Leco põe Aguirre sob análise no São Paulo

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, admitiu que o título do Campeonato Brasileiro está distante do clube. Com apenas duas vitórias em 11 jogos no segundo turno, o time despencou do primeiro para o quarto lugar, ficando nove pontos atrás do líder Palmeiras, a oito rodadas do fim da competição.

“Está muito difícil”, confessou o mandatário, antes de ponderar. “De qualquer forma é importante ressaltar que estamos numa condição de ascensão, de crescimento, de evolução evidente em relação ao que foi o ano passado”, acrescentou, em referência à briga contra o rebaixamento em 2017.

Além do Palmeiras, Flamengo e Internacional ultrapassaram o São Paulo na tabela de classificação. No quarto lugar com 53 pontos, apenas um a mais que o quinto colocado Grêmio, o Tricolor tem agora a vaga direta na Copa Libertadores como prioridade.

“A qualidade dos adversários, aqueles que estão lutando pelo título, torna difícil nossa pretensão de conquista. Agora é nos mantermos numa situação em que a gente possa estar entre os quatro primeiros, que é tudo aquilo que queremos”, projetou o presidente tricolor, que participou nesta terça-feira do sorteio que definiu os grupos do Campeonato Paulista 2019.

Sobre a permanência ou não de Diego Aguirre no comando da equipe, Leco admitiu que a renovação de contrato dependerá dos resultados deste final de temporada. O treinador uruguaio tem vínculo com o São Paulo até o dia 31 de dezembro de 2018.

“Estamos fazendo uma avaliação, uma análise de tudo. Estamos atentos e procurando fazer um planejamento total para o ano que vem, no sentido de ainda fazer melhor pelo São Paulo do que neste ano”, avisou.

“Claro que houve evolução, mas não significa que nós não queremos mais. E o Aguirre certamente é uma análise que faz parte disso. É óbvio que toda análise passa por resultado. No futebol, não tem como negar isso”, concluiu.

Especial para a Gazeta Esportiva

37 comentários

  1. Demorada demais essa análise. Esquecem que ainda da para salvar o ano e da importância de definir uim treinador logo parte o próximo ano, que possa avaliar o elenco atual e participar do planejamento de contratações e negociações para 2019.

  2. Só agora vai fazer essa analise? bom o trab do Aguirre é mediano, sp não tem chance nenhuma de titulo e corre sérios risco de ficar sem vaga na libertadores, o Gremio já esta na final e espero que seja contra o Boca.
    O sp vai continuar apanhando o problema não é só elenco, está nos técnicos que passaram pelo sp…só teve trenador mediano portanto o trab sempre vai ser mediano.
    Sp precisa pensar em treinadores que sabem extrair o melhor de cada de jogador inclusive da base
    Cariile, Reanto Gaucho, Abel e por ultimo Mano Menezes (com um elenco de primeira linha para o nível do futebol brasileiro, que é sofrível)

    • Careca, primeiro temos que eliminar algumas peças do elenco, que nem Guardiola conseguiria extrair
      nada deles, depois colocar um tecnico, eu sou fa do Renato Gaucho, para mim a primeira opçao.

  3. Nessa altura da competição me contento com a vaga na libertadores , espero que o sp não pense em renovar com o Aguirre e não faça a burrice de trazer o Ceni (talvez por causa da multa que esta devendo de 5milhoes), que foi demitido com o sp quase sendo rebaixado.

    • Pensando bem, acredito que o melhor para o clube neste momento é ficar fora da libertadores, para não passarmos vergonha e fazer uma real avaliação do clube de um modo geral.
      1 – comissão técnica (inclui aqui preparador de goleiros, fisioterapeutas, médicos, nutricionista, alem do técnico e seus auxiliares)
      2 – jogadores (do elenco atual, rendimento e performance em campo e nos treinos, alem da base) obs.: Vi que houve contratação para os aspirantes e quais foram os objetivos e o que foi alcançado até o momento? E os contratos da molecada, todos já foram resolvidos ou ainda corremos o risco de perder jogador de graça?
      3 – diretoria (Lugano, RR, Raí, Pássaro e entre outros) quais eram os seus objetivos e quais foram as entregas até o momento?
      4 – conselheiros do clube – as mesmas perguntas para diretoria valem para os senhores.
      5 – presidente e vice – quais são os reais objetivos com o clube? Não espero que tenham tornado o clube numa vitrine ou balcão de negócios. Porque nós torcedores queremos resultados, que se materializem em títulos.

      Torcedores, precisamos os sócios torcedores, precisamos nos organizar e analisar melhor o estatuto do clube, para ver o que pode ser cobrado destes senhores que controlam o clube, não podemos mais nos calar e ficar só gritando na arquibancada ou escrevendo textos de lamentações ano a ano, precisamos nos mexer

  4. Aguirre tem crédito e torcedor tem memória curta. Não foram poucos os pontos ganhos por causa dele, sem fazer muito esforço dá pra lembrar do jogo com a galinhada (Reinaldo na ponta), Ceará (adiantou Reinaldo e B. Peres que fizeram a jogada do gol e o gol em si), Fluminense (colocou o Régis que fez a jogada do gol), Flamengo (trouxe o Rojas que chegou arrebentando), Vasco (entrada do Trellez) e por aí vai. Todo técnico tem momentos difíceis em que ele se perde um pouco. O Mano Menezes, por exemplo, esteve a ponto de cair ano passado e nesse ano e em ambos os anos foi campeão da Copa do BR. O Muricy todo primeiro semestre ficava na corda bamba e em todo segundo ganhava o Brasileirão.

    A real é que o trabalho do Aguirre e do Everton foram tão bons que o torcedor achou que esse time era melhor do que realmente é. O trabalho do Aguirre não é perfeito e ele também erra, mas merece a continuidade e já mostrou que tem capacidade pra isso. Ninguém esperava um quarto lugar no início do campeonato. Briga por título então…

    • Fernando Casal Del Rey? Você diz o presidente que pegou uma das maiores buchas da história do clube que foi os problemas com a estrutura do Morumbi?

      O presidente que teve que direcionar a maior parte da receita na reforma do gigante do Morumbi e que não tinha como investir no elenco e teve que colocar a base para jogar?

      E que mesmo com todos os problemas conseguiu reestruturar tanto o nosso templo sagrado quanto nosso time a ponto de conquistar o campeonato paulista de 1998 batendo as peppas nas semis e os travecos na final, tendo garotos (Denilson, Dodô, França) como protagonistas?

      Fernando Casal Del Rey que quando diretor de futebol do Pimenta montou o time que assombrou o mundo entre 1991 e 1994?

      Olha, não consigo entender essa comparação entre o Leco e Del Rey… sério…

  5. Torcedor do São Paulo classifica o Leco como “negociador”, porém, está agindo exatamente tal como seu presidente, a ciranda de roda dos técnicos a cada 6 meses…

    Não estou satisfeito com o desempenho do São Paulo até pelo que ele jã produziu neste mesmo campeonato e vem produzindo hoje, porém, nossa queda de produção não pode ser colocada somente na conta do treinador, claro que ele tem à participação dele mais tem fator, contusão, suspensão além do elenco ter “sim” limitações e não são poucas começando pelo gol por exemplo aonde nenhum arqueiro passa confiança.

    Sinceramente acho que o Aguirre está pecando assim como outros tantos técnico que passaram por aqui nos últimos tempos “erraram” por questões de opções de atleta, isso cria uma animosidade com o torcedor (inclusive comigo que é algo que parece uma bomba relógio).

    Seria possível citar aqui ao menos três opções (Rodrigo Caio, Sidão, Edimar) que são escolhas “EXTREMAMENTE” questionáveis do Aguirre e que o torcedor do São Paulo em sua grande maioria não suporta, para ser mais sincero tem ódio dessas escolhas porque são atletas que não tem prestígio algum e tão pouco à confiança do torcedor, pior que de certo modo todos torcedores tem sua razão, afinal nenhum desses atletas nunca justificou futebol para vestir nossa camisa em especial o Rodrigo Caio que está há tempos no clube é o retrato de uma geração “DERROTADA”, já passou da hora de renovar algumas coisas no clube…

    Penso que se o Aguirre deixar de lado algumas de suas preferências/opções e voltar a fazer o básico, ou seja, se defender “BEM” primeiramente e depois buscar um golzinho no velho esquema “fechar a casinha” nos podemos reencontrar as vitórias, não menos importante seria ele não inventar Reinaldo na ponta pra colocar Edimar em campo, ou não deixar de dar chance aos garotos ou para atletas em suas respectivas funções para inventar por exemplo Rodrigo Caio de lateral..

    Vamo São Paulo!

  6. O fato é que há dois meses estavam todos implorando para o Aguirre renovar o contrato.
    Talvez se tivéssemos um elenco melhor (não necessariamente maior) a queda de produção não fosse tanta. Apesar de ter raiva de algumas opções do treinador, acho que Aguirre tem crédito para continuar o trabalho.

  7. Acabo de ver que Cuca não está satisfeito no SFC e ameaça deixar o clube de Vila belmiro. Vamos lá, Raí, já entra em contato com o Cuca, monta o time para 2019, agradece o Aguirre e segue em frente. Não podemos perder a oportunidade de ter um treinador como Cuca.

  8. Não tem outro jeito – essa equipe técnica terá de sair da frente e dar lugar para outra montar um novo time. E resto agora é perda de tempo.

  9. Fico pensando qual foi o critério pra se trazer o Aguirre pra um gigante como o SPFC precisando de resultados pra ontem????será que nas empresas desses caras eles escolhem assim????

  10. Sobre o Aguirre não adianta especular aqui, é esperar o desempenho do SPFC até a última rodada e analisar qual a classificação geral apena do segundo turno (perto do Z4) e qual a classificação geral final (se manter-se no G4) será uma boa avaliação, caso contrário a isso demite.

    Dois tópicos:
    1) é absurdo perder pontos para Paraná, America MG, Botafogo, Alt-Pr e Fluminense,
    2) Terminamos o primeiro turno com 8 pontos a frente do Palmeiras e hoje estamos 9 atrás, o Palmeiras conseguiu a proeza de tirar 17 pontos do São Paulo.

    Lamentável….

  11. Estratégia e planejamento louvável. Jardine é uma jóia a ser trabalhada não com o que se possa ter de melhor por aqui mas nos grandes centros, com quem faz diferença mesmo. É uma perspectiva real de mudança de patamar a médio prazo. Isso se Leco não pisar como de costume.

  12. Do topico anterior, o Edcarlos e sub 17 ou 20? Sub 20 ha tempos nao vejo jogar, mas o sub 17 vi varios jogos e o Edcarlos nao vem sendo titular, sequer entra durante os jogos, por isso a duvida. Alias no sub 17 tem um ponta q ta metendo gol a rodo, Gustavo Maia!

  13. Sobre o Aguirre, acho q no geral o trabalho e bom, achava q o time ia brigar no meo da tabela, mas essa queda vertiginosa realmente assusta! Outra coisa e q quando o Rai assumiu, falou muito sobre DNA tricolor, conceito de jogo condizente com nossa historia, o q e mt legal, mas o estilo do Aguirre nao tem nada a ver com o Sao Paulo, honestamente

  14. Volta Cuca ! Esse ganha um mata-mata no Tricolor sem dúvidas…. espera acabar o campeonato e mete o pé na bunda desse uruguaio que nunca ganhou nada em lugar nenhum.

  15. “A qualidade dos adversários torna difícil nossa pretensão de conquista” – ‘Leleco’… O semblante da derrota… Da incompetência… Seria a “qualidade dos adversários”, ou a nossa “falta de qualidade”, que impede as nossas conquistas?!… Visível a qualquer um… Apenas não para ele, e os que o rodeiam (Raí incluso – vive dizendo que o elenco do SP é “maravilhoso” – só se isso for definido a partir das rodas de bobinho, das ‘resenhas’, dos “rachões”… pois, do futebol apresentado em campo, é que não é…)… Semanas e mais semanas “cheias”, para treinos, e o time não mostra nenhuma evolução… “Bumba-meu-boi”, bola para a lateral do campo, e cruzamento para a área, com a mesma se ‘oferecendo’ para a interceptação, pela zaga adversária, de frente para ela… O ‘be a bá’ do futebol, em sua forma mais primitiva… Muito pouco, convenhamos… Não sei quem seria o cara indicado para ser o treinador do clube… Tenho minhas restrições quanto às manias e superstições do Cuca… Além de o mesmo não ser, exatamente, um “formador de grupo”… Lembremos que, mesmo liderando o Brasileirão de 2016, a cada semana era uma nova “crise”, pela guerra de egos, dele, contra diretoria, elenco, e etc.,no Palmeiras… Creio que o Abel Braga seja mais a “cara” do SP… Conciliador, formador de grupo, não afeito ao “jogo feio, porém com resultados”, por ex., como o Mano Menezes, enfim, uma esperança, ainda que mínima, de voltarmos a ver o SP praticar, em campo, algo parecido com o que nos acostumamos a chamar de futebol… Porém, não só isso basta… Há que se ter (mais uma vez…) uma reformulação quase completa do elenco… Ver quem, apesar de medíocre / mediano, merece ficar, para compor o elenco, ou, talvez, fazer parte do time titular, quem deve sair, e, principalmente, quem deve ser buscado, para chegar, treinar, colocar a camisa de titular, e não mais sair… Jogadores à altura de pertencer ao elenco de um clube com a magnitude do SPFC… A começar por um goleiro que atenda a esta premissa… Abraço a todos!… SMILE TADEU.

    • Tudo bem, , Smile? Voce criticava Pato, ganso, Luis Fabiano, Kardec, Káká, mas pelo menos tinhamos jogadores de qualidade, agora temos o que? Um monte de perebas como Edimar, Sidão, Bruno perez, Rojas, carnero, trellez, Nene ( já acabou) . Agora a situação é desesperadora porque para termos aqueles jogadores que já tivemos não temos dinheiro. O que fazer?

      • Não temos capacidade administrativa para melhor utilizarmos o dinheiro, o que é bem diferente, caro amigo Paulino… Vendemos muito, portanto, entra muito $$$ também… O problema está em saber o que fazer com o $$$ nas mãos… Como aquele coitadinho que ganha na mega sena, e, poucos anos depois, você ouve dizer que está ‘na pior’ novamente… Não soube o que fazer com o $$$… Mais ou menos como o SP, de uns bons anos para cá… Nessa época, por você citada, tínhamos jogadores medianos, alguns acima da média (ambas as categorias inclusas em sua lista), e eu, recordemos, clamava pela contratação de um CRAQUE, acima de qualquer dúvida, que chegasse, entrasse em forma, pegasse (teoricamente…) a ‘camisa 10’, a faixa de capitão do time, e nos conduzisse de volta às conquistas… Ao contrário, nos desfizemos do que tínhamos, contratamos um monte de “perebas”, alguns ‘medíocres’ (um pouco ‘melhorzinhos’… rs…), e, ainda não temos o CRAQUE… Resumindo: realmente, estamos piores que naquela época… Mas não “por falta de dinheiro”… Basta conferir uma recente coluna do Menon, onde este expõe o gasto de R$ 50 milhões em novos jogadores, dos quais somente R$ 17 milhões se justificaram, no Everton (ex-Fla), e, mesmo assim, ‘até a pagina 2’, dados os mais do que recorrentes problemas físicos apresentados por este, temporada sim, temporada também… Talvez aí, a explicação pelo fato de o Fla tê-lo deixado sair, sem tanta “briga” por sua permanência… Como naquele caso do jogador que veio do Atlético MG (me fugiu até o seu nome, de tanta “importância” que ele teve para o SP…), o qual chegou, ficou um ano “se tratando”, e o mandamos embora, por não aguentarmos mais tantas contusões… Portanto, não falta dinheiro… Sobra incompetência, isso sim… Abraço!… SMILE TADEU.

  16. Sobre essa questão de elenco do São Paulo.

    Ontem, o meio de campo do Gremio jogou com :

    Michel, Maicon, Cicero e Ramiro.

    Imaginem se fosse este no São Paulo.

    Renato não teve “ só “ Luan e Éverton e fez o time controlar o jogo.

    Aguirre perdeu Militão e Éverton e ?

    Não soube encontrar soluções.

    Agora pergunto, esse meio de campo do Gremio é doutro mundo ?

    E olhem o ataque com Alisson e Jael .

    Temos problemas no elenco ? Claro.

    Mas Aguirre é fraco

Deixe uma resposta