Procurado pelo Flamengo ao longo de 2018, o técnico Abel Braga viu surgir o interesse do São Paulo após a demissão de Diego Aguirre, e virou um dos principais nomes em disputa no mercado para a próxima temporada.

Depois de conversar com situação e oposição no Flamengo, bem antes da eleição de dezembro, o treinador, que deixou o Fluminense em junho, viu as forças do clube irem em direção a Renato Gaúcho, em conversas no Grêmio por renovação.

Procurado pela reportagem para saber se há negociações em andamento com uma das duas equipes, Abel preferiu não alimentar especulações, mas deixou claro que vive a expectativa por uma definição.

“Não gosto desses comentários sobre se fui ou não procurado. Realmente se tiver que acontecer alguma coisa não vai ser agora, vai ser um pouco mais pra frente. Vamos manter a seriedade. Claro que tem expectativa. Mas prefiro não me pronunciar”.

Nesse momento, o nome de Abel segue bem visto no Flamengo, mas é o plano B. No São Paulo, a situação se inverteu com a troca de comando e a manutenção de André Jardine. Dirigentes procurados pela reportagem também confirmaram que Abel é um nome interessante para assumir no próximo ano.