Carneiro revela ser antigo fã do São Paulo e mostra surpresa com rápida titularidade

Gonzalo Carneiro tem sido peça de confiança de Diego Aguirre nos últimos jogos. Prova disso é que ele ocupa o lugar de Nene, vice-artilheiro do São Paulo na temporada. Mas essa titularidade ele não esperava que acontecesse tão rápida, o que aconteceu em três meses após sua recuperação de cirurgia no púbis

A primeira vez que Carneiro foi relacionado para um jogo foi no dia 18 de julho, contra o Flamengo no primeiro turno. Bastou quase um turno para o uruguaio conquistar a posição de titular. De seus 12 jogos no São Paulo, os últimos três o atacante começou entre os onze iniciais.

“Minha meta era primeiro recuperar da lesão (pubalgia), depois ir retomando a confiança treino a treino e jogo a jogo. Obviamente pela qualidade de jogadores que o São Paulo tem não esperava que tão rapidamente seria titular. Talvez tenha a ver com os momentos difíceis que enfrentamos (o time despencou de rendimento no segundo turno e ficou seis jogos sem vencer), mas também fiz as coisas bem para ser titular hoje”, disse Carneiro ao portal Globo Esporte. 

Durante a primeira passagem pelo São Paulo, Lugano foi uma espécie de ‘embaixador’ do Tricolor no Uruguai. Um exemplo é que por causa do ex-zagueiro que Carneiro já acompanhava o Tricolor pela televisão. No início da temporada quando recebeu a proposta, o atacante ficou incrédulo.

“Eu já conhecia, porque gosto muito de futebol. O São Paulo teve os anos de 2006, 2007 e 2008… quando criança era o time que mais via. Lugano estava aqui. Conhecia Forlán (ex-jogador e treinador) e tenho amigos uruguaios que são torcedores do São Paulo. Então, para mim era importantíssimo. Quando houve o interesse do São Paulo não pude acreditar”, disse jogador de 23 anos.

Apesar do São Paulo ter diversos ídolos uruguaios, Carneiro não quer ser equiparado aos históricos nomes do Tricolor. Ele garante que quer seguir sua própria trajetória.

“Não trato de seguir os passos, de fazer o mesmo caminho, mas é importante quando você chega a um clube saber o que uruguaios fizeram aqui. Não serei igual a eles, mas vou tentar assimilar e fazer com que os torcedores fiquem felizes comigo. Muitos (torcedores) falaram da história dos uruguaios. Da minha parte já sabia, porque os uruguaios, em cada clube que vão fora do Uruguai, fazem um trabalho importante”, ressaltou.

Até o momento Carneiro tem um gol com a camisa do São Paulo. O jogador evitou a derrota do Tricolor diante do Botafogo, no estádio Nilton Santos.

Torcedores.com

10 comentários

  1. Tem um monte de jogadores aí nesse elenco que são fãs coisa e tal e quando chega a hora, arregam. Basta uma cara feia e se borram. Tem que mudar o cargo do Lugano e colocá-lo no vestiário.

  2. Serginho era alto, forte, era chamado de grosso e fazia cada golaço, foram muitos, só não foi bem na seleção. A zagueirada adversária o respeitava.

  3. É verdade que o destaque da copa sul-americana , Nicolas Fernandez , jogará no SPFC em 2019 ? Circula essa informação por aí …

  4. Depender de Carneiro e do pseudocentroavante DS, fica difícil! Caleri ou Diego Tardeli, tem que ser prioridade em 2019, time campeão tem que ter homem gol.

  5. Diego Tardelli, consagradíssimo, alto salário. Não voltaria, está magoado pela forma como saiu, pelas portas do fundo. Vai voltar sim, por um rival, meter gols na nossa meta e sair zoando na imprensa.

Deixe uma resposta