Régis está fora dos treinos do São Paulo desde o fim da semana passada e terá seu futuro avaliado pela diretoria tricolor nos próximos dias. O lateral-direito novamente tem problemas pessoais e, por isso, está afastado das atividades.

Contratado do São Bento depois do Campeonato Paulista, Régis teve seu contrato suspenso por conta de problemas pessoais no dia 11 de junho deste ano. Um mês depois, no entanto, ele foi reintegrado e voltou a treinar no clube.

Depois de jogar duas rodadas pelo time de aspirantes do São Paulo para recuperar o ritmo de jogo, Régis voltou a ter chance com Aguirre na vitória sobre o Ceará, na segunda rodada do segundo turno do Brasileirão.

O lateral-direito, na sequência, atuou contra Fluminense (fez a jogada do gol de empate), Atlético-MG (marcou gol contra), Bahia e América-MG. No último fim de semana, ele já não foi relacionado para o duelo com o Botafogo.

A diretoria discute internamente, agora, o que fazer com o jogador. Lá atrás, quando suspendeu o contrato de Régis, o São Paulo deu suporte para que ele resolvesse os problemas pessoais. O jogador tem vínculo com o Tricolor até abril de 2019.

GE