Salário “baixo” de R$ 300 mil joga a favor de Aguirre para renovação, diz Nicola

Diego Aguirre vai depender da classificação final do São Paulo no Brasileirão para ter seu contrato renovado, em dezembro. Mas há um ponto que joga muito a favor da permanência do uruguaio: seu salário, na casa dos R$ 300 mil por mês.

O Blog apurou que Dorival Júnior, antecessor de Aguirre no Morumbi, ganhava quase duas vezes mais: os vencimentos do hoje comandante do Flamengo eram de aproximadamente R$ 500 mil mensais até março, quando ele acabou demitido.

Renato Gaúcho, Felipão, Cuca, Mano Menezes e o próprio Dorival Júnior têm vencimentos maiores do que os de Aguirre. “E a gente sabe que trazer um técnico de primeiro nível para 2019 custaria mais do que gastamos mais atualmente com o Aguirre”, afirma uma fonte tricolor.

A avaliação do trabalho do uruguaio até aqui é boa, porém com ressalvas. E ele está longe de ser unânime. Mesmo aqueles que não são fãs do treinador reconhecem sua lealdade e a construção de uma identidade, mas há muitos questionamentos pelo fato de o time não fazer questão de ser protagonista nas partidas, dando a posse de bola ao adversário.

Contratado às vésperas do mata-mata do Paulistão, Aguirre viu seu time ser eliminado pelo Corinthians nas semifinais do estadual, pelo Atlético-PR na Copa do Brasil e pelo Colón na Copa Sul-Americana. No total, são 19 vitórias, 13 empates e nove derrotas em 41 partidas, com aproveitamento de 57% dos pontos.

Jorge Nicola

32 comentários

  1. Então se contentem com o papel de coadjuvante.
    Quem quer ser campeão precisa investir. E investir não digo só gastar dinheiro por gastar. Tem que gastar com inteligência.
    Gastar 3,6 milhões por ano com um cara que sabemos que não vai ganhar merda nenhuma é um investimento burro.
    Melhor gastar 5 com um cara que a gente sabe que vai dar retorno.
    Diretoria não pode de jeito nenhum colocar salario como requisito. O SP é time grande e é coisa séria!!!

  2. Salário baixo ?????

    Entre métodos de treinamentos, cronogramas e objetivos / metas alcançadas, relação custos x benefícios,
    será que vale a pena, pois tem outros aditivos contratuais.

    Não me parece um salário baixo …, aliás, nossa folha de pagamentos é uma das mais altas do Brasil.

    Enquanto permanecemos sem futebol.

  3. Futebol vai a passos largos para o buraco… Dorival Jr. ganhando 500 mil por mês… 6 mi por ano.

    Num país com tantas carências, com os clubes cada vez mais endividados e tendo que vender jogador para sobreviver, é uma verdadeira irresponsabilidade.

    Pena que não haja união entre os clubes para colocar um teto nacional e não deixar sair disso. 100 mil reais por mês já seria um verdadeiro absurdo, mas seria algo tolerável…

    O mesmo deveria ser feito para os jogadores de futebol.

    Hoje o que os clubes arrecadam vai quase que exclusivamente para o pagamento de salários, não permitindo aos clubes darem uma impulsionada financeira para melhorar suas próprias condições.

    • A Fifa deveria tomar a frente disso (teto salarial), o mundo inteiro deveria ter um teto dentro da realidade de cada país, mas de qualquer maneira, deveriam impor limites…

      Sei que não é simples, mas que dá, a gente sabe que dá…

      Quem tiver um tempo e quiser dar uma pesquisada pra saber como funciona isso na NBA por exemplo, é bem simples até…

  4. Boa tarde!

    A alguns meses atrás, indicávamos o Aguirre como uns dos principais fatores positivos para uma mudança de postura do time nos jogos, postura que nos levou a liderança. Na atualidade, vimos esse time cair de produção e consequentemente, caímos na tabela e hoje estamos na quarta posição.
    Esse pequeno e bem resumido histórico me faz questionar: o que aconteceu de fato? Aguirre perdeu o comando do elenco? Ou o elenco era pobre em quantidade e qualidade, fazendo assim, o time cair de produção após contusões e suspensões?
    Se for a segunda opção, não adianta mandar o técnico embora e trazer um outro que uma hora ou outra teremos a mesma queda de produção. Ou seja, o foco deveria estar em montar um bom plantel.
    Agora, se o Aguirre perdeu o comando do elenco… Até uma próxima, amigo!

    Saudações tricolores.

    • Machucou o principal jogador do time (Everton) e o segundo (Nene) nao joga bem desde a copa. O banco é lamentável. A contratação do E. Felipe (que todos elogiaram) não deu certo ainda. B. Peres também nao rendeu ainda.

      Colocar na conta do treinador é ignorar todo o contexto.

  5. “E a gente sabe que trazer um técnico de primeiro nível para 2019 custaria mais do que gastamos atualmente com o Aguirre”, essa frase explica muito do jejum de seis anos do spfc, enquanto não buscarem só e somente só profissionais do primeiro nível continuaremos sendo um timeco de segundo, terceiro ,quarto nível! Lamentável, acorda São Paulo, acorda torcida!

  6. Entendo o Aguirre com um a qualidade para propor um estilo de jogo que atualmente nos deixa em 4º lugar (
    entendo não ser o pensamento para um clube que deve brigar por titulo, porém entendo tbm que no começo do campeonato o máximo que sonharíamos é essa quarta posição) e entendo a parcela de culpa dele por ficar inventando…
    Porém o principal fator para mim é o SPFC ter a mentalidade vencedora no momento de se contratar e montar um elenco. Se tivesse um substituto de qualidade para o Everton, um substituto de qualidade para o Nenê, reservas com qualidade, talvez estariamos enaltecendo o trabalho e espirito aguerrido que o Aguirre colocou.

  7. Mas pagar R$ 1 milhão para algum técnico, nao é garantia de que será campeão.

    A questao de ser coadjuvante ou não, passa por um elenco qualificado, se tivéssemos outro jogador nas características do Everton, estaríamos disputando o título na ponta da tabela.

    Eu manteria o Aguirre mas faria ele utilizar a base e daria mais peças importantes. Ou iria atras do Guardiola.

  8. Qual técnico valeria a pena pagar de 600 a 800 mil, hoje? Com a garantia de ser campeão, se tiverem um nome, por favor passem que eu ajudo a pagar o salário.

  9. Gssta pouco e o clube ganha nada… excelente pensamento… pra fazer isso, sejam homens e banquem o Jardine por 3 anos, num projeto a longo prazo

  10. Porque não se utilizar o sócio torcedor para bancar o salário do técnico e sua comissão técnica, com a finalidade de impulsionar o programa e como contrapartida formas de que sócios torcedores possam visitar o clube um determinado dia, interagindo com o técnico, num formato de bate-papo ou algo do tipo, até mesmo permitindo que o técnico que possa ter “mais de uma visão” de jogo.

  11. Sou contra a permanência do Aguirre . Renato Gaúcho , André Villas-Boas , Gallardo , Abel Braga são técnicos que estão a altura do SPFC

  12. Acho engraçado os caras que reclamam do Aguirre e pedem o Carille e o Mano que tem exatamente o mesmo estilo de jogo. Lógica passa longe dessa galera.

    Acho o trabalho do Aguirre muito bom. Torço pra que fique.

  13. Salário baixo e zero titulos. Essa é a cara do São Paulo nos ultimos 10 anos!! VERGONHA!!! Contratem um técnico vencedor. O cambada de incompetentes, o São Paulo vive de titulos!!!

  14. Gastar muito não é certeza de títulos.
    Só comparar que se gastava mais com Dorival e menos c o Aguirre e o trabalho do uruguaio, pelo menos na minha opinião, é muito melhor.
    Todo mundo pedia o Dorival antes, quando ele veio, logo pediam sua cabeça.
    Não sou fã do Aguirre, mas o problema não é ele. Contrata o Guardiola q ele não consegue fazer esse time fluir e logo nós, torcedores, iriamos pedir a cabeça dele.

    • Mas o Renato Gaúcho com refugos como Cícero,Cortez, Maicon, Paulo Miranda ganhou Libertadores com um jogo muito mais bonito do que o vergonhoso futebol do SPFC sob Aguirre

      • O Grêmio é um exemplo de que não precisa investir milhões pra ter uma equipe campeã.
        Sobre o Renato Gaúcho, ele esta fazendo um bom trabalho, sim, mas já fez vários outros ruins. Antes dele assumir o grêmio duvido que alguem quisesse ele no SP.
        A base e estilo de jogo do grêmio vem desde o Roger machado. O Renato tem todo o mérito de aperfeiçoar, principalmente dando estabilidade defensiva e nas bolas aéreas, mas o trabalho de lá já vinha de antes.

Deixe uma resposta