Aguirre admite mau momento do São Paulo e diz: “Deixamos passar um jogo muito importante”

Depois da derrota por 3 a 1, de virada, para o Inter, em Porto Alegre, o técnico Diego Aguirre, do São Paulo, falou sobre a fraca atuação do time. O treinador uruguaio lamentou o fato de o Tricolor não ter conseguido se impor ao adversário.

– Obviamente que todo o planejado não conseguimos fazer. Somente no segundo tempo, quando estávamos perdendo, jogamos. Deixamos passar um jogo muito importante – avaliou o treinador.

Aguirre seguiu falando sobre a dificuldade que o time tem tido em reagir:

– É difícil ter uma resposta concreta. Obviamente, encontramos o gol, e a ideia era propor o jogo, ficar no campo adversário, pressionar, como o time tem feito em muitos jogos. Mas ficamos muito atrás e não tivemos um nível de jogo que eu esperava.

– É uma derrota dura. A esperança que esse time gerou era grande. Nesse momento de dificuldades, é difícil, e vamos ter que reverter rapidamente. Temos que melhorar nosso nível e ganhar o próximo jogo para retomar a confiança.

Sobre a diferença de sete pontos para o líder Palmeiras, Aguirre desconversou:

– É uma diferença importante. Mas não dá para pensar em outra coisa que não seja melhorar e ganhar o próximo jogo. Estamos sendo irregulares. Caiu o nível e tem de voltar rapidamente a confiança. O momento psicológico pode influenciar. Estamos em um momento complicado.

O São Paulo volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado, contra o Atlético-PR, às 19h, no Morumbi, em jogo válido pela 30ª rodada.

Veja abaixo outros tópicos da entrevista de Aguirre:

Fora de briga pelo título?

– Teremos que focar em melhorar o nível do jogo. Depois veremos o que acontece. Temos que melhorar nosso nível para voltar ao triunfo. Preocupa, porque o time não teve a resposta que esperávamos.

Fragilidade do elenco

– Não gosto de falar essas coisas perdendo. Não busco desculpas. Pode ter algumas, mas prefiro guardar. Não é para falar assim. Temos que continuar trabalhando, melhorar o time, nosso nível. Todos temos que dar um pouco mais.

Falta de confiança

– Acontecem coisas, os resultados não acompanham. É uma soma de momentos, de situações. Sinto que é uma das razões para o nível de nosso jogo não ser o mesmo de um tempo atrás.

Jean no gol

– Uma decisão como tantas outras. Pensei que era uma boa opção para hoje, como temos que tomar sempre.

GE

22 comentários

  1. São Paulo precisa virar time empresa urgentemente.
    Licencia a marca são Paulo a uma empresa para gerir o futebol e deixa o leco e sua turma que está aí há 02 décadas só na parte social.
    Falo isso há mais de uma década fui sempre criticada.
    Foi isso que ergueu o Milan na década de 80 ( o magnata Silvio Berlusconi levou o Milan a 04 copas dos campeões da Europa )
    O mesmo ocorreu com o Chelsea e com o Manchester city.
    Ai me cobrem se o São Paulo não se tornar o primeiro das Américas.
    Temos que afastar do futebol esta turma que há décadas se apropriou do clube e está transformando o sp numa portuguesa.
    O projeto tem que ser profissional sem idolatria, independentemente dos nomes serem ex ídolos do sp.
    Mas fiquem atentos. Não pode ser o projeto do leco pelo amor de de Deus.

    • Já falei isso também….não dou a mínima se a empresa gestora compra um ótimo jogador por 1 milhao…e vende 1 ano depois por 10 milhões…contato que nesse ano o cara seja campeão….

  2. Bom é olhar a tabela com o time nesse nível e ver que todo jogo será uma baita pedreira. A única vitória que arrisco cravar nas 9 rodadas restantes é contra o Sport em casa.
    Se continuar nesse ritmo e o Santos manter a crescente, até a Libertadores pode ficar arriscada.

  3. Vejo muita gente pedindo a cabeça do Aguirre, pedindo luxa e Abel, “pq do outro lado deu certo”, mimimi…
    Chega de conversa fiada. Se torcedor entendesse mesmo de futebol, todos os times eram campeões.
    “Ahh, mas não usa a base”. Os caras tão todo dia lá. Todos querem ser campeões! Ninguém é bobo de se queimar por omissão!
    “Ahh, mas ele é covarde”! O cara não quer perder e não tá com análise de jogador ruim, o cara tá fazendo contenção de danos.
    “Ahh, troca por alguém, não importa o custo.” Falam os mesmos que louvam os galinhas por manterem o tite quando ele perdeu a pre libertadores.
    “Ahh, o trio de ídolos é um trio de fracassos”. Dizem os mesmos que exaltaram quando os caras tavam bem. Eles querem o melhor pro clube e não estão trabalhando pra zuar tudo.
    “Ahh, o Rojas é ruim (encaixe qualquer outro nome que é bom, mas caiu de produção). Todos caíram. Nós não somo a crefisa, e nem queremos ser. Quando acabar o amor, voltam eles pra série B, como o filme já mostrou mais de uma vez.

    Tenham mais amor. Saibam que os times não vão ganhar sempre. Saibam que existem reconstruções e que nós temos que TRABALHAR para voltar. Isso não é do dia para a noite. Isso pode demorar 10 anos às vezes.
    É chato? É!! E muito. Ninguém quer ver o seu time mal? Ninguém!!!

    Quase caímos no ano passado… ficamos líderes por um tempo esse ano. Isso significa melhora, não que vai ser tudo ótimo sempre.

    Na moral, precisamos saber perder para aprender a ganhar! Mudar a qualquer custo não vale a pena.

    • Sei não cara….é muito tempo de humilhação….não ganha nada….e anos após ano é reconstrução…tô achando que já tá valendo…opções alternativas…

      • Mas é exatamente esse sentimento de que não tem outra saída que é perigoso. Nós ficamos com aquela sensação de que não tem outra maneira, de que não vai ter jeito… aí vc acaba com um Dorival da vida…
        Supresa! Foi uma escolha ruim…
        As vezes vale mais um projeto do que um impulso.

    • Mais 10 anos, João? Para mim ,se continuar com esse tipo de gestão como e a de hoje o SPFC nunca mais ganhará nada relevante,pois e impossível concorrer com o dinheiro(sujo,e claro)da Crefisa. Precisamos urgentemente nos transformamos em empresa, não há outra saída para o SPFC

      • Não estou falando que temos que esperar mais 10 anos. Nós já estamos nesses 10 anos. Tá complicado? Tá! Mas tá parecendo que vai acertar.
        O trio de gestão de futebol é bom! Não tem que desesperar é desmerecer. Eles já tem um lastro de acertos.
        E sobre virar empresa, nós já sabemos que isso não é possível no brasil por uma legislação estranha…
        Enfim… nesse caso, mãos atadas. O que não impede de nós torcermos para o leco ter uma sincope de consciência e fazer coisas boas realmente.

    • Discordo. O trabalho e Ruim. Aguirre pegou um time destroçado pelo DJ, arrumou a defesa e Dps foi eliminado pelo Atlético PR do Diniz, que não ganhava de ngm, com Rodrigo Caio errando tudo no primeiro jogo. Além disso foi eliminado por um time o na Sula. Qq outro treinador teria uma pressão terrível, mas vá lá, estávamos disputando o título do brasileiro jogando com defesa sólida e contra ataque eficiente, devido às contratações que DJ não teve, Everton e Rojas, além de muita bola longa. Essa forma deu certo até o final do primeiro turno. Dps disso os erros se avolumam. Insistência com Anderson Martins, Bruno Peres fraquissimo. Carneiro caneleiro. Everton Felipe, Trellez, e ngm pra jogar nas pontas nas ausências dos titulares, tendo Toró, Anthony, Caíque entre outros qwe poderiam ser usados. Fora tudo isso, vem a covardia. 3 zagueiros e 3 volantes contra América MG. Empate contra Paraná. Entrar pra empatar com palmeiras. Pobreza na forma de jogar, só bola na área pro DS se virar, só bola longa, volta com Rodrigo Caio. Enfim, acho que Aguirre deveria cair já, senão é ladeira abaixo, igual aconteceu no Inter e no CAM.
      Fora Aguirre!!

  4. Elenco ruim.
    Não gostei do Jucilei hoje.
    Não pode inventar.
    Pra mim tem que jogar no 4-2-3-1.
    Coloca o Caíque no lugar do Everton e mantém o padrão.
    Anderson Martins pode parar.
    Como disse o confeiteiro, o sonho acabou.

  5. O Aguirre percebeu que precisa inovar e ser mais ousado para conseguir a vitória.
    Ele é um bom técnico sim. Vocês crucificam muito as pessoas e nada é feito de uma hora pra outra.

    Até a um mês atrás a maioria que está o crucificando estava falando que a diretoria tinha que correr pra renovar com ele. E já mudaram de ideia.

    Tô vendo que se o São Paulo ficar mais dez anos sem vencer, vocês irão trocar de time.

    A culpa não é do Aguirre, a culpa são dos jogadores.

    Digo mais: Nene está jogando a equipe contra o Aguirre. Quando ele saiu, vocês o viram criticando o Aguirre? Falando isso e aquilo…

    Precisamos de jogadores com caráter e isso não temos! São todos uns bunda moles.

    Quando o SP fez o gol vocês viram alguém indo ao técnico comemorar junto como aconteceu no início?

    Por que a torcida não vai na contramão de sempre e muda sua atitude. Na vitória ou na derrota gritem o nome do Aguirre. Vamos apoiar ao nosso técnico e dar moral e respaldo a ele.

    Está claro que os jogadores estão fazendo corpo mole. Afinal, vocês irão à favor de quem pensa no São Paulo ou de jogadores sem vergonha como os que temos?

  6. Goleiros ruins….Laterais meia boca,sem volantes de infitracao ofensivo.Sem meias passadores.A esperança dois veteranos como Nenê eDIego Souza que mal conseguem ficar em pé.O melhor do time é Everton um cara com histórico de confusões.Técnico sem prestígio ou currículo.É Um dos clubes que mais gastou e uma das folhas altas.Não é um coitadinho não pois teve recursos.Resumo,péssimo trabalho de gestão e montagem do time.Enquanto a garra.vigor físico,camuflou o nível técnico baixíssimo do time tudo foi bem.Depois a realidade e o pior não Sei pra 2019 vai se aproveitar muita coisa não.Time horrível….

  7. A base pede passagem, olha o que virou o time sem o Militão, a direita virou uma terra de ninguém.
    Precisa dar confiança, sequência, são 10 anos sem titulo, e olhando pra base, vemos que é vencedora.
    Quem sabe o Walce fazendo a lateral, o mesmo que fazia Militão, Luan e Liziero entrosados, foram acima da expectativa contra o Cruzeiro, Igor Gomes e Shaylon pra ocupar a vaga do Nene, Brenner fazendo gola no aspirante, além de Helinho, Toro e Antony. Só no SP tem essa frescura e medo de lançar jogadores, olha o Santos, usa a base com inteligência.
    Perri no gol, apesar da inexperiência, não acredito que eles fariam pior que o atual time.
    Perri
    Walce
    Arboleda
    B. Alves
    Reinaldo
    Luan
    Liziero
    Igor Gomes (Shaylon)
    Everton (Helinho, Toro)
    Rojas (Antony)
    D. Souza (Brenner)

  8. Aguirre tem que cair!! E triste, mas não tem jeito.
    Como disse acima, o trabalho e fraco demais. Ainda perdeu o vestiário com escolhas que não dá pra entender.
    Arboleda e o melhor zagueiro junto com o Bruno Alves. O estilo de jogo e bola longa, chutao pro DS. Falta controle de jogo. O time treina a semana toda e faz cada vez mais uma partida pior que a outra.
    Qual era o plano de jogo hj? Fez o gol e Dps? Tomou pressão o jogo todo. Não controlou o Inter, não teve contra ataque, era só chutao pra frente. E serio que um trabalho desse tem futuro?
    Ah mas não tem jogador… E quem tem? Somos a terceira maior folha, contratamos pra caramba esse ano, pra ver isso dentro do campo? Ganhar e perder faz parte do esporte, a forma como se ganha e perde e oq conta. Não estamos jogando bem faz tempo, mas Aguirre está acima do bem e do mal? No Inter e CAM aconteceu a msm coisa. Ele não tem noção onde ele trabalha. Somos um gigante e temos q nos comportar como um. Sem covardia. Por isso, fora Aguirre!! E se tiver alguém do dpto de futebol contrário à isso, fora tbm!!

  9. Culpa sua, deixou o D’Alessandro jogar livre 85 minutos e deu no que deu, pra mim você entregou este jogo. E mais culpa ainda que pediu um ELENCO ENXUTO para 4 competições em 2018.

Deixe uma resposta