Repórter da Globo desmente “fake news” de acerto do São Paulo com Grohe

As tão faladas “fake news” (notícias falsas) usadasnestes últimos meses antes da eleições presidenciais no Brasil não atingem somente a política. Nesta terça-feira (16), o nome do goleiro Marcelo Grohe, do Grêmio, foi ligado a uma negociação com São Paulo, mas tudo não passava de uma mentira

Envolvido na suposta “negociação”, André Hernan, repórter da TV Globo e do SporTV, desmentiu a informação propagada nas redes sociais de que o São Paulo tinha acerto com o goleiro gremista para a próxima temporada.

Não é a primeira vez que isso acontece…. mas vamos lá! É FAKE esse print que tá rolando nos grupos de watts sobre uma possível contratação de Grohe pelo SPFC. Não passem isso pra frente. MORTE À FAKE NEWS!!!“, escreveu o jornalista no Twitter, negando a veracidade da informação.

A imagem que circula na internet cita uma suposta conversa de Hernan com outra pessoa sobre o acerto do São Paulo com Grohe.

Mal momento de goleiros do São Paulo

A notícia falsa surge em um momento em que os goleiros do Tricolor estão sendo muito cobrados pelas atuações abaixo da crítica.

Sidão, titular em grande parte da temporada, nunca caiu nas graças da torcida são-paulina e acabou substituído por Jean na derrota para o Internacional no último jogo. O substituto, no entanto, também não agradou.

Mesmo assim a ideia da comissão técnica é manter Jean como titular nos últimos jogos do Campeonato Brasileiro – faltam apenas mais nove rodadas – para avaliar se será necessário ir ao mercado ao final da temporada para trazer um novo goleiro –  não necessariamente atrás de Marcelo Grohe.

Torcedores.com

23 comentários

    • Eu também Paulo.

      Vamos torcer, vamos ser positivos.

      Vai dar tudo certo, somos o time da Fé.

      O culpado disso tudo é o Leco não os outros. O Leco não conseguimos tirar, então vamos apoiar os que estão bem intencionados.

      Vamos apoiar Aguirre, Lugano, Ricardo Rocha e Raí. Vamos apoiar jogadores que amam ao clube.

      • Estamos juntos na torcida tricolor, incondicionalmente.

        Apesar de que dúvidas existem, indubitavelmente.

        Em relação ao “amor”, acredito mais em Lugano.

        Confio no Aguirre e Raí, apesar dos erros (e também acertos), ambos possuem méritos.

        Mas no topo da hierarquia tricolor, o maior (e também o menor) dos nossos problemas.

        Aquele que consolida e viabiliza os interesses do grupo o qual representa, muito além do próprio SPFC.

  1. O São Paulo tinha um modelo na preparação do Elenco.
    Esse modelo durou até 2005.
    Tinha todas as peças a disposição, seja com reforços ou com jogadores da base.
    Muito difícil ter um reserva enfeite.
    Com o começo da era Juvenal e Muricy, isso mudou.
    O São Paulo sempre trabalha com um numero minimo de jogadores.
    Por exemplo, na maioria das vezes o São Paulo só tem 1 lateral direito, as vezes nenhum e muito raro tem 2 laterais, se precisa improvisa.
    Na maioria das vezes o São Paulo só tem 1 lateral esquerdo, as vezes nenhum e muito raro tem 2 laterais, se precisar improvisa.
    O São Paulo trabalha muito com improvisações.
    Contém reservas enfeites, que só treinam e recebem salários.
    Revela uns 6 jogadores para ver se um da certo, os outros são emprestados.
    Muitos jogadores não permanecem mais que 1 ano de clube.
    Ano a ano vem sendo o método do São Paulo em planejar o futebol.
    É um vicio que o clube adquiriu.
    É por isso esse eterno debate sobre Elenco, que os outros tem mais Elenco que a gente.
    O São Paulo adquiriu uma forma de executar o futebol e provavelmente acredita que é o modelo ideal.

    • De fato, o Muricy gostava de jogador pronto, não os em formação. Lembramos que Oscar saiu em parte pela falta de oportunidades pra subir ao elenco principal. O volante Denilson foi vendido pra Inglaterra na era Muricy sem nunca ter jogado no time principal. Foram raros jogadores da base realmente aproveitados naquele tempo. Ate mesmo Hernanes só teve chance no time do Muricy apos o jogador que ele pediu pra comprar da Europa ter se machucado. Eram outros tempos, diga-se a verdade, em que todo mundo queria vir pro São Paulo. Mas de fato, a politica do tricolor faz tempo que é trazer jogador pronto e muitas vezes vender os da base sem nunca os ter aproveitado na equipe principal. Quando a gente ouve falar que Ederson passou na base do São Paulo, David Luiz, Hulk, Hernane Brocador, Willian Arão, etc sem nunca os termos visto no profissional, é de doer. Apenas os medianos parece que sobem pra equipe principal. Lembro de uma historia de que o Kaka só subiu porque o treinador dos juniores o achava pior que outros jogadores da posição e quando o time principal solicitou um jogador da base pra treinar, o juniores mandou o Kaka. Ai é que ta, sera que a base não esta voltada pra ganhar suas próprias competições ao invés de municiar o time principal? Sera que a intenção não é justamente valorizar jogadores da base antes de subirem ao profissional pra os vender sem protestos da torcida e por valores irrisórios mas acompanhados de gordas comissões? Não era essa a intenção de Aidar quando falava em produzir jogadores na base não só para o São Paulo? Rodrigo Caio, por exemplo, sempre foi mediano, enquanto outros zagueiros mais bem avaliados sequer chegaram ao time principal e foram vendidos pra Europa. O certo e que a base antigamente podia ser relegada, mas hoje com nosso cacife baixo, não pode mais. Mesmo o Palmeiras com a sua montanha de dinheiro, trás seus melhores da base pro principal. Corinthians ganhou brasileiro com Time sofrivel com vários da base. A velha formula tricolor da década de 80 e 90 sempre foi unir juventude da base com jogadores experientes e muito bons de bola. Vide Cerezo. A proposito, enquanto muitos eram contra a contratação de Nenê, eu só lembrava do sucesso que tivemos com Cerezo, que talvez Nenê trouxesse de volta com seu talento. Todos estavam certos, quem era a favor e quem era contra pois Nenê realmente é craque mas também não é um Cerezo. Já não aguenta tantos jogos em sequência no mesmo nivel. Não tem a mesma liderança que Cerezo. Creio que nosso time precisa ‘ao só de talento, mas de liderança. Hernánes seria o cara ideal pra isso. Porem ha outros de talento e experiência e creio ser possivel a contratação porque segundo volante geralmente nao é tao valorizado no mercado. Alguem com toque de bola, passe bom, que controle o jogo, acalme os companheiros, oriente, defina partidas.Renato no Santos fez muito bem issonpir um tempo mas acho que a idade dele já cobrou seu preço de forma que nem no Santis consegue mais a titularidade. Zé Roberto também foi um monstro no Palmeiras com 37/38 anos.

  2. Aguirre faz o que pode com um elenco curto.

    Brenner não é usado. Reserva enfeite.
    Caíque não é usado. Reserva enfeite.
    Shaylon parou de ser usado. Reserva enfeite.
    Lucas Fernandes foi dispensado.
    Lucas Kal foi emprestado.

    Pode se concluir que esses jogadores não são culpados pelo baixo rendimento.
    Se eles não foram usados.
    Eles não foram usados e o São Paulo caiu na tabela.

    Régis teve o contrato rescindido.

    Alias, virou jogador do São Paulo fica ruim de bola.
    Hoje os ruins são Nenê, Anderson Martins, Bruno Peres, Jucilei.
    Ontem os ruins eram o Rodrigo Caio, Cueva, Jr Tavares, Pratto, etc, etc, etc.
    Todo mundo é ruim no São Paulo.

    O problema é o Elenco.
    Como faz falta o Jr Tavares.
    Mas vai desfazendo de jogadores.
    O Wellington Nem está bem lá na Ucrânia?

  3. No post anterior indaguei:

    Diego Souza é investimento?

    Nenê é investimento ?

    Bruno Peres é investimento ?

    Everton (com histórico de lesões frequentes e o empréstimo de Carlos Leite ) é investimento?

    Garotos seriam investimentos reais e verdadeiros, mas não jogam.

    Não ganhamos nada, além do aspecto financeiro …, técnico ou esportivo, ainda ficamos com as crescentes e incessantes dívidas.

    Libertadores passa a ser objetivo obrigatório, devido aos “investimentos”.

    Acho que Aguirre já era, mera questão de tempo e detalhes.

    #OutLeco quer cabeças para cortar e oferecer à plebe.

    • Amigo Paulo, os jogadores cortados são para curto e médio prazo. Você deve vê-los como colunas.
      Vejo com bons olhos as atuações destes.

      Lembre-se que ano passado brigamos para não cair.

      Se você fizer uma empresa e ela estiver mal financeiramente, você não tem que recuperá-la aos poucos e dar sustentabilidade? A mesma coisa uma equipe de futebol.

      Vamos ter pacienpaccok o Rai. Não faz nem um ano que este assumiu. Vamos com calma.

      Vamos esperar, ter paciência. Vai dar tudo certo.

      Paulo, concordo que a culpa é de Leco mas não vamos pressionar.

  4. O que faz o Jardine como Auxiliar Técnico?
    Ele Jardine tem a confiança do Treinador?
    As vezes ele nem é consultado.
    O Dorival meteu o pé na bunda do Pintado.

    Vamos lá:
    Efetivou o Jardine como Auxiliar Técnico.
    Revelou o Liziero, o Luan.
    Era uma das intenções, melhorar o uso da base no time de cima.
    Mas hoje o que vemos.
    Improvisações.
    Dispensa de Lucas Fernandes, Lucas Kal.
    Não uso do Brenner, Caíque, Shaylon.
    Quem conhece essas peças é o Jardine.
    Ele é consultado?

    • Acho que cabe aos jogadores citados mostrar serviço. Como jogaram estes últimos citado por ti?

      Tem que culpar alguém sempre?

      Futebol é assim. Ora perde, ora ganha.

  5. Agora, de verdade, no Paulistão 19, tem que observar Toró, Antony, Helinho, Luan, Caíque, Brenner, Araruna, Shaylon, Perri…..

    • Concordo Rodrigo.

      Vamos apoiar nesta reta final!

      Vamos cantar e incendiar o estádio.

      Vamos cantar tanto que até os jogadores que estiverem fazendo corpo mole se sintam constrangidos a entregar tão pouco.

      Vamos cantar o nome de jogadores que honraram o nosso manto e dos técnicos.

      Vamos apoiar o Lugano, o Aguirre, o RR, o Raí.

  6. Como li de alguém em outro post, o SPFC precisa urgente investir pesado pra ganhar esse campeonato Paulista. Tem que parar de pipocar em mata-mata, vencer os rivais e voltar a ser respeitado no próprio estado . Nem que isso signifique novas dívidas … ninguém liga pra isso, o SPFC nao é banco e sim um clube de futebol, e Clube de futebol vive de títulos, os grandes pelo menos… os menores se contentam em participar. Tragam um técnico vencedor , que saiba ganhar mata-mata… é Renato Gaúcho, Abel , Luxa, Mano Menezes, Cuca, qualquer um desse! Invistam pesado , tragam Hernanes de volta e mais gente boa pra começarmos 2019 com tudo . Essa chacota com o nosso time tem que acabar, somos gigantes , já esta ridículo esse jejum de títulos ! Times que arrecadam muuuuito menos, e tem muito menos torcida que a gente, Como Santos, Botafogo, Vasco etc, beliscam um estadual aqui e ali, e só o Tricolor que nao consegue. Não quero ver o SPFC menosprezando titulo nenhum , nada de colocar molecada e reservas em Campeonato Paulista , é força máxima e disputar como se fosse uma Copa do Mundo !

  7. Ai usa a base, primeira derrota queima os jogadores da base, pq o Luan e o Araruna contra o Cruzeiro foram bens, mas jah vários dizendo q o Araruna eh ruim d+, onde ele nunca comprometeu e sempre jogou fora de sua posição, torcida bipolar eh isso….

  8. To feliz demais com a temporada.
    E to muito triste porque achei que seríamos campeões.
    MAS ainda tem jogo.
    Como dizia Mike Rocky Balboa:
    “Ainda não ouvi o sino!”

Deixe uma resposta