Abel é o principal nome para comandar o São Paulo em 2019, em caso de saída de Aguirre

É fato que Aguirre fez um trabalho importante no São Paulo em 2018. Mas, parece que sua fonte minguou.

Quando o estilo de jogo e as dificuldades se impuseram, o treinador não conseguiu segurar o grupo e construir alternativas que mantivessem o grupo em um nível alto e com regularidade.

Com as lesões e duas decisões de ter um grupo pequeno, a coisa desandou. Os muitos empates e o pouco futebol também incomodaram e o amor parece ter acabado entre treinador e grupo além de treinador e torcida.

Reações ruins de Nenê, Sidão e outros líderes do plantel soaram mau para uma projeção de planejamento para 2019.

De olho no planejamento e no futuro, o São Paulo olha o mercado e um nome, apesar de não ser unanimidade, é hoje o escolhido para o caso de uma saída de Aguirre: Abel Braga.

3 nomes seriam os focos do São Paulo: Mano Menezes, Cuca e Abel.

Mano tem salário alto demais e contrato até 2019 com o clube mineiro.

Cuca tem perfil instável e o emocional dele com atletas, dirigentes e imprensa preocupam.

Já Abel, tem um nome importante, sabe atuar com jovens e fazer muito com pouco. Está livre no mercado, tem título mundial, Libertadores e Brasileiro no currículo. Não exige salários absurdos e consegue o respeito interno nos escalões mais altos e também nos grupos que trabalha. É o nome mais forte hoje no Morumbi para o próximo ano.

Um fato é importante para que isso possa ocorrer: Leco e Abel tem boa relação.

Você aprovaria a vinda de Abel?

Blog do São Paulo 

55 comentários

        • Na época da negociação desse “jogador” que mal domina uma bola, E. Felipe, a maioria esmagadora apoiava, até demonstravam apreensão pelo fato do flamerda o querer também. E o argumento usado por muitos aqui na época, é que ele era amigo do Diego Souza.
          Meu Deussss… onde chegamos….

          • Everton Felipe jogava demais no Sport. Quem pôde acompanhar viu o futebol dele.
            infelizmente, seja pela timidez ou pela lesão seria que teve, ainda não mostrou futebol aqui.

          • Sempre critiquei a contratação porque é algo que vai contra o pensamento de usar base, não faz sentido pra mim contratar alguém em formação (que não é fora de série) sendo que temos a base pra fazer isso.

    • Enquanto não acertarem na contratação, vai ser isso mesmo. Contratar Dorival, Ricardo Gomes etc é certeza de demissão. Lembrando que os últimos 2 melhores que passaram pelo SPFC (Osório e Bauza) não foram demitidos.

  1. Estaremos trocando um treinador cujo principal título foi um turno do campeonato uruguaio, por um que ganhou libertadores, mundial e brasileiro.
    É bem óbvio que o Abel é infinitamente superior ao Aguirre. Não que isso seja mérito, pois pro Aguirre ser horrível ele teria que melhorar muito. Ele ta abaixo disso.
    Abel é um ótimo nome, mas não faz milagre.
    A diretoria tem que decidir o quanto antes o treinador, para fazer um planejamento de acordo com as pretensões do futuro comandante.
    Enfim: sou a favor pra caramba da troca.
    Trocaria hoje, se possivel. Se tivesse trocado antes, ainda disputariamos o título brasileiro.

    • Concordo! Mas minha primeira opção seria o Cuca, depois Abel. Mas imagino e suponho que o salario do Abel deve ser significamente menor q o do Cuca. Ouvi falar q ela ganha 700k no Santos, um exagero. Talvez o custo benefício do Abel possa ser melhor.

    • Aguirre tinha que ter caído no jogo contra o palmeiras. Ali era o momento de tentar algo diferente. Dps foi só decepção, derrotas vergonhosas, futebol pífio. Culpa do treinador, covarde pra caramba, como de td dpto de futebol. Abel pro ano que vem seria um ótimo nome, treinador vitorioso, de trabalho honesto no fraco time do Fluminense, trabalha com base, enfim, é um nome que poderia levar o SP de volta aos títulos. Cuca tbm seria uma boa opção…

  2. Essa história de fazer muito com pouco é uma grande mentira. Ele foi campeão com o timaço do Inter e com o dinheiro sem fim da Unimed no Fluminense. De resto, ganhou o que mais? Mas é bom técnico.

  3. Qualquer um dos citados é muito superior ao Aguirre! Na ordem Cuca, Mano e Abel. Mano, inclusive estava desempregado quando Leco teve a brilhante idéia de resgatar o RG do Botafogo! Poderíamos estar com um grande técnico há duas temporadas com certeza com alguma taça conquistada. Enfim, só não podemos começar 2019 com esse covarde retranqueiro do Aguirre!

  4. Quando é que vamos voltar a pensar grande.
    Contrato do RGaucho termina em dezembro.
    Pela ordem:
    1) R Gaúcho
    2) Carille
    3) Mano
    Resto não me interessa.

  5. “Reações ruins de Nenê, Sidão e outros líderes do plantel soaram mau para uma projeção de planejamento para 2019.”

    O planejamento de 2019 pode começar cortando as laranjas podres do elenco. O Aguirre deveria permanecer, o trabalho tem sido bem feito. Se decidirem pela saída dele, Abel é um bom nome. Jardine seria uma boa aposta também.

  6. Falar o que de um dos poucos técnicos brasileiros que tem essa trinca brasileiro, libertadores e mundial…fosse por mim já teria fechado pra ontem, enquanto o spfc dorme parece que o flamengo já passou na frente e tá quase fechando com o Abel.

  7. Boa tarde, amigos tricolores!

    Ao fim do primeiro turno não estaríamos tendo esse debate (técnico para 2019), pois Aguirre era unanimidade. Mas o que aconteceu?

    “Com as lesões e duas decisões de ter um grupo pequeno, a coisa desandou. Os muitos empates e o pouco futebol também incomodaram e o amor parece ter acabado entre treinador e grupo além de treinador e torcida.”

    Nessa conclusão feita pela própria matéria vemos que a culpa não é inteiramente do treinador, mas é claro que é mais fácil mandar embora o Aguirre e contratar um Abel do que trazer um Hernanes, um Dedé, bons laterais, um goleiro a altura do SPFC, um bom atacante e etc.
    E nós, enquanto a torcida, sempre entramos nessa das danças dos treinadores.
    Vejamos o caso do Mano Menezes. Ele conta com 2 bons goleiros, uma zaga com um ótimo zagueiro (apesar do Egídio querer complicar as coisas de vez em quando), um bom meio de campo que incluí o Arrascaeta e um bom ataque (muito por causa do Arrascaeta).
    Então, não adianta ficarmos pedindo treinador X, precisamos de um time, precisamos de um Hernanes, um bom goleiro, bons laterais e não só para formar o time, precisamos de elenco.

    Saudações tricolores!

    • É isso!!! O exemplo do Mano Menezes é excelente. O estilo de jogo de ambos é praticamente igual, a diferença é que o Mano tem o Thiago Neves e o Arrascaeta pra resolver lá na frente e se a defesa (que é muito boa) não der conta, o Fábio é um goleiro nível de seleção. O resultado são títulos de Copa do Brasil e estaduais, e uma boa participação na Libertadores (eliminação no apito).

      Antes de avaliar o trabalho do Aguirre temos que nos perguntar: temos elenco pra brigar pelo campeonato brasileiro? Éramos cotados pra brigar por título antes do campeonato? E sem o Éverton e o Militão (que não foram culpa do Aguirre), o time perde muito?

      • Boa tarde, Hugo.

        Que falta faz o Militão! Depois que ele saiu (e eu não acredito em coincidências), a defesa do nosso tricolor nunca mais foi a mesma…
        Citar a saída do Militão e a lesão do Éverton descreve muito o SPFC do segundo turno. Não tivemos uma boa reposição e os dois vinham bem.
        Precisamos de elenco em primeiro lugar e depois, vemos se o treinador é competente ou não.

        Saudações tricolores.

        • Minha opinião se resume nos comentarios de vcs dois.
          Acrescento ainda algumas partidas que o Arboleda ficou de fora, ou por causa da seleção ou por causa das mancadas que ele andou cometendo.
          Nene caiu muito de rendimento e tem coisa aí tambem.
          E pra acaba com tudo, João Rojas estourou o joelho.
          MESMO ASSIM estamos em 4º lugar, atras de times fortissimos e na frente de Sereias, Graymio, Cruzeiro e Travecos.
          Mas olhando os comentarios em geral, parece que estamos brigando pra não cair.
          Se olharmos os anos anteriores então …

          • Boa tarde, Marcos.

            É isso mesmo. Está bom? Claro que não, pois todos queremos ver o nosso tricolor campeão, mas vamos valorizar um trabalho que foi melhor do que o último ano que ficamos “contentes” de não sermos rebaixados.
            Repito: Não está bom desse jeito! Temos que melhorar e muito, mas não vamos desvalorizar o que foi melhor do que o trabalho dos outros anos.

            Saudações tricolores.

            • Ainda esquecí de citar o Regis, que poderia jogar nas duas laterais e alas, alias bem melhor que o Bruno Peres.
              Mas como vc disse, não está bom, mas a culpa tb não é só do Aguirre.
              Abs, sds Tricolores.

    • Temos o elenco pequeno, fato. Mas pergunto, nosso elenco é maior e melhor que do CAP? Não tenho dúvidas que em folha de pagamento sim, mas pq eles tem um bom goleiro, um LE e LD Rafael Veiga e Pablo, e nós não temos jogadores melhores que eles? Ouso responder, pq eles apostam na base e em jovens jogadores, Renan Lodi é mto bom lateral. Rafael Veiga estava encostado no palmeiras, Pablo ngm conhecia… Então, a gd questão é pq o Aguirre insisitiu com improvisações que nitidamente não davam certo? Pq covardia em empatar jogos em casa? Pq só jogamos com bola longa?? Tudo isso e mts outros são motivos que deveriam fazer com que a diretoria trocasse o comando tecnico.
      Queremos um time que jogue bola, troque passes, que se defenda bem, e que honre as nossas tradições, temos que ir atrás sim de um técnico campeão. Abel, Carile, Renato Gaucho, Cuca, qq um desses tem tamanho pra chegar e fazer um bom trabalho.. não dá pra insistir com treinador fracassado ou em inicio de carreira.

      • Boa tarde, Ricardo.

        Concordo em algumas fatos colocados por ti e discordo em outros, mas só vou me referir a base.
        O SPFC tem garotos na base muito bons? Claro que tem, mas tem aqueles que enganam, também.
        É melhor ou pior que a do CAP? Aí não vejo como mensurar, mas uma coisa eu digo, jogar em um SPFC tem muito mais pressão do que em um CAP. Por que esses clubes revelam mais? Porque não há uma pressão por ganhar um título como tem aqui e isso explica porque o Veiga joga em CAP e não consegue no Palmares.
        Não adianta a gente pegar e fazer tal comparação, pois são poucos os que seguram a pressão e digo mais, não acho que dá pra fazer tal comparação nem com as sereias, pois lá, a pressão é menor que aqui, por isso eles revelam desta forma.
        Durante os anos, o SPFC vem revelando bons jogadores, mas o problema é que vende logo. Temos o Neres, Araujo e Militão como exemplos mais recentes e no time atual, temos o Liziero, o Luan e no último jogo, entrou o Helinho. Não acho que os treinadores não vem aproveitando a base, acho que precisa de tempo para isso.

        Saudações tricolores.

        • Concordo amigo, mas a comparação e a título de exemplo. Alguns jogadores da base poderiam ser testados antes, mas a justificativa pra não usar era a pressão nos jogos contra Paraná, América MG, Ceará, etc… E aí coloca o Hélinho contra o flamengo. O questão, a meu ver, é que se falta opções no time titular a base pode suprir essa carência. Caso os jovens fosse usados e não dessem conta do recado, não estaria reclamando da falta de chances a eles, e uso como referência os jovens q subiram esse ano, Liziero e Luan, são o otimas opções e merecem a titularidade hj, por isso acho que Aguirre insistiu em improvisações que não deram certo, perdeu um LE com Rei na ponta, e não tinha ponta e LE. Bruno Peres peladeiro demais. E o técnico e pago pra achar soluções, semana após aemana o time foi piorando. Mas enfim, acho que estamos no caminho pra revelar bons jogadores, mas acho que Aguirre não é o nome certo pro ano q vem…

      • Legal voce citar Carile e Cuca que ganharam o campeonato brasileiro com o mesmo estilo de jogo do Aguirre. Abel deu uma mudada no Fluminense, mas antes disso era só defesa e bola longa. O chamado Muricybol que nos deu 3 campeonatos brasileiros. Bola longa, prioridade na defesa. Todos tinham jogadores que fazem diferença (Dudu, G. Jesus, Prass/Jaílton, Jô, Rodriguinho, Cassio), muitos ganharam pontos por conta do goleiro, a gente só perdeu.

        Que improvisação que não dava certo? A do Reinaldo que decidiu o jogo contra o Corinthians? A do B. Peres que decidiu o jogo contra o Ceará? A do Régis na ponta que nos rendeu o gol contra o Flu? Memória seletiva…

        Você acha que se o Corinthians perdesse o Jô teria sido campeão brasileiro? Pois é. A gente perdeu o Everton que era o melhor jogador do campeonato até então

        • Onde assino?

          E não é engenharia de obra pronta.
          Sempre falei que faltava elenco, apesar do time bom.
          Bastou sair dois titulares, Everton e e Militão e tine desandar.

          Everton deu upgrade no time e time cresceu com chegada dele.
          Com a chega do Rojas time atingiu o ápice.

          O Everton quando veio, analistas mais entendidos falavam que ele não era estrela mas importante para o time porque além de atacar com velocidade, compunha bem o lado defensivo.

          Não adianta trazer técnico, precisa qualificar elenco. Sem ovos não dá para fazer omelete.

          Não precisamos de revolução, precisamos de evolução.

        • O trabalho do Cuca no Santos e mto bom, mto diferente do Palmeiras e Galo. Carile jogava com bola longa, mas qdo precisava controlar o jogo é buscar a tabela, jogadas de fundo aaontecia. O time deles tinha mto mais repertório que o nosso com nível técnico de jogadores titulares entre eles ano passado e nos esse ano mto próximo. Sobre o nosso rei brasileiro com Murici aquele time tbm tinha mto repertório. Mas óbvio, quem decide e a partida e a qualidade dos jogadores.

  8. Eu prefiro o Cuca, tenho ressalvas quanto ao Abel Braga, acho um bom técnico mas os títulos que ele teve sempre tinham excelentes jogadores.Se vier o pacote (Abel + pensamento de time grande da diretoria e boas contratações) sou a favor.

    Se não entendo que o Cuca é capaz de montar um time melhor com pouco.

    • Eu penso diametralmente oposto hahaha

      Acho que o Abel trabalha melhor com elencos mais caros e o Cuca tem mais jeito de tirar leite de pedra.

      Mas no ritmo que está, acho que nenhum dos 2 vai conseguir finalizar 2019 no comando do time, então pouco importa.

  9. Se eu sou o Raí, tento o Cuca. Se não der certo, efetivo o Jardine pq tem uma molecada boa vindo da base (ganhamos o brasileiro sub-20 ano passado goleando os gambas): Lucas Perri, Walce, Luan, Liziero, Rodrigo Nestor, Antony, Helinho, Igor, Toró

  10. Entre Abel e Cuca eu prefiro o Abel. Não pq seja melhor, mas pq o estilo de jogo é mais parecido com o do Aguirre.
    Não da pra ficar trocando a filosofia de jogo de 6 em 6 meses. Já estamos fazendo isso há anos e o resultado ta aí.
    Mas não acho q o problema seja o técnico. Aguirre não é melhor que o Abelão, mas o Abel não conseguiria deixar esse são Paulo numa colocação mt diferente da que esta no brasileiro.

Deixe uma resposta