Sem Trellez, Jucilei e muitos desfalques, Jardine relaciona 23 jogadores para a despedida contra a Chape

O São Paulo viajará para Chapecó bastante desfalcado. Sem Jucilei, liberado para resolver problemas pessoais, o Tricolor também não contará com Reinaldo, suspenso após receber o terceiro cartão amarelo na última rodada. Fora isso, André Jardine também terá de encontrar uma solução para os outros cinco desfalques do elenco que se recuperam de problemas físicos.

Bruno Peres, com estiramento no músculo anterior da coxa direita, deve ser substituído por Araruna, improvisado na lateral-direita, ou por Tuta. Já o atacante Tréllez, com uma entorse no tornozelo esquerdo, deixará de ser o substituto imediato de Diego Souza neste domingo, abrindo espaço para o garoto Pedro Bortoluzo.

Luan, com entorse no tornozelo direito, Gonzalo Carneiro, com estiramento no músculo posterior da coxa direita, e o meia-atacante Rojas, que recentemente passou por uma cirurgia para reparar uma ruptura no tendão patelar do joelho direito, são as outras ausências do São Paulo na última partida do time no ano.

Em compensação, o volante Hudson, que na última rodada ficou de fora para se recuperar de uma fadiga muscular, volta a ser titular ao lado de Liziero, conforme André Jardine indicou no treinamento da última quinta-feira.

Confira a lista com os atletas relacionados:

Goleiros: Jean, Lucas Perri e Sidão

Laterais: Caíque, Edimar e Tuta

Zagueiros:Anderson Martins, Arboleda, Bruno Alves e Rodrigo Caio

Volantes: Araruna, Hudson e Liziero

Meias: Everton, Everton Felipe, Igor Gomes, Nene e Shaylon

Atacantes: Antony, Brenner, Diego Souza, Helinho e Pedro Bortoluzo

Gazeta Esportiva

17 comentários

  1. O RAI, vai ter q trabalhar como nunca atras de reforços se quiser conquistar algum titulo em 2019, pq com esse estagiário e esses nomes de jogadores que estao pensando em contratar, nao vai chegar em nenhum lugar. O RAI, precisa pensar grande, pra ser campeao de algum campeonato que vai disputar em 2019.

  2. Votuporanguense foi campeão da Copa Paulista jogando na retranca e no contra-ataque.

    Aqui, ficam com essa frescura de cultura do clube.

    A cultura do SPFC é ser campeão. O resto é conversa fiada e saudosismo.

    • A Europa tem cultura diferente do Brasil. Não da pra comparar.

      Ocorre que o brasileiro tem a síndrome “pagar pau pra estrangeiros”.

      • Ocorre que lá eles praticam o futebol, aqui algo parecido.
        Arsenal e Tottenham estão fazendo um jogo de encher os olhos, e só nos mostra o abismo que se criou entre o que se faz aqui e o que se evoluiu por lá.
        O termo pagar pau não se encaixa quando admiramos um jogo bonito, com gols, organizado, apesar de vários percausos pois não existe perfeição.
        Hoje eu tenho vergonha de assistir o SP jogar, da medo, se perdeu com tempo.
        Quem sabe a partir de 2020 as coisas mudem, até lá, me contento com o FUTEBOL Europeu.

        • O SPFC tem que viver da glória do passado, da época que jogava de igual para igual com Barcelona e passava como um rolo compressor por cima do Liverpool.
          Independente das últimas gestões terem destruído o SPFC, não vamos ver mais um um time latino americano jogando com chances de ganhar de um europeu de 1a linha dado a decadência financeira do nosso futebol.
          Craque aqui, joga 10 ou 15 partidas no profissional e já é vendido para a Europa.

  3. O que eu espero para o jogo , espero pelo menos dedicação algo que deixou de existir no segundo turno , a melhor momento do time esse ano não houve melhora no elenco do dia para noite mais teve empenho para tentar melhorar , no futebol de hoje quando o time não corre e executa a parte tatica não ganha mesmo se for bom tecnicamente não ganha , os últimos jogos do gremio parecia um time mediano veio joga contra a gente não fez nada no jogo , o flamengo empacou , palmeiras quase empacou , time perdido em campo e que não corre e fatal .
    O time do curitia despedaçado chegou a final da copa do brasil que nos saimos por relaxo , atletico paranaense que também não é um baita elenco mais que joga com consciência e corre se recuperou da passagem do diniz e ta na final da sulamericana a qual nos fomos mal , final da libertadores boca e river chegaram a final , mais não são os melhores times que disputaram a competição, mais souberam vencer adversários mais fortes , esse segundo turno nosso foi um vexame , so não gerou uma crise maior por que a vaga nem que seja na pre libertadores ja esta garantida , houve conjunto de erros mais uma vez de um time que esta se acostumando a ficar pelo caminho , diretoria omissa, treinador perdido e jogadores relaxados , ouve jogos que so se salvava a atuação de 2 atletas por jogo o resto tudo entregue , quando um joga o outro se esconde ,
    O atletico mineiro desse ano é um time horroso no jeito de jogar, mais cumpriu a meta chegou na libertadores, o time deles não é acertado, muito desorganizado , alguns bons jogadores outros bem abaixo da media , mais todo mundo corre , nos aqui com os pproblemas que eles tiveram no time brigaria para não ser rebaixado , e segundo turno do ceara foi melhor que nosso .
    Não entendo esse dom pra complicar as coisas que acontece no sao Paulo , não enchergam o óbvio , e dão volta pra chegar no mesmo lugar , demora pra usar o Helinho , agora oque se ouve e que vai vender o Liziero e como sempre pra trazer um pior ganhando mais , nada da certo e os caras invés de tentar reduzir a margens de erros na formação do time ccontínua trocando os pes pelas mãos .

  4. Mas não é só o São Paulo que não dá pra assistir no futebol brasileiro, são quase todos os times e os times que jogam um pouquinho aqui é no máximo 20% de intensidade do futebol inglês .

Deixe uma resposta