1a vitória fora de casa no returno pode marcar recomeço na reta final do BR 2018

No dia 11 de março de 2018, Diego Aguirre foi contratado pelo São Paulo para substituir o então comandante Dorival Junior e dar uma “nova cara” ao tricolor, cumprindo bem o planejamento ao colocar o time nas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. Porém, o clube paulista vive sua pior fase desde que o treinador uruguaio assumiu e o desempenho nos últimos jogos é bem negativo, já que a equipe busca sua primeira vitória fora de casa desde que começou o returno do principal torneio nacional.

O jogo diante do Vitória, que acontece nesta sexta-feira, às 19h30, no estádio do Barradão, pode ser um divisor de águas para o tricolor paulista, que busca um resultado positivo para afastar de vez a má fase e voltar, aos poucos, a sonhar com objetivos maiores. A última vez que o São Paulo terminou um jogo e saiu de campo com mais três pontos na classificação foi no “longínquo” 08 de setembro, quando o time derrotou o Bahia por 1 a 0, em casa, em jogo válido pela 24° rodada do Brasileirão.

Desde que o returno do Campeonato Brasileiro começou, o São Paulo teve os seguintes resultados atuando fora de casa: empate por 1 a 1 com o Paraná (20° rodada), derrota para o Atlético-MG por 1 a 0 (23° rodada), empate por 0 a 0 com o Santos (25° rodada), empate por 2 a 2 com o Botafogo (27° rodada) e derrota para o Internacional por 3 a 1 (29° rodada).

Curiosamente, o São Paulo se orgulhava da campanha que tinha fora de casa durante todo o primeiro turno. Em boa fase, o tricolor paulista teve cinco vitórias, três empates e duas derrotas neste período, sendo 18 pontos conquistados dos 30 pontos disputados, um aproveitamento de 60%, que era um dos pontos positivos do trabalho de Aguirre desde sua chegada no clube.

Um triunfo diante do Vitória também seria importante para dar confiança no grupo que terá uma sequência de jogos duríssima nas próximas semanas, já que enfrenta o Flamengo em casa, encara o Corinthians fora de casa, e tem Grêmio e Cruzeiro no estádio do Morumbi. Apesar de três dos quatros jogos serem diante da sua torcida, os jogos serão contra três equipes que estão na parte de cima da tabela do Campeonato Brasileiro e estão entre os clubes com melhores elencos do país.

Gazeta Esportiva

9 comentários

  1. infelizmente, eu não acredito no Aguirre. E se mantiver a teimosia e covardia (dois volantes de destruição e Reinaldo de ponta) não terei qualquer esperança de ver o São Paulo bem.

  2. Essa teimosia de Reinaldo de ponta é que não entendo, só deu certo contra os travecos porque foi surpresa, mas agora todo mundo já sabe, e Reinaldo é um lateral razoável, mas como ponta não dá né, prefiro qualquer garoto da base que seja atacante, está na hora de dar mais uma oportunidade ao Brenner

Deixe uma resposta