Após 2 jogos sem sofrer gols, São Paulo recupera confiança defensiva. Luan é destaque.

Há dois jogos sem sofrer gols, o São Paulo dá sinais de estar recuperando a solidez defensiva que o marcou no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. E uma mudança específica no time titular está sendo decisiva nesta retomada: a entrada do garoto Luan.

Revelado nas categorias de base do Tricolor, o jovem de 19 anos desbancou nada menos do que Jucilei, considerado um dos pilares defensivos da equipe, mas que perdeu a posição após a derrota por 3 a 1 para o Internacional, no último dia 14, no Beira-Rio.

Capitão da Seleção Brasileira sub-20 em amistoso contra o Chile, Luan foi o principal ladrão de bolas do São Paulo no empate sem gols com o Atlético-PR e no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, com seis e quatro desarmes, respectivamente.

A jogada do gol são-paulino na última sexta-feira, aliás, começou com um desarme de Luan sobre o atacante Erick, após o rebote de um escanteio. Na sequência do lance, a bola passou por Edimar e chegou até Joao Rojas, que tocou para Bruno Alves balançar as redes do Vitória.

“Mais importante do que minha atuação foi voltar a vencer. Independentemente se tiver de titular ou reserva vou sempre querer ajudar o São Paulo. A defesa foi muito bem, soubemos sofrer. Agora é descansar, que na semana que vem tem outra batalha”, afirmou o camisa 27.

Luan se referiu ao duelo direto do próximo domingo, no Morumbi, contra o Flamengo, vice-líder da competição, com três pontos a mais que o São Paulo. Para o confronto, Diego Aguirre deve manter Arboleda na zaga. O equatoriano, assim como Luan, virou titular nos últimos dois jogos.

“O Aguirre está mexendo na equipe para que ela volte a atuar no mesmo nível do primeiro turno. A vitória nos dá confiança e tranquilidade para acertar os detalhes. A gente precisava dar uma retomada e a vitória foi um passo importante”, avaliou o capitão Hudson.

No gol também houve mudança, embora esta muito mais motivada pela perseguição de boa parte da torcida sobre Sidão. Recebendo sua primeira chance como titular no Brasileirão, Jean foi decisivo para que o Tricolor não fosse vazado no empate sem gols com o Atlético-PR e no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória.

No entanto, expulso por provocar a torcida do Vitória após a partida, Jean deve dar lugar a Sidão diante do Flamengo. Aguirre tem outros três desfalques importantes: os lesionados Joao Rojas e Everton, além de Hudson, suspenso.

UOL

9 comentários

  1. Com tantos desfalques gostaria de ver o time no 442, Jucilei e Luan no meio p liberar os laterais, Liziero e Helinho armando e encostando nos laterais, na frente dois bons finalizadores, Nene e Diego. Carnero, Trelles, Antony no segundo tempo p dar uma oxigenada

  2. Aí chara não sei a sua idade , mais tenho quase certeza que vc não acompanhou o São Paulo na época que estalamos os amortecedores no estadio,caso contrário Vc teria enfartado.Vc é muito chato e repetitivo (toda hora outileco outileco , meu brother mais calma blz e confiança no time da Fé blz

  3. Os dois jogos sem sofrer têm nome sim, mas não é Luan (que jogou muito nos últimos jogos). É Jean.

    Fosse o Sidão no gol, teríamos sofrido aquele gol ao final do jogo contra o Atlético Pr e pelo menos um gol contra o Vitória. Acho injustiça não creditar os dois jogos sem tomar gol ao Jean, que fez 3 baitas defesas nos últimos dois jogos, dessas que o Sidão é incapaz de fazer.

    Uma pena que teve sua sequência interrompida pelo mau caráter do Vuaden que o expulsou de forma extremamente injusta, sem nem saber o que havia acontecido.

Deixe uma resposta