Chamado de burro, Aguirre diz que São Paulo se abalou com gol do Palmeiras: “Derrota dura”

O técnico Diego Aguirre admitiu que o São Paulo não teve uma boa atuação na derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no Morumbi, e afirmou que a equipe se abalou com o primeiro gol do rival – o segundo saiu quatro minutos depois.

Chamado de burro por parte da torcida após a partida, Diego Aguirre declarou que a culpa pela queda de rendimento do São Paulo é de todos, mas manteve a esperança:

– Ainda temos muitos jogos pela frente e não vamos desistir de tentar fazer a maior quantidade de pontos para ver o que acontece. Não foi um bom jogo. Nós tomamos um gol de bola parada que condicionou a ideia. A estratégia que tínhamos para o jogo era de segurar e tentar na segunda parte, com as mudanças, encontrar as situações ofensivas. Mas esse gol mudou tudo. Assim como eu falo quando o time ganha, é um trabalho que é compartilhado por todos, não é mérito de um ou dos jogadores. Estamos todos na mesma. É verdade que não fizemos um bom jogo e era uma decisão, isso é verdade. Mas temos que assumir esse momento e reverter rapidamente, estamos todos doídos, entendo que a torcida esteja um pouco brava, todos esperávamos outra coisa hoje – comentou.

Com a derrota, o São Paulo viu o Palmeiras abrir quatro pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. O Tricolor caiu para o quarto lugar, mas pode terminar a rodada em quinto se o Grêmio vencer o Bahia, em partida que ocorre às 21h deste sábado, em Porto Alegre.

– Temos que renovar os sonhos e nos preparar para vencer o próximo jogo, ver o que vai acontecendo… Obviamente, como treinador sou responsável pelas coisas que acontecem, faz parte. Temos que continuar trabalhando.

A próxima partida do Tricolor será contra o Internacional, que atualmente é o segundo colocado.

Aguirre disse não saber por que o São Paulo não consegue evoluir mesmo tendo tempo para treinar:

– Também fico um pouco surpreso, todos esperavam outra produção. Mas não tem uma só razão, são coisas que estão acontecendo. Estamos em um momento de resultados que não são os que nós esperávamos. Temos que rapidamente voltar a treinar e depois olhar para o próximo jogo, que é importantíssimo, em Porto Alegre, com o Inter. É tentar ganhar, isso é imediato.

Estratégia no Choque-Rei

– No começo, a ideia era pressionar e tentar… Isso não aconteceu, foi um jogo travado, que não tivemos a bola praticamente em nenhum momento. Nós e eles. Mudou tudo quando tomamos o primeiro gol. O time sentiu, ficou no desespero, rapidamente veio o segundo, foi um momento que o time sentiu. Ficamos um pouco desconcertados. Sobre o Everton, obviamente, gostaria que ele estivesse bem, em seu nível, claramente ele é titular do time. Mas estava sem jogar faz tempo, voltou há três dias e não podia jogar 90 minutos. Havia risco de lesão, deixamos a entrada dele para o segundo tempo. Sabíamos a fortaleza do rival. Mas mudou a ideia nossa que era de o jogo avançar e ir fazendo as trocas para que o time fosse mais ofensivo ou encontrasse mais situações de gol. Mas com os dois gols ficou muito difícil.

Erros individuais ou coletivos?

– Nós tomamos dois gols de bola parada, coisa que não pode acontecer, e não tivemos situação para marcar a diferença. Não fizemos um bom jogo. Sobre rendimentos individuais e coletivo, uma coisa vai com a outra. O individual não está bem e isso repercute no time. Também mudanças que tivemos que fazer, estava bem e a verdade é que não estamos encontrando o futebol que esse time pode fazer e já mostrou. Espero que possamos voltar a jogar um bom futebol e ganhar os próximos jogos. Sei que foi uma derrota dura, mas não acabou. O time mostrou rebeldia em situações difíceis. Vamos tentar que essas coisas voltem e que o time mantenha o nível que possa ter. É óbvio que estamos chateados e tristes, mas a única coisa que podemos fazer é trabalhar.

Saída de Nenê

– Não vou falar de individualidades, porque seria culpar um ou outro jogador. Estamos juntos, é um problema interno que tentaremos resolver.

GE

60 comentários

    • Meu nome e Carlos na minha opinião quei esta estragado o são Paulo e o jogando de condomínio Rodrigo Caio. Ele i as esvalesces do Aguirre parece que ele está cedo obrigado a colocar Rodrigo Caio depois que ele entrou no elenco de volta o sao Paulo caiu de produção resumindo ele e a parnelinha do são Paulo Aguirre está envertando lugar p ele mas está a carbando com o time veja os jogos do Sao Paulo sei ele tava jogando com rasa com ele o time esta com uma tirinsa fora jogando de condomínio deixar no barco

    • Depois do que Aguirre disse retiro meu apoio a ele: “A estratégia que tínhamos para o jogo era de segurar e tentar na segunda parte, com as mudanças, encontrar as situações ofensivas. Mas esse gol mudou tudo”. Que é isso? Isso é coisa de time pequeno, que não tem tradição, esse cara não serve para dirigir um time gigantesco como o SPFC. Agora começo a entender porque Aguirre não consegue vencer título onde quer que trabalhe. Triste. E agora, Raí? E agora, Lugano?

      • Pois é, meu amigo Paulino… Se não estivesse escrito que eram declarações do Aguirre, eu juraria que estava ouvindo declarações do Dorival Jr… E, pior, pode colocar quem quer que seja, no comando do time… Independente das estratégias, fechado, como agora, ou atacando o tempo todo, como com o Prof. Osório, ou, nem tanto, como com o Ceni, e o Dorival… A troca de comando, por si só, atua diretamente na consequência (resultados…), e não na causa (elenco de baixíssima qualidade…) do problema… E, pior ainda: o elenco é de medíocre para baixo, não devido à falta de $$$ para os investimentos… Pelo contrário… O SP gastou muito, para montá-lo, mas gastou mal… Basta comparar com a escalação do time, no segundo turno do ano passado, no qual brigamos para não cair, do meio para a frente: Jucilei, Petros, Hernanes, Marcos Guilherme, Prato… Fiquemos só por aí… Qual é melhor: este, ou o do atual ano?!… Se colocarmos o David Neres, então, “vira covardia”… Na atual conjuntura do “futebol total”, onde os espaços são cada vez mais escassos, mais do que nunca, o ataque de um time começa por dois todo-campistas (ex-“volantes”), que, além de desarmarem, cobrir a defesa, e etc., também saibam sair jogando, verticalmente, abram o jogo, quebrem linhas, e ainda surjam na área adversária, para eventuais conclusões a gol… Podemos esperar isso de Jucilei e/ou Hudson?!… Evidente que não… Isso sem falar nos notórios problemas do elenco, citados inúmeras vezes, em qualquer análise que se faça… Goleiro, laterais, zaga, atacantes… “Só” isso… Como já disse “N” vezes: um time tem que ter, pelo menos, um CRAQUE que desequilibre e decida jogos, dois ou três jogadores acima da média, um goleiro acima de qualquer suspeita, e seis ou sete ditos “medíocres”, mas com força, empenho, dedicação, e concentração, que faça com que a torcida se veja representada pelos mesmos, quando o time entre em campo… Quem é o “goleiro acima de qualquer suspeita” do SP?!… Quem é o CRAQUE que desequilibra, decide jogos, comanda o time, do SP?!… E, pior, quem são os “acima da média”?!… “Medíocres”, com mais ou menos vontade, temos aos montes… Muito pouco, convenhamos… Abraço!!!… SMILE TADEU.

    • Não dá para reagir, Paulo, enquanto tivermos esse vampiro do leco na presidência. Meu Deus, até quando teremos que aguentar tanto sofrimento? Raí, voce precisa se posicionar rapidamente e mostrar o que pretende fazer para tirar o SPFC desses 10 anos de vergonha.

  1. Pra mim já deu. Aguirre termina esse brasileiro e no final do ano é obrigado e tchau. Encontrou um time, Roth tb encontrou no Inter campeão da liberta. Ambos são do mesmo nível. Chega de ficar na fila mais um ano. Chega de ser irrelevante no campeonato.

  2. Até outro dia tínhamos 8 pontos à frente das porcas. Jogando grande parte dos jogos com time reserva, tiraram os 8 e meteram mais 4. 12 pontos diferença. Isso mostra como nosso time é limitado e como fomos ingênuos em acreditar nele.

    • Até que enfim reconheceu! O erro é de vocês poe se iludirem mesmo com tantas provas diante dos olhos.

      Não estou feliz claro, mas também não estou desesperado nem transtornado.

      Eu sempre soube que não montamos time para ser campeão. Odiei a derrota de hoje, mas estou orgulhoso desse time.

      Mesmo sem ter tanta qualidade sustentamos a liderança por muito tempo e jogando com raça. Uma hora o gás ia acabar.

      Vamos são Paulo! Vamos pra libertadores, por enquanto isso basta.

      • Não sei porque muitos querem ir para a libertadores. Como se o São Paulo fosse mudar radicalmente porque vai participar desse torneio. Para jogar libertadores tem que ter um time, um técnico e um goleiro e acho que não temos nenhuma das opções, sentimos falta de Régis e Reinaldos, torço para esse pesadelo acabar e o São Paulo voltar a ser grande…

  3. E o Bahia ganhando do Grêmio com 1 a menos, isso é bom pro SP que não vai descer mais um pouco.
    Esquece Aguirre, os 10 jogos não serão decisivos pra título, mas por libertadores e olhe lá! Ou acha que pode vencer Grêmio e Flamengo em casa, galinhas fora mesmo em pior momento e time inferior?
    Covardia tem limite, a sua acabou na Copa do Brasil e Sul Americana. Termine o ano e siga seu rumo, seu prazo de validade e de 6 meses estourando 1 ano, o seu já era. Junto com Sidão, E. Caio, A. Martins, Edimar entre outros inúteis podem vazar.
    Ano que vem todos nós gostaríamos de ver um time rápido, bem treinado e CORAJOSO, sem AMRELAR, apesar de não dispor de muito dinheiro, dá pra montar um bom ELENCO.

  4. Eu disse antes mesmo de chegar, que por onde o Nenê passou, arrumou confusão… Pelo jeito, já arrumou aqui…Tava até demorando

  5. A quebra do tabu mostra como esse time não é nada do que achávamos. Em tempos de luta contra rebaixamento, com elenco pior, o time ainda tinha brio, lutava em casa e evitava e derrota. Hj faltou qualidade, brio e vontade.

  6. Quem já leu minhas reclamações sobre o Rodrigo Caio já deve ter visto eu reclamar de que ele deeeeeeeeeesconheeeeeece a chamada linha de impedimento. Vaaaaaaaaarias vezes o São Paulo tomou gol por isso. Hoje aconteceu de novo e eu, dessa vez, printei o lance pra ilustrar a reclamação. O segundo gol do palmeiras não teria ocorrido se o Rodrigo Caio tivesse noção de posicionamento e alinhamento entre a.zaga, o q deveria ser conversado pelos treinadores, se eh q algum deles percebeu isso.

    Segue o print:

    http://tinypic.com/r/i5x447/9

    Obs.: não eh vírus e nem propaganda política, eh realmente o print do lance

    • Bem visto, eu percebi alguem dando condições mas não vi quem era, achei que fosse o Anderson Martins
      Esse cara joga de zagueiro, lateral e voltante, porém consegue ir mal em todas essas funções
      Já chega, tem que sumir, junto com o Aguirre e Sidão, deixar o Arboleda no banco foi uma loucura.

  7. Parece que o estilo do Aguirre de impor intensidade nos jogos, marcar sob pressão, deixar poucos espaços, tem prazo de validade curto. Talvez seja insustentável, talvez tenha sido a única maneira de extrair algo desse elenco. Nós não sabemos a resposta, a única certeza é que o Aguirre está cavando a própria cova deixando o Arboleda no banco e fazendo improvisações descabidas.

  8. Aposto que o Nenê deve estar inconformado com a teimosia do Aguirre e deve ter questionado a escalação. Só pode. Todo mundo vê e fala dessa mania do Aguirre. Tb achei o time bem apático hoje, sem vontade, desde o começo.

  9. 2 vitórias em 9 jogos no returno… de boa, campanha ridícula… pra quem ganhou 12 no primeiro turno… time acomodou … hora de cobrança !!

  10. Hj o Aguirre foi lamentável, eu estava empolgadíssimo com o time e com ele, mas ultimamente tem feito cagadas inexplicáveis.
    Acho q precisamos de contratações PONTUAIS pro ano q vem, onde somos mais fracos nos tornarmos os mais fortes. E vamos ver no q dá, importante é fazer um time pra ganhar alguma coisa

  11. O Aguirre chegou apostando na máxima de antes de qualquer coisa montar um esquema e estilo de jogo voltado para fechar muito bem a casinha, organizando o time defensivamente e tendo também a seu favor o fato de ter conseguido trocar a conhecida apatia que caracterizava o grupo pela entrega e pegada que surpreendentemente podemos ver em especial até o final do primeiro turno.

    Em termos táticos e em relação a organização criativa e ofensiva do time, jamais mostrou a que veio, e tudo indica, não reúne qualificação e competências necessárias pra conduzir um time das tradições e tamanho do SP.

    O projeto de recriação do Futebol do SP, conduzido por essa diretoria liderada pelo Raí, este sim, demonstra claramente a correção de rumos e das implementações de reorganização e reestruturação, anunciadas e em curso, medidas e ações de curto, médio e longo prazos.

    Integração das categorias de base, renovações de contratos recém anunciadas pra se evitar situações como a do Militão, e a propalada política e diretriz de maior valorização e utilização dos talentos de Cotia.

    Depuração do elenco com a dispensa de muitos e muitos nomes antes trazidos no formato de baciadas.

    Contratações pontuais, consideradas as condições financeiras de todos esses últimos anos, visando a montagem de um elenco base composto por jogadores mais experientes e qualificados, ainda que o elenco atual se mostre carente em algumas posições estratégicas, independentemente e a despeito da molecada que vem sendo anunciada para compor o time de cima.

    Aliás, uma aposta mais arrojada e a efetiva maior utilização da molecada, tal qual ocorria nos tempos do Murici, não parece ser um ponto forte no perfil demonstrado até aqui pelo Aguirre, a despeito da presença do Jardine compondo a comissão técnica principal, com a nossa convicção que se dependesse dele, muitos desses meninos estariam fazendo a maior correria no time de cima.

    Inaceitável tamanhas e descabidas improvisações tanto pelo lado direito quanto pelo esquerdo, não tendo coragem e ousadia de dar oportunidade para essa molecada que em qualquer outro clube, estaria sendo bem mais utilizada.

    Entendo que os rumos e diretrizes trazidas pelo projeto adotado e seguido pelo Raí, diferentemente do que vem ocorrendo no momento, não se alinha com a postura e escolhas adotadas pelo Aguirre nesses momentos de desarranjo do time.

    O Aguirre por todo o ocorrido até aqui demonstra não reunir as condições necessárias e condizentes com as diretrizes desse projeto em curso, seja pelas suas características táticas, de modelo e padrão de jogo, seja pelo pragmatismo e estilo excessivamente defensivo nada alinhado com o jeito SP de jogar futebol.

    Estamos no caminho certo mais no meu entendimento, precisamos ajustar o comando técnico para o ano que vem.

  12. Tivemos 2 contratações pontuais “Everton e Rojas”, que minimizaram, mas não corrigiram alguns erros do início do ano: goleiro e centroavante. Jean não era o nome pra titularidade e DS, Trellez e Carneiro, não estão a altura do clube para serem titulares.

  13. Precisa voltar a fechar a casinha e sair para o jogo só no contra-ataque.

    Nós paramos de fazer isso. Muitas vezes, vc vê o SPFC jogando com a linha alta. Não temos qualidade para fazer isso. Só ganhamos, quando paramos de tentar jogar ofensivamente.

    Ou joga Nene, ou joga Diego Souza, não dá mais para ficar com os dois andando em campo sem produzir nada.

    Tem que tirar um dos dois e colocar mais um no meio de campo.Talvez uma trinca com Jucilei (na frente dos zagueiros), Hudson e Lizieiro (na frente do Jucilei): 4-1-4-1, com o time jogando no contra-ataque. Na frente, ou Diego Souza, ou Nenê. Os dois juntos desde o começo, não dá.

    O 4-2-3-1 não funciona, pois muitos jogadores não recompõe bem e não possuem consciência tática, sobem (sempre na hora errada) e não voltam.Os pontas ficam muito afastados do meia e os dois volantes estão perdidos, não sabem se sobem ou se guardam a posição.

    Toda hora o Rojas cruzava a bola, o Bruno Peres fazia a passagem na hora errada, a defesa da Crefisa rebatia e eles aproveitavam o buraco deixado pelo Bruno Peres na lateral direita. Isso quando o Reinaldo não tb subia na hora errada.

  14. Gosto do Aguirre.
    Mas hoje inventou demais.
    Arboleda é titular.
    Pra que escalar RC na lateral, tendo Bruno Peres?
    Pra que escalar o BP na frente, tirando Rojas da posição?
    Pardalzou…

    • Diretoria está pressionando para escalar ele. ..só pode Rodrigo Caio de Lateral novamente? No máximo um primeiro volante. Sp foi engolido dentro de sua casa. ..2 a 0 ficou barato. ..4×0 seria mais justo. Sp tem o pior elenco dentre os que estão no pelotão da frente.
      Pal, Cru, Gre, Fla todos acima do sp é do inter tb…que tem outro treinador medroso Odiar e Aguirre vão dançar nesse campeonato.

  15. Elenco é limitado e o Aguirre tb é…brigar para voltar a libertadores. Espero que o sp não renove com ele contrato até 31dez. …Rai vai atrás do Abel Braga. ..técnico que não é medroso e consegue extrair algo dessa base.
    Sidao péssimo, Rodrigo Caio limitado. ..os zagueiros não foram bem. ..Bom Aguirre matou o meio tirando o Nene. ..ficou com medo de tirar o Jucilei. Não temos chance de título o sofrimento vai ser até o fim. Sp vai enfrentar um algoz que sempre vence jogos importantes contra o sp. ..título da libertadores, eliminação na libertadores. Sp um freguês do internacional.

  16. Não é fácil reformatar um clube destruído por um grupo de ladrões que o tomou de assalto já há 12 anos. E destruíram o clube para enriquecimento próprio ( próprio de canalhas). E o que está na presidência está dando continuidade a essa prática criminosa. Não vejo como, mesmo com Raí, o SPFC voltar ser um time realmente competitivo, porque as dívidas nunca terminam , nunca há dinheiro para contratações. Pelo menos enquanto o presidente-canalha continuar em seu posto. O SPFC precisa passar por uma refundação, se transformar numa empresa, com uma total profissionalização e aí conseguiria obter recursos para montar um time realmente forte. Mas isso só será possível se as pessoas com poder e que amam o SPFC extirpem o câncer que se apoderou do SPFC. Sugiro que a torcida proteste fortemente no próximo jogo no Morumbi. Chega de derrotas e humilhações.

    • Comentário mais lúcido até agora.

      Falo há mais de uma década que o SP tem que se transformar em uma empresa e ser gerido por profissionais como um Manchester City ou o Manchester United, pois aí o dirigente será responsabilizado civil e criminalmente.

      Muito gasto com categorias de base e pouco retorno desportivo ou financeiro ( quem se beneficia com esta má gestão ?)

      Dezenas de jogadores ridículos contratados nos últimos anos e mantidos em folha salarial, mesmo emprestados.

      Afinal, quanto o SP gasta com Cotia e profissionais não aproveitados ?

      Temos que virar clube empresa urgentemente. Mas sem seguir os planos do atual presidente.

      A marca SP tem de ser licenciada e cedida a profissionais estrangeiros que venham com muita grana e disposição a reerguer o SP. Infelizmente viramos um time médio.

      O presidente Leco e sua turma que vem desde o JJ fiquem longe do futebol e dirijam tão somente a parte social.

      Senão viraremos um Vasco da Gama, ou pior, uma Portuguesa.

  17. Espero que contra as coloridas entre com o time bem diferente… está na hora , se não de trocar o esquema, mas trocar peças. Luan e Liziero na volancia, Arboleda eh titular… dar uma chance pro Perri ou Jean. . Jogar os 10 últimos … título ja era Mesmo, poe molecada pra jogar. Toró , Caique, Helinho, Antony… no mínimo entrando no segundo tempo ! Agora não há mais espaço pra covardia … ou coloca esse time pra jogar bola ou 6 lugar é lucro.

  18. Raí, Lugano, Ricardo Rocha e Aguirre entreguem os cargos, acabou o projeto de passar pano para o leco enganado a torcida.

  19. Nunca fiz isso na minha vida, mas quando vi o Arboleda no Banco e o Fraquíssimo Caio na direita desisti de assistir o jogo.
    Como o Aguirre gosta de complicar o fácil. Será que a validade dele acabou ?
    Com as contusões no ataque nos jogos anteriores era hora de testar o Caique, Toro, Brener e Helinho. Apostar na garotada e ganhar sangue novo no time.
    Ele preferiu se acovardar.

    • Jogou o titulo fora quando deixou de fazer isso. Agora vamos ver se coloca a molecada pra garantirmos no mínimo uma vaga direta pra Libertadores, ficando em 4 lugar.

  20. Não negociamos o Fraquíssimo Caio, ele voltou no returno e o resultado taí.
    Esse cara precisa sumir do clube. É a cara da derrota.

  21. Não estou um pouco nervoso, ainda estou fulo da vida!! Escolhas incompreensívas do Aguirre. Time que só levanta bola na área. Não tem mais nada. Pega bola e joga pro DS dominar ou Carneiro. É uma pobreza técnica absurda, e sabemos que com outras peças o time pode render mais. Aguirre vem sendo nos últimos 10 jogos oq foi no Inter e no CAM, pardal!!! Pra mim basta, chegou no limite, que antevia antes do jogo do América. Pra mim também não renovo contrato ano que vem de jeito nenhum. Que vão atrás de um técnico de verdade, Renato Gaúcho, Abel, Mano Menezes, Carile, não sei… Mas chega de professor pardal!!

  22. É triste, amigos. Só isso. Como nosso time se deixou a ir nesse patamar? Como a gente nos deixamos sermos humilhados por um time que não passa de uma lavanderia de dinheiro? É realmente triste, amigos são paulinos

  23. Casamento com Aguirre está começando a azedar. …ano vem mesma ladainha. ..reformulação, agredeço pir ele ter devolvido dignidade porém é limitado, não tem ousadia. Acho que a renovação dele emperrou.

  24. Falo há mais de uma década que o SP tem que se transformar em uma empresa e ser gerido por profissionais como um Manchester City ou o Manchester United, pois aí o dirigente será responsabilizado civil e criminalmente.

    Muito gasto com categorias de base e pouco retorno desportivo ou financeiro ( quem se beneficia com esta má gestão ?)

    Dezenas de jogadores ridículos contratados nos últimos anos e mantidos em folha salarial, mesmo emprestados.

    Afinal, quanto o SP gasta com Cotia e profissionais não aproveitados ?

    Temos que virar clube empresa urgentemente. Mas sem seguir os planos do atual presidente.

    A marca SP tem de ser licenciada e cedida a profissionais estrangeiros que venham com muita grana e disposição a reerguer o SP. Infelizmente viramos um time médio.

    O presidente Leco e sua turma que vem desde o JJ fiquem longe do futebol e dirijam tão somente a parte social.

    Senão viraremos um Vasco da Gama, ou pior, uma Portuguesa.

  25. Falo há mais de uma década que o SP tem que se transformar em uma empresa e ser gerido por profissionais como um Manchester City ou o Manchester United, pois aí o dirigente será responsabilizado civil e criminalmente.

    Muito gasto com categorias de base e pouco retorno desportivo ou financeiro. Quem se beneficia com esta má gestão ?

    Dezenas de jogadores ridículos contratados nos últimos anos e mantidos em folha salarial altíssima, mesmo emprestados.

    Afinal, quanto o SP gasta com Cotia e profissionais não aproveitados ?

    No nosso plantel atual há inúmeros jogadores de série B e até C com salários e custo de aquisição altos. Quem se beneficia com esta má gestão ?

    Não são somente o trio Rai, Lugano e RR ou o técnico Aguirre que darão jeito no SP.

    É necessário muito mais.

    Temos que virar clube empresa urgentemente. Mas sem seguir os planos do atual presidente.

    A marca SP tem de ser licenciada e cedida a profissionais estrangeiros que venham com muita grana e disposição a reerguer o SP. Infelizmente viramos um time médio.

    Que o presidente Leco e sua turma que vem desde o JJ fiquem longe do futebol e dirijam tão somente a parte social.

    Senão viraremos um Vasco da Gama, ou pior, uma Portuguesa.

  26. Hoje o Diego Aguirrefoi uma decepção completa,porem não foi a unica coisa inaceitavel na atuação do São paulo;a falta de competitividade exibida pela maioria do elenco foi totalmente inesperada e incompreensivel,O Rai deve descobrir as razões da apatia do time e tomar medidas imediatas para saná-las.Aguirre contra um time que ganha 80 % dos seus jogos em bolas aereas,voce comete a burrice de deixar Arboleda no banco.Faça-me o favor.

  27. Falo há mais de uma década que o SP tem que se transformar em uma empresa e ser gerido por profissionais como um Manchester City ou o Manchester United, pois aí o dirigente será responsabilizado civil e criminalmente.

    Muito gasto com categorias de base e pouco retorno desportivo ou financeiro. Quem se beneficia com esta má gestão ?

    Dezenas de jogadores ridículos contratados nos últimos anos e mantidos em folha salarial altíssima, mesmo emprestados.

    Afinal, quanto o SP gasta com Cotia e profissionais não aproveitados ?

    No nosso plantel atual há inúmeros jogadores de série B e até C com salários e custo de aquisição altos. Quem se beneficia com esta má gestão ?

    Não são somente o trio Rai, Lugano e RR ou o técnico Aguirre que darão jeito no SP.

    É necessário muito mais.

    Temos que virar clube empresa urgentemente. Mas sem seguir os planos do atual presidente.

    A marca SP tem de ser licenciada e cedida a profissionais estrangeiros que venham com muita grana e disposição a reerguer o SP. Infelizmente viramos um time médio.

    Que o presidente Leco e sua turma que vem desde o JJ fiquem longe do futebol e dirijam tão somente a parte social.

    Senão viraremos um Vasco da Gama, ou pior, uma Portuguesa.

  28. Quando é que o inútil Departamento de Futebol do São Paulo, irá enxergar que o Palmeiras paga P$remiação E$xtra em vitórias contra o São Paulo???
    O que acontece?
    Muitos tratam o São Paulo como inimigo e quer vencer o São Paulo. Foi isso com o Andrés Sanchez, foi isso com o Paulo Nobre.
    Já o São Paulo igual aquele menino medroso da sala de aula, aceita ficar apanhando de todo mundo.
    Não se toma uma atitude, providência.
    Que saudade do Fernando Casal de Rey que peitava a Parmalat.
    Sem atitude por parte do São Paulo, já que estamos apanhando da Crefisa desde 2015.
    Vamos apanhar.
    Em 2019
    2020
    2021
    2022
    2023
    2024
    2025
    e assim vai.

  29. E tenho dito, um treinador que mais tem medo de perder, do que vencer, não pode ser treinador dum clube da grandeza do São Paulo! Certo que ele em um momento delicado fechou a casinha, organizou o time e trouxe confiança com um futebol aguerrido, é feijão com arroz. Agora muito a mim surpreende ele dizer que ELE está surpreso pq o time não consegue evoluir, como assim? Qual time evolui na mão de um treinador limitado? O São Paulo é simplesmente a cara do Aguirre, é um time limitado, e nem falo em termos de elenco, pq se o elenco é reduzido, o próprio disse querer elenco enxuto, pq confiava nas peças que tinha, pois bem, se vire gênio. Aguirre em um planejamento pra 2019 é retrocesso na certa, pois não tem sequer peito de sacar do time um goleiro horroroso, só pra não desagradar o elenco, essas coisas não entram na minha cabeça, desde quando tem que ficar agradando jogadores pro clima ser bom? Clima bom é salário na conta e vergonha na cara, ninguém precisa ser amiguinho de ninguém não, tem é que ter vergonha na cara e fim de papo! Outro ponto, Aguirre é tão covarde, que sequer tem coragem de apostar em garotos em posições carentes, ele prefere fazer zagueiro ser lateral, e lateral ser ponta, justo quando pode-se usar os jovens, pois não se usa pra resolver um problema técnico, e sim uma ausência, enfim, muito obrigado Aguirre, mas pra 2019, Jardine é o cara.

  30. Jogo passado falei que esse sao paulo e time pra terminar em quinto, mais estou receoso, galo e cruzeiro ainda podem passar a gente.
    Aguirre perdeu o elenco, tem coisa de vestiario. o time está rachado, o elenco nao acredita mais nas invençoes do treinero.

  31. Medroso, covarde, perdedor. Sempre fui contra este meia boca ser tecnico do meu time, mas quando comecou a ganhar achei melhor parar de criticar. Na entrevista deixpu1 claro que queria o empate para quem sabe conseguir um golzinho. Vá ser tecnico da selecao do Uruguay que voce ganha mais (e nós tambem).

Deixe uma resposta