Em má fase, Aguirre pode barrar peça importante do time diante do Atlético-PR

O técnico Diego Aguirre vai fazer substituições no São Paulo para enfrentar o Atlético-PR, sábado, às 19h (de Brasília), no Morumbi. O Tricolor caiu da liderança para a quarta posição, sete pontos atrás do Palmeiras, primeiro colocado. Um dos titulares que corre risco de sair do time é o volante Jucilei.

Jucilei foi titular do São Paulo nos últimos sete jogos, dos quais em seis atuou os 90 minutos e diante do Atlético-MG foi substituído aos 42 minutos do segundo tempo.

Normalmente um dos atletas mais regulares da equipe, Jucilei teve atuação considerada abaixo da média diante do Internacional.

Antes desta sequência, Jucilei ficou fora do São Paulo no empate por 1 a 1 diante do Fluminense, no Morumbi, no dia 2 de setembro, quando estava suspenso.

Aguirre tenta buscar soluções para espantar a má fase do time, sem vencer há cinco partidas. O treinador se reuniu com o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, e a cúpula do futebol tricolor na última segunda-feira, no Morumbi. A derrocada no segundo turno e uma reflexão geral do clube sobre os erros cometidos estavam em pauta.

Um dos candidatos a ganhar chance na equipe titular contra o Furacão é Luan. O volante revelado na base está de volta após defender a seleção brasileira sub-20 em amistosos preparatórios para o Sul-Americano da categoria, em janeiro de 2019.

– Estamos prontos para tentar ajudar o São Paulo, quero dar o meu melhor aqui – disse Luan, em entrevista ao site oficial do clube.

Além de Jucilei, outros titulares na derrota por 3 a 1 para o Internacional correm risco. Liziero, autor do gol do Tricolor no jogo e criticado pela marcação de Nico López no gol de empate, e Nenê, substituído contra Botafogo, Palmeiras e Internacional, também podem perder vagas.

Tréllez (entrou contra Palmeiras e Inter), Gonzalo Carneiro (entrou contra Botafogo, jogo no qual fez gol, Palmeiras e Inter), Everton Felipe (tem sido elogiado pelo rendimento nos treinamentos) e o garoto Antony brigam por vagas.

De qualquer maneira, Aguirre não terá Anderson Martins e Bruno Peres (suspensos). Arboleda (de volta da seleção do Equador) e Rodrigo Caio são os favoritos para as vagas – Araruna se recuperou de uma contratura e também é opção. Everton, com estiramento na coxa esquerda, é outro desfalque.

Apesar das mudanças, Aguirre deverá manter Jean como goleiro. A ideia do São Paulo é dar uma sequência ao novo titular nesta reta final do Brasileirão.

Reinaldo, por sua vez, teve carga de treino mais leve na última quarta-feira, pois está com desgaste físico. Se não tiver problemas, o lateral-esquerdo vai para o jogo.

GE

16 comentários

  1. Aguirre barra Aguirre.

    Aguirre escala Aguirre no gol.

    Aguirre chama Lugano pra zaga.

    Aguirre é mais boca aberta, do que burro que comeu urtiga.

  2. Deixa eu recordar uma coisa.
    Eu lembro quando o colunista do parceiro SP Net o Zanquetta, escreveu uma coluna que fez sucesso na época, com varias perguntas, sobre os erros cometidos na época pela Diretoria do São Paulo.
    Eu lembro dessa coluna.
    Tinha uma época que lá dentro do São Paulo não enxergavam os erros.
    Depois tinha uma época que até enxergavam, mas achavam que não tinha problema errar, que por causa da grandeza do clube e da sua estrutura, mesmo com os erros o São Paulo poderia ser campeão.
    Você pode até errar a partir do momento que os outros erram mais que você.
    Mas você não pode ter o compromisso com o erro.
    Ainda mais hoje, onde os adversários estão montando plantel competitivos.
    O tema da vez é Elenco.
    Veja 2017 onde o São Paulo trouxe um pacotão de reforços.
    Todo mundo já saiu.
    Aí é procurar novas peças.
    Até essas peças vir e se adaptar, vai perdendo os campeonatos.
    Como foi bem lembrado essa semana, o São Paulo revelou um time inteiro mas só o Liziero que se efetivou.
    O São Paulo poderia parar de errar.
    Fazer as coisas bem feitas.
    Lesões vão ocorrer, faz parte.
    Que o São Paulo esteja preparado.
    Chega do Técnico ficar quebrando a cabeça para escalar o time.
    O São Paulo é um dos clubes que mais gasta com o futebol.
    Então que aprenda a gastar.
    Uma vez improvisar tudo bem, mas não a toda hora o ano inteiro.
    Não quer ter Elenco porque? Para economizar com folha salarial?
    Mesmo assim a folha salarial é alta.
    Aonde está o erro?
    E está economizando em títulos.
    Não quer ter Elenco porque? Para não ter jogadores insatisfeitos na reserva?
    Quem está insatisfeito são os São Paulinos.
    E com essa maratona de jogos, tem espaço pra todo mundo.

  3. O time é esse: Jean; Hudson, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Jucilei e Liziero; Rojas, Shaylon e Caíque; Tréllez.

    Esse time ganha até da seleção francesa.

  4. Chega de contratar perebas …eh Hernanes, um volante q saiba chegar ao gol, q tenha técnica e um lateral direito e o resto a meninada da base p fazer a correria….chega de time pesado e caro…leveza e base …botar a base p jogar jah, eles vão se garantir ao lado de experientes como Hernanes, neném, DS …no Santos era soh Renato, Ricardo Oliveira e moleques da base e sempre foi competitivo e sempre alguém da base vinha e aparecia pro mundo….3 experientes e resto molecada….

  5. A realidade é que precisamos de um goleiro, de um zagueiro, de um lateral direito, do Hernanes, de um segundo atacante de velocidade (técnico e bom finalizador) e do Calleri.

  6. A meu ver o São Paulo não tem conserto. Vioru t ime pequeno. A única chance dom clube é mudar. Eleipões livres e diretas para presidente com voto dos sócios torcedores. É mudar ou morrer.

Deixe uma resposta