“2019 começa com os dois últimos jogos de 2018” diz Jardine

Abel Braga? Fábio Carille? Cuca? o São Paulo deixou a busca por técnicos medalhões do mercado e decidiu investir na efetivação de André Jardine para comandar o time na próxima temporada e emplacar trabalho que encerre o jejum de seis anos sem títulos (última conquista foi a Sul-Americana de 2012).

O anúncio da efetivação foi feita na manhã deste domingo (25), em meio a preparação do Tricolor para o duelo contra o Sport, no Morumbi, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro 2018, e o agora novo comandante não escondeu a emoção.

Sei do tamanho da responsabilidade que é dirigir um clube como o São Paulo. É a realização de um sonho em defender as cores de um clube tão importante no Brasil. Clube que aprendi a gostar, amar e me arrepia toda vez que entro no Morumbi… O ano de 2019 começa pelos dois últimos jogos deste ano, nos quais vamos lutar por uma vaga para a fase de grupos da Copa Libertadores“, declarou à SPFCtv.

A meta inicial é a construção de uma equipe de trabalho com uma ideia, uma identidade, que vamos buscar com muito treino, dedicação e cobrança“, completou Jardine.

Contratado em 2015, após boas passagens pelos gaúchos Grêmio e Internacional, Jardine colecionou troféus no comando do time sub-20. Na categoria, foi campeão da Copa Libertadores em 2016, da Copa do Brasil em 2015 e 2016, da Copa RS em 2015 e 2017, do Paulista em 2017 e da Copa Ouro em 2015.

A partir do momento que a gente conseguir desenvolver algumas coisas através do treinamento, vamos confrontar nossa identidade com a de outras equipes, e nossa meta será fazer com que nossa ideia prevaleça, para que o São Paulo tenha o maior número possível de vitórias e se aproxime dos títulos“, finalizou.

Satisfeito com o crescimento da base, o Tricolor investiu na capacitação do treinador com o objetivo de prepará-lo para assumir a equipe na categoria principal.

Interinamente, ele comandou o São Paulo por sete jogos entre 2016 e 2018 e soma quatro vitórias (Santa Cruz, Red Bull Brasil, CRB e Cruzeiro), um empate (Grêmio) e duas derrotas (Botafogo e Vasco da Gama).

Torcedores.com

35 comentários

  1. Desconfio que Jardine terá chance no paulista, mas fará a transição para contratação do Cuca, que talvez só retorne em fevereiro/ março.

    • Leco vai dar a Jardine apenas perebas como caicedo, leo pele, Igor não sei o que lá. E , perebas, mesmo bem treinados, esforçados e dedicados continuam sendo perebas. Pobre, Jardine.

  2. Jardine já vai ser cobrado no jogo de hj e no ultimo jogo contra a chape…que o sp irá perder.
    E se o sp perder para o Sport hj no morumbi já que eles vão jogar a vida…2 derrotas ele já balança.
    #3patetas #vemabelao

        • E voce torce pra time GRANDE !!! Nunca se esqueça !
          Queiram ou não os cornetas, estamos brigando pela parte de cima da tabela, colado em Flamerda, Gaymio e Chapolins e na frente de Santos, Travecos, Cruzeiro, Atletico MG, Patetico PR, Vasco, Fluminense, Botafogo, etc, etc ….
          Eu via menos reclamações ano passado quando brigávamos pra não cair, incrivel !

        • Não precisa ter bola de cristal. São Paulo tem sido um time previsível. Ganha hoje e perde a próxima. Se fosse um amistoso, é bem capaz que o time ganhasse, mas basta valer alguma coisa. É um time que não consegue se superar. Se sai na frente, logo alguém entrega a rapadura e leva o empate. Se sai atrás, o time se perde e leva o 2º, morre em campo.

    • Se ele pedisse conselho a Ozório, Bauza, Dorival, ceni, Aguirre ele não assumiria essa bomba que é dirigir um time com um presidente como leco. Jardine não dura 6 meses. Infelizmente

    • Só pela iniciativa dele de assumir o time sem ter medo do histórico passado mostra o quanto o cara acredita em seu potencial e merece nosso respeito, pelo menos o meu vai ter e minha torcida tbem, ele quer dar certo no clube é um cara que sabe o que faz e confia em sua competência, ele sabe que tem alguns valores da base que pode usar, a corda está muito apertada, acredito que venham pelo menos dois nomes que resolvam e possam mesclar com a base…
      Só nos temos esse papo de que não está pronto, se o Santos pensasse dessa forma não revelava um grande jogador a cada ano… Lá não tem grana mesmo e os caras são obrigados a colocar a molecada para jogar e na maioria das vezes respondem, se fossem como nós estaríam colocando o Neymar para jogar hj junto com Robinho e outros que entraram no time sem esse papo furado de queimar, quem queima jogador no São Paulo é sua própria torcida…
      Dela sim os jogadores da base devem ter receio…

  3. Vamos ver o nível dos reforços do ano que vem. Se for mantido o padrão de 2018, Jardine cai na semifinal do paulista.
    SP precisa de 05 jogadores pra chegar e ser titular: Goleiro, LD, Meia, Atacante de lado e Centroavante. A base não supre essas carências.

    Mas oq me incomoda é o seguinte. Todo ano o SP aposta. Apostou no Rogerio, dps no DJ, Aguirre e agora Jardine.
    Aposta no Sidão e dps no Jean. Aposta no triunvirato, Rai, Lugano e RR… e os resultados são iguais, vexames, eliminações, etc…

    Vms torcer, que é o que nos resta, mas pelo padrão até aqui apresentado, e pelas especulações de 19, ano que vem será igual os anos anteriores.

    • Ricardo não é atoa que o clube está sem títulos há anos olha o nível dos técnicos que o sp trouxe até agora nem preciso dizer mais nada. é tentativa atras de tentativa…muita incompetência
      #3patetas #vemabelao

  4. Esse papo de que os reforços dependem se o time termina em quarto ou em quinto é papagaiada, é libertadores de todo jeito, se terminar em quinto precisa de um elenco com mais peças só, mas a qualidade das contratações para o time TITULAR é a mesma.

  5. Assisti a final de Aspirantes no Morumbi.
    Bertoluzzo, tão aclamado por aqui, achei bem fraquinho …
    Foguete foi bem, inclusive capitão da equipe.
    No geral o SPFC não jogou bem, mas tem muito merito pela campanha e construiu a vantagem lá no sul , que facilitou muito as coisas.
    Do mais, nada de mais.

  6. Jardine é muito promissor, a torcida é pra que ele arrebente, mas conhecendo Leco o SP corre o risco de perder um excelente profissional.

    O estilo é oposto ao Aguirre, ele terá jogadores para seu esquema ? quanto tempo levará pra implantá-lo ? precisamos de títulos pra ontem, se cair num mata-mata de paulista terá respaldo ?

    Precisa de elenco a começar por um goleiro incontestável.

    • Cruza e marca 1000 melhor que o Bruno Peres, alem de marcar e apoiar bem.
      Como diz a materia, não é craque, mas trata-se de um bom jogador.
      Estava no Morumbi no sabado, ele foi o que me pareceu mais preparado pro profissional.

  7. Ele vai ser bem sucedido se pensar em por o time pra jogar e impor o peso da camisa. Sucesso Jardine. Mas realmente… se for mal no Paulista… será no mínimo reavaliado.

  8. Vejo um pessoal aqui comparando o.Jardine com o Ceni. Gente, o Ceni nunca tinha sido.técnico quando assumiu o Tricolor. Nem de base. Nem auxiliar no profissional.
    O Jardine dirigiu base no Inter, no Grêmio e no São Paulo. Foi auxiliar no.profissional. Chegou a dirigir o SPFC como interino. É outro acúmulo de bagagem. Outra experiência.
    Talvez, o Jardine esteja mais próximo de um Carille, em termos de trajetória.
    O cara é bom. Entende do riscado. Tem marca de campeào por onde passou. Entende a base do São Paulo como poucos. Uma base subaproveitada porque não tem sequência, paciência e os meninos entram no profissional jogando em times que pouco ou nada tem a ver com a cultura de jogo que vem sendo trabalhada nas categorias de baixo há anos..
    Pode dar errado? Evidente. Mas tenhamos paciência e cobremos a direção pra que seja coerente e deixe o Jardine trabalhar, além de dar o devido suporte.
    Em comum, apesar de divergências aqui e ali, todos queremos o Tricolor campeão, mas soluções de técnicos com mais rodagem também não trouxeram títulos (Muricy, Bauza, Aguirre, Dorival, Autuori; só nessa lista, temos campeões de Libertadores, Mundial, Brasileirão Copa do Brasil).
    Vamos que vamos com Jardine e um time mesclado com molecada e experientes.

  9. Não é ser pessimista, mas, o cara diz que “2019 começa com os dois ultimos jogos de 2018”. Meu amigo, já dá pra ver como será, uma lastima. Que jogo horrivel contra o Vasco, contra Sport. Lamentável ver um time assim. Infelizmente é o que temos e não passa do paulistinha, isso se não cair na fase pré-liberta.

Deixe uma resposta