Árbitro de jogo no domingo já prejudicou São Paulo contra o Flamengo em disputa de título e histórico Tricolor é péssimo com arbitragem dele

Quem consegue esquecer Wilton Pereira Sampaio? Árbitro que decidiu uma partida a favor do time carioca no Maracanã em 2009, dando um pênalti inexistente ao Flamengo com o jogo empatado em 1×1 e após defesa de Ceni, mandar voltar a cobrança. O Flamengo foi campeão daquele ano com 1 ponto na frente do São Paulo, sem contar as palhaçadas no STJD que retiraram Borges, Dagoberto e mais 2 jogadores do São Paulo, suspensos por reclamação contra a arbitragem.

Este ano, ele apitou somente vitórias do Flamengo.

Já no caso do São Paulo, não deu um penalti legal contra o América MG no empate 1×1 no Morumbi, inverteu faltas e irritou os jogadores no jogo contra o Palmeiras que perdemos de 2×0, inclusive na falta que resultou no escanteio que deu o 1o gol do Palmeiras, não marcou penalidade mas tudo passou batido pela frustração da partida. Mas, os números não mentem.

Toda vez que ele apita, o São Paulo sofre. Inclusive na vitória contra o Botafogo no Morumbi por 3×2.

É muito, muito bom ficar de olho.

Blog do São Paulo 

17 comentários

  1. Pior que o árbitro do jogo é o Aguirre com suas teimosias. Tomara que nem a ruindade do arbitro nem a teimosia do Aguirre apareça no domingo… 2 x 0 tricolor, Helinho e Toró!!! #BotaaMulekadaAguirre

  2. Pera lá, fomos ajudados contra o Botafogo no Morumbi. Perdíamos de 1×0 e ele deu um pênalti inexistente a nosso favor.

    Esse cara é horrível e todos os árbitros são. É impressionante a incompetência agravada pela arrogância dos árbitros brasileiros. O VAR conseguiu fazer eles piorarem. Tem alguns que são mal intencionados, como aquele do jogo com o Ceará, Inter e Flamengo, por exemplo, o Simon, os irmãos Oliveira, mas esse eu acho que é só MUITA incompetência mesmo. Só que é aquela coisa, o cara é muito ruim e na dúvida (e ele vai estar sempre na dúvida) ele vai apitar pro time da CBF.

  3. se fôssemos fortes nos bastidores, nossa cúpula já botaria uma pressão às vésperas do jogo, pra deixar ele esperto e não vir aprontar nada dentro da nossa casa. Cadê a diretoria pra dar aquelas declarações pré jogo? Marco Aurélio Cunha era mestre nisso, já deixava o árbitro assustado, preocupado e ele não aprontava.
    Mas de nsada adianta se o Aguirre medroso insistir naquela nhaca de time.

Deixe uma resposta