Árbitro que revoltou Arboleda e gerou protestos públicos do zagueiro, é o escolhido para Corinthians x São Paulo

A CBF definiu, em sorteio nesta terça-feira (6), o árbitro do clássico entre Corinthians x São Paulo, marcado para o próximo sábado (10), às 17h, na Arena, pela 33ª rodada do Brasileirão. Trata-se do paranaense Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR).

Nesta temporada, Toski Marques apitou um jogo do Corinthians: a derrota para o Ceará (2 a 1), no Castelão, pelo Brasileirão. O resultado ocasionou a saída do técnico Osmar Loss.

O árbitro esteve presente em dois jogos do São Paulo, ambos pelo Brasileirão: empate contra o Fluminense (1 a 1), no Maracanã, e derrota para o Palmeiras (3 a 1), no Allianz Parque.

No Maracanã inclusive, o gol de empate dos cariocas, no fim, deixou o próprio Arboleda irritado. Após a partida, ele desabafou no Instagram: “Como pode ser possível que um árbitro não apite uma falta dessas. Não prejudique meu trabalho. Isso não é um jogo, é um trabalho sério.”

O paranaense de 31 anos já apitou nove jogos do Brasileirão. De acordo com o Footstats, ele assinalou 320 faltas, distribuiu 53 cartões amarelos, três vermelhos, marcou um pênalti e com a orientação dos assistentes confirmou 29 impedimentos.

O clássico entre Corinthians x São Paulo

Os dois times vivem situações distintas na tabela. O Corinthians precisa da vitória para abrir maior distância em relação à zona do rebaixamento, que no momento está em cinco pontos. O Timão é dono da terceira pior campanha do returno.

A expectativa é que o técnico Jair Ventura conte com os retornos do volante Douglas, desfalque de última hora contra o Botafogo por conta de pancada na coxa, e do meia Jadson, baixa nos dois últimos jogos devido à edema na panturrilha.

O São Paulo busca a primeira vitória em Itaquera para deixar bem encaminhada a vaga à Copa Libertadores 2019. O volante Luan, com entorse no tornozelo, é baixa confirmada. Em contrapartida, o meia Éverton, recuperado de lesão na coxa esquerda, deve voltar a ser titular.

Torcedores.com

7 comentários

  1. Contra Paraná, América, Flamengo ( 6 pontos perdidos não foi arbitragem).
    Domingo , com a entrada do Edmar o time recuou até tomar o gol.

    Então prefiro esquecer arbitragem

  2. To mais revoltado com o post em que pedem a cabeça do Raí. Seremos um time em reconstrução, onde todo ano muda tudo, até quando????

    Pra mim, tanto Raí como Aguirre (que fez um trabalho acima das minhas expectativas) deram uma grande contribuição para um São Paulo estável neste ano. Sem vexames, sem passar aperto com rebaixamento e até surpreendentemente pudemos sonhar com o Brasileirão. Mas ao contrário do técnico, não vejo outro diretor capaz de assumir a função do Raí e já melhorar o time para 2019.

    Chega de desmanche. Temos uma boa base e o vestiário ainda é bom, apesar do Nenê. Se vier um goleiro e o Hernanes (para a 10), este time subirá muito de patamar. Estou satisfeito com os zagueiros e volantes que temos. Kingnaldo e Éverton também dominam o lado esquerdo e só precisam de bons reservas.

Deixe uma resposta