Vaga na Libertadores, volantes e identidade são heranças de Aguirre no SPFC

Toda vez que um treinador é demitido por um clube no Brasil, já se começa a analisar quais foram os pontos em que ele errou. No caso de Diego Aguirre no São Paulo, a história não foi diferente. Perda de controle do vestiário, faltas de opções táticas e pouco aproveitamento da base apareceram como alguns dos motivos para provocar a queda do uruguaio. No entanto, nem todos se lembram da herança que o técnico estrangeiro deixou para o Tricolor paulista.

Dos 62 pontos que o time conquistou neste Brasileirão para garantir a vaga na Copa Libertadores de 2019, 58 foram sob o comando do uruguaio – os outros quatro vieram com o substituto André Jardine. Ou seja, a classificação para o torneio continental estava muito bem encaminhada pelo treinador, que até celebrou o feito na última segunda-feira (19), por meio de suas redes sociais.

Apesar de muitos críticos questionarem o fato de Aguirre utilizar poucas vezes os jogadores das categorias de base na equipe profissional, o uruguaio é o responsável por lançar duas das principais revelações do clube nesta temporada. Lizieiro ganhou a sua primeira chance logo depois da demissão de Dorival Júnior, em março. Não demorou e o jovem, de 20 anos, passou a ser figura frequente na equipe. No total, ele disputou 37 partidas e marcou dois gols.

Outra boa novidade foi Luan. O volante, de 19 anos, ganhou uma oportunidade para estrear logo em um clássico. Na vitória por 3 a 1 sobre o Corinthians, no dia 21 de julho. Bem avaliado pela comissão técnica e pela diretoria, o meio campista recebeu até uma proposta para acertar a renovação do seu contrato, que era válido 30 de setembro de 2019 – agora passou até 31 de dezembro de 2022. Luan, no entanto, não vai mais defender o São Paulo em 2018 por causa de entorse no tornozelo direito.

Até o início do ano, uma das principais reclamações do departamento de futebol, que é chefiado pelo diretor executivo Raí, era a falta de identidade da equipe. Não havia empatia dos jogadores com o clube. Durante o Brasileirão, porém, os atletas ficaram mais identificados ao São Paulo. Em diversos momentos da temporada, o time também mostrou ter mais confiança no seu potencial, algo que não acontecia em anos anteriores.

Tal legado pode ajudar André Jardine a pavimentar o seu caminho como treinador do Tricolor. O clube ainda não oficializou quem será o responsável por dirigir o time em 2019. Técnico das categorias de base do São Paulo até o ano passado, Jardine é o favorito de Raí e de boa parte dos dirigentes. No entanto, ainda há quem prefira um treinador mais renomado para o cargo.

UOL

33 comentários

  1. Será que o sp vai pipocar contra o Vasquinho no rio? Flamengo e Gremio vão se matar, Inter x Atletico Min tb, Palmeiras campeão brasileiro. rodada para o sp somar 3 pontos oq eu duvido e muito.

    Em um campeonato que ninguém quis ser campeão o titulo vai cair nas costas do Palmeiras que tem um time bem armado, porém não é tudo isso.

  2. Zanca, tem alguma informação sobre isso?

    Giovanni Chacon – Jovem Pan

    São Paulo deve contar com Cuca para 2019. O técnico, que tem grandes chances de sair do Santos no final do contrato, é bem visto pela diretoria tricolor.

    — Giovanni Chacon (@chaconzitos) November 20, 2018

    • São Paulo da vida???? Gostaria que citasse um time no Brasil maior que o São Paulo? Com uma história mais rica ? Que tenha conquistas tão importantes e relevantes, um patrimônio tão sólido, uma categoria de base mais produtiva?

      Futebol é feito de fases e ultimamente devido a parte política problemática e comandantes que estavam mais preocupados em interesses escusos o clube vem passando por um período difícil, talvez um dos piores de sua história , mas mesmo assim estamos a 6 anos sem título e não passamos pelo vexame do rebaixamento , diferente de rivais importantes que além do descenso encararam filas enormes de conquistas.

      O São Paulo em sua fase de ouro obteve conquistas históricas e que seus principais adversários não chegaram nem perto de igualar. Penso que se faz necessário um maior entendimento do que é o futebol e de como funciona sua engrenagem para que possamos ter a real dimensão do tamanho e da importância do São Paulo na história do futebol brasileiro.

    • Concordo plenamente. 10 anos não são somente uma fase, 13 anos sem um mísero paulistinha e ainda demitem por causa de dois ou três chinelinhos um técnico sério que vinha tirando leite de pedra.

    • tbm acho dificil o abel vir.
      abel nao quer sair do rj. ta com um pé e meio no flamengo. só nao vai pro fla se a oposição ganhar a eleição.
      parece q o renato gaucho esta acertado com o presidente da oposição. só nesse caso o abel nao vai pra la

  3. Só que eu não duvido de sua fonte Zanquetta , pois , informaram que o Leco gosta do Abelao . Mas vi de pessoas bem informadas cravando o Cuca . Deverá ser um dos 2 e ninguém tem uma fonte melhor que a outra . Eu por exemplo , tive a informação muito quente que o Mano seria técnico do Palmeiras esse ano , só que no final das contas ele acabou ficando no Cruzeiro . Tenho a informação que o Liziero está com um pé fora do SPFC

  4. Confio na fonte do Zanca, como sempre, mas tenho contato do lado verde do muro da Barra Funda e parece que o nome do Cuca anda forte pelos lados do Morumbi. Ainda ouvi boatos que o Vanderlei vem junto, mas vai ter leilão…

    • Esse bancou é para não desmotivar o jardine e elenco…temos que ir atras desses 9 pontos e terminar o campeonato em uma colocação melhor..mais dindin entrando.

  5. Bom dia
    Se o Leco bancou o Jardine, entao é certo que ele não será efetivado.

    Joven pan especulando Cuca, e Abel só não vai para o Flá se fecharem com Renato caro gaúcho.

    Tá com cheiro de Cuca esse negócio.
    Se vier, que traga na mala: C. Sanches, Vanderlei, Bruno Enrique e Vitor Ferraz.

    Acho o Vitor Ferraz melhor que o Bruno Perez

  6. Obrigado Aguirre. Somente temos a agradecer, você é um ótimo técnico. Desculpe sermos ingratos com a sua pessoa.

    Pena que o DNA tricolor não é como seu pensamento tático.

    DNA tricolor é ofensivo e dominante.

    O seu é defensivo e reativo.

  7. Zanquetta, uma notícia no meio de outra notícia:

    O treino do São Paulo desta quarta-feira também contou com a volta do goleiro Lucas Paes. Ele havia sido emprestado ao Toronto FC, do Canadá, mas o acordo não foi confirmado e ele acabou retornando.

  8. Eu agradeço ao Aguirre por depois de muito tempo, ter me feito novamente sonhar em ser campeão brasileiro, mas a realidade, infelizmente para nós, se impôs…
    Sobre o técnico para 2019, acho que cada vez mais ficam as opções: Cuca ou Jardine, eu ainda prefiro a primeira opção…

  9. Tem vários comentários dizendo que o Cuca pode vir pro Tricolor ano que vem, mas ele e sua comissão técnica
    ganham 700 mil por mês no Santos, valor muito alto, sobretudo considerando que há pouco tempo a diretoria considerava a permanência do Aguirre considerando o salario que recebia de “apenas” 350 mil..

  10. Caracoles, tem cara aqui falando em Cuca (arghhh) Abelão ( Maquina Olivetti de escrever – já foi o tempo ) Oh God deixem o Jardine trabalhar, mesmo que ele fique em quinto. o Tricolor não ta nadando em $$$ e necessitamos da Base ( que é excelente ) So faltou o PIOR de todos vcs citarem … o Profexô Luxa…

Deixe uma resposta