão do Massa é mais próxima do que eu também entendo ser o
          ideal.
          Mas entendo o comentário do Ícaro pois é complicado explicar para grande número de torcedores que o SP precisa caminhar passo a passo para voltar a ser o que era, mesmo porque a grana está curta e não temos um “patrocinador de peso”… Né Peppas?
          Para quem está esperando impaciente por um título, e complicado.
          Mas vejo o Raí acertando quando traz de volta um Carlinhos Neves, traz um experimentado cara para ser auxiliar do Jardine e confia a Lugano (junto com o Carlinhos) a função de segurar a onda nos vestiarios.
          Passo a passo, fazendo as implementações e correções necessárias, voltaremos ao topo.

          #DeixemRaiTrabalhar

  1. Investir nessa tal de análise de desempenho, muito legal. Pena que depois pra contratar o critério não é se o cara é bom, mas é rolar a comissão. Sidão e Edmar do mesmo empresário que o digam.

  2. Eu garanto que os torcedores que frequentam o blog indicariam jogadores mais uteis do que esse departamento.
    Vamos mandar currículos para o Raí.

  3. Eu acho que estamos em um caminho certo… Com o elenco que tínhamos, chegamos perto de um Brasileirão… acho que o trabalho não foi de todo ruim, viemos a 10 anos nos arrastando, precisamos de tempo, para encaixar as coisas, se o Jardine conseguir impor o que ele impôs na base, as chances de sucesso são enormes.

    E essa troca rápida, é o que vale para essas fases… ahh, técnico não deu certo, troca, coordenador não deu certo, troca… é hora de ajustar as coisas… de 2004 a 2005 por exemplo, o elenco mudou muito pouco, o gerente de futebol não foi trocado, mas passamos por 3 a 4 técnicos e comissões diferentes.

    Então, precisa deste tempo de ajuste.

  4. Parabéns ao São Paulo FC, está se modernizando.

    Agora esse Hernanes é fantástico, que cara íntegro!

    O Cruzeiro procurou os empresários do volante Hernanes em busca de contratar o atleta para a temporada 2019. O primeiro contato foi feito antes do término do Campeonato Brasileiro e, agora, novamente. A reportagem da Gazeta Esportiva apurou, no entanto, que o jogador dá preferência ao São Paulo.

    O Cruzeiro sonhava em ter um jogador de meio campo com boa chegada na área adversária e finalização. O nome de Hernanes, portando, era a melhor alternativa. Todavia, os planos celestes foram frustrados.

    O jogador deu preferência para o São Paulo, por sua história com o clube e desejo de retornar. A reportagem apurou que o Cruzeiro, inclusive, ofereceu salário maior, mas o Tricolor ainda ganha a atenção especial do jogador.

    Com as fortes especulações envolvendo o meia Thiago Neves, a Raposa voltou a procurar Hernanes. A diretoria do Cruzeiro considera o jogador o substituto ideal caso Neves deixe a agremiação, mas a situação é muito difícil.

    • Hernanes…. Meu grande sonho de consumo.
      Tomara que volte em junho…
      Se mexe aí, Raí!!!

      PS. Na atual conjuntura do futebol brasileiro e até sulamericano, a volta de Ganso seria boa, sim!

  5. Se forem observar algum jogador, certamente é o Piazon, que está na “geladeira” lá no Chelsea
    Qnt ao Barco, é muito, muito dificil (eu mesmo duvido)
    Já o Viudez, acho bem provavel que venha

  6. O SPFC precisa ter um elenco mais ou menos armado para o inicio do ano. Tem que sair na frente na preparação e conseguir bons resultados já no inicio. Além da pré-LA, precisa fazer melhorar a pontuação no paulistinha.

  7. A coisa anda tão feia em matéria de planejamento e reforços para o São Paulo que eu acredito que o melhor a fazer agora, seria entrar na onda de implorar ao Palmeiras que respeite o “fair play financeiro” para que assim o São Paulo e outros clubes não corram o risco de acabar de vez. Claro que estou ironizando, contudo, o que já é desproporcional pode ficar fora de controle devido ao imenso abismo existente entre essas equipes, poucos clubes terão força para competir contra esta força do futebol brasileiro. Se eles cresceram tanto foi porque nós nos apequenamos e paramos no tempo. Incompetência a gente vê por aqui.

    • Bem ou mal, não temos escolha. Agora é o momento de bater e cobrar, mas a partir do momento que o plantel estiver formado aí é apoiar e ter paciência, sim.

  8. Agora contrataram o Everton Felipe em definitivo, pra quê analista, se a diretoria conseguiu ver bom futebol nele, e finalizou sua compra!

Deixe uma resposta