Arboleda diz que jamais cogitou pedir dispensa da seleção para defender São Paulo contra o Inter

O zagueiro Arboleda afirmou que jamais cogitou pedir dispensa da seleção equatoriana para defender o São Paulo no confronto com o Internacional, agendado para o próximo domingo, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.

A partida é decisiva para o clube do Morumbi voltar a brigar pela ponta do Nacional. O time ocupa a quarta colocação do torneio, com 42 pontos, enquanto o rival colorado, que está na segunda posição, tem 53. O Palmeiras lidera com 56.

A resposta de Arboleda foi dada depois de um treino do Equador após um repórter questionar se era verdade que ele cogitou não defender a seleção de seus país nos amistosos contra o Qatar, na sexta, e Omã, na terça da outra semana, ambos em Doha.

“Eu sempre disse a todos que a seleção do Equador tem minha prioridade e estou muito orgulhoso de estar aqui, vestir essa camisa e defender essas cores”, respondeu Arboleda.

“Disseram que eu falei que não queria vir para a seleção, que a minha prioridade era o meu clube e não foi nada disso. São más informações, informações erradas. Nunca disse que a seleção era menos importante do que o clube porque não é assim para mim. Ambos são prioridade na minha carreira. Quero me apresentar ao meu país e tenho muita responsabilidade”, continuou.

Arboleda não enfrentou o Palmeiras no último sábado e se apresentou para a seleção de seu país no domingo.

Sem ele, o técnico Diego Aguirre tem como opções Anderson Martins, Bruno Alves, Rodrigo Caio e o jovem Rodrigo, das categorias de base.

ESPN

13 comentários

  1. Quer oq? O pardal do Aguirre deixa ele no banco do Anderson Martins, meu Deus!!! Tem que dar prioridade pra sua seleção mesmo. Acho improvável Arboleda não ser vendido na próxima temporada.

  2. Espero que não, mas ele ‘falar’ e ‘desfalar’ assim, aliado ao momento não sendo escalado no clube, me dá muito a impressão de ‘maionese desandando’ (se não já desandada)…

  3. Se queimar em seu país pra ser reserva do Anderson Martins? Tá certinho Arbolenda! Espero que no retorno o Mr. Retranca nunca mais deixe você no banco!

  4. Até parece que ele diria um NÃO para jogar o brasileiro, sabendo que corre o risco de ficar na reserva do R. Caio e A. Martins.
    Óbvio que ele respeita o SP, tem sido um dos poucos que representam o time, porém a seleção deve ser prioridade.

  5. Não sei não, mas acho que o clima lá no CT não está dos melhores… como disse o colega acima, “a maionese azedou”. Deve estar rolando algo entre os que se intitularam líderes e o restante.

  6. O condomínio Caio voltou, a Zika voltou com ele. Não sei com a comissão técnica do SPFC nao vê, que o condomínio nao é jogador de futebol.

  7. Sendo banco inexplicavelmente de dois zagueiros bem mais ou menos, por que ele pediria dispensa da seleção dele?

    Alguém consegue explicar esse cara no banco? Inacreditável…

  8. Contra o Palmeiras Arboleda ficou inexplicavelmente no banco. Entao por que motivos iria desprezar a seleção de seu País ? Pra ficar no banco de novo? Fez a opção.certa..

Deixe uma resposta