3 lições que São Paulo precisa aprender se ainda quiser salvar o ano

O São Paulo perdeu o confronto direto com o Internacional por 3 a 1, neste domingo (14), no Beira-Rio, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols do Colorado foram marcados por Leandro Damião, duas vezes, e Nico López. Liziero fez pelo Tricolor

O São Paulo vem em uma queda vertiginosa na tabela do Brasileirão. Para quem era líder há algumas rodadas, já está na quarta colocação, com 52 pontos, sete atrás do líder Palmeiras. O Tricolor não venceu nenhum dos últimos cinco jogos; três empates e duas derrotas.

Lições que o São Paulo precisa aprender

Quebra de encanto

Durante certo período pós-Copa do Mundo, tudo que o São Paulo fazia dava certo. Tréllez entrava e resolvia em cinco minutos. Aguirre colocava Reinaldo como ponta direito, e o lateral acabava com o jogo. A fonte parece ter secado. Nada mais dá certo. Os coelhos na cartola de Diego Aguirre parecem ter acabado. O Tricolor não tem time nem elenco para ser campeão Brasileiro. É preciso que a torcida entenda e não se frustre. Uma vaga direta na Libertadores de 2019 está de bom tamanho.

Menos pressão

O Tricolor está extremamente pressionado por conta dessa queda que sofreu nas últimas rodadas. Esse é o mal de superar as expectativas e não conseguir manter. O time não tem confiança. Conseguiu abrir o marcador logo aos 3 minutos contra o Inter, mas não foi capaz de segurar o placar no confronto direto. Contra o Palmeiras, foi facilmente superado. É preciso apoio para lutar pela 4ª vaga na Libertadores.

Foco nos jogos menores

O Tricolor enfrenta agora Atlético-PR e Vitória, dois confrontos contra times que estão brigando na segunda parte da tabela. O São Paulo precisa juntar os cacos e sair com seis pontos. Após esses duelos, entra em uma fase bem mais dura, em que enfrenta Flamengo, Corinthians, Grêmio e Cruzeiro. O time precisa da confiança de duas vitórias para enfrentar quatro clássicos seguidos. No primeiro turno, o Tricolor conseguiu assumir a liderança e abrir vantagem justamente nesses confrontos. Agora, não é uma garantia.

 

13 comentários

  1. Amigo na boa, não tem mais o que aprender depois de tantas campanhas ruins e fechatorias nos ultimos anos de forma seguida, ou cai para a segunda divisão e começa tudo do zero ou contrata gente experiente para o futebol e para o time para sair da fila é simples assim.

  2. Não tem erro. Pois os melhores jogadores no momento:

    Arboleda,Reinaldo, Hudson, Lizieiro, Rojas, Diego Souza.

    Meu time seria:

    Perri; Hudson, Arboleda, Bruno Alves, Reinaldo; R. Caio, Lizieiro, Diego Souza; Rojas, Brenner, Carneiro.

  3. 3 lições que o SP precisa aprender pra 2019:

    1- Sidão nem goleiro é, muito menos pra estar no SPFC.

    2- São Paulo não tem meia armador no elenco, e mesmo se o Nenê fosse, ele não tem mais pernas pra ser “o cara” do meio campo

    3- 3 zagueiros e 3 volantes contra o América de MG no Morumbi é que nem batom na cueca: não tem desculpa. Técnico covarde não serve pro SPFC.

  4. Todo ano é o mesmo roteiro, com as mesmas notícias, no mesmo teor. Dava pra copiar e colar mudando os nomes dos “atores”.

    Isso só vai mudar quando o clube ganhar título importante. Enquanto isso não acontece tem mil e uma justificativas que vão desde problema com o presidente até problema mental, não que os extremos não estejam unidos de certa forma.

  5. Aguirre é um técnico defensivo. ..e nem isso tá conseguindo. ..levar 3 a 1 fora o baile no sul…ficou de bom tamanho 5a1 seria mais justo. Pode colocar o Perri que é outro goleiro mediano …o problema está na escalacao principalmente das volantes. .. Jean, Peres, Arboleda, Alves, Reinaldo, Jucilei ou Hudson, Lizieiro, Diego, Nene, Rojas e a Trellez.

  6. O elenco já não acredita mais no trab do treinador, diretoria Abel Braga para ontem. ..ele com esse elenco mediano iria manter no grupo dos 4. Sabe extrair o melhor dos jogadores da base. ..

  7. Time de idosos, diretoria de idosos média 80 anos, técnico fraco. O que salva no São Paulo é sua enorme torcida, seu belo estádio e principalmente seu nome. Maior apóstolo de Cristo, Estado mais forte da união e também mais populoso, e terceira cidade do mundo.Infelizmente esse bando de velhos gagás que se apoderaram do clube não tiram proveito disso tudo. Libertação já do clube com eleições livres e diretas para presidente com votos dos sócios torcedores. É mudar ou morrer.Jucilei a meu ver é ex atleta. Ninguém o tira. Rodrigo Caio de médio volante no lugar do Jucilei poderia recuperar um bom jogador e todos sabem que a posição dele é médio volante onde se destacou inclusive na seleção brasileira.

Deixe uma resposta