Marca que derrubou Ceni em 2017 é igualada por Aguirre no São Paulo

O empate sem gols com o Atlético-PR no último sábado, no Morumbi, foi o sexto jogo consecutivo em que o São Paulo não venceu no Campeonato Brasileiro. Com quatro empates e duas derrotas, esta é a pior marca de Diego Aguirre desde que chegou ao clube, em março, igualando o jejum de vitórias de Rogério Ceni em 2017, que culminou com a demissão do ex-goleiro.

À época já pressionado pelas eliminações no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil, Ceni começou o Brasileirão com três vitórias e duas derrotas, colocando o Tricolor na sétima posição. A partir da sexta rodada, porém, o time sofreu uma queda vertiginosa de rendimento.

Com quatro reveses e dois empates em um período inferior a um mês, o São Paulo foi parar no 17º lugar, dentro da zona de rebaixamento. Com a falta de evolução e um prognóstico preocupante, a situação de Ceni ficou insustentável, e a diretoria optou pela demissão.

Na ocasião, a série negativa continuou por mais três partidas. Com Pintado de interino, o São Paulo perdeu por 3 a 2 para o Santos na Vila Belmiro, um jogo antes de Dorival Júnior assumir a equipe. Após um empate com o Atlético-GO e uma derrota para a Chapecoense, o então novo treinador encerrou o jejum com uma vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, no dia 19 de julho, no Morumbi.

Veja a série que determinou a demissão de Rogério Ceni:
11/06/2017: São Paulo 2 x 3 Corinthians (Arena)
14/06/2017: São Paulo 0 x 0 Sport (Ilha do Retiro)
18/06/2017: São Paulo 1 x 2 Atlético-MG (Morumbi)
21/06/2017: São Paulo 0 x 1 Atlético-PR (Arena da Baixada)
25/06/2017: São Paulo 1 x 1 Fluminense (Morumbi)
02/07/2017: São Paulo 0 x 2 Flamengo (Ilha do Urubu)

Gazeta Esportiva

23 comentários

  1. A maioria dos jogos do Rogério foram fora de casa. Entendo a sequência de derrotas.

    O problema que o torcedor acha que temos um poderio econômico como um Real ou Barcelona.

    Olha bem que até estes times estão pensando em seu campeonato este ano.

  2. Esqueceram de mencionar 3 eliminações em menos de um mês, Paulista, Copa do Brasil e Sulamericana fora a sequência negativa no Brasileirão no ano de 2017.

    • E oque ganhou esse ano??? O que muda 3 eliminações em um mês ou três eliminações em 3 meses??? De todo jeito foi eliminado!!!! O Rogério ainda teve um time inteiro esfacelado durante o Brasileiro, ao contrário do Aguirre, que teve um time inteiro montado para o Brasileiro 2018.

      • Não estou defendendo nenhum e nem outro, só mantenho minha opinião de que o RC se precipitou em assumir o time pois não tinha nenhuma experiência como técnico. Culpar diretoria e jogadores é fácil, ver que o técnico erra tbm é complicado para alguns. Quem treina o time é o dirigente? Os jogadores se escalam sozinhos e definem a tática pro jogo? Idolatria cega as pessoas, não conseguem ver os problemas do time com uma outra visão.

  3. O Palmeiras demitiu o Roger e melhorou.
    O Flamengo demitiu o Barbieri e melhorou
    O SP continua com o Aguirre e afundou.
    Campanha de rebaixamento no segundo turno.

    Fora Aguirre

    Fora diretoria amadora e incompetente ( 50 milhões).

  4. o repertório do Aguirre foi o suficiente para o primeiro turno por uma série de fatores. Agora q já está mais do q manjado …. é não tem capacidade de inovar nada … portanto já deveria ter sido demitido. Resolvamos um problema por vez.

  5. Marcelo Hazan

    Verified account

    @Marcelo_Hazan
    now1 minute ago
    More
    Bom dia! Luan renovou contrato até dezembro de 2022 com o São Paulo

    Uma boa notícia!

  6. Fico feliz em ver a renovação do Luan, mas ao mesmo tempo fico com a sensação de que fez besteira e que só vai gerar despesa ao tricolor.
    Com Aguirre, não tenho esperança de qualquer trabalho decente de aproveitamento da base.

Deixe uma resposta