Autor do primeiro gol do São Paulo no empate por 2 a 2 diante do Botafogo, no Engenhão, em jogo da 27ª rodada do Brasileirão 2018, Diego Souza teve a chance de garantiu a vitória do Tricolor, mas viu o goleiro do Fogão operar um milagre numa finalização à queima-roupa aos 49 minutos do segundo tempo

“Eu vim decidido [pra chutar]. A bola estava no alto e vim para empurrar para dentro do gol e ele [Saulo] teve a felicidade de se esticar. Acho que a bola bater e não entrar é muita falta de sorte“, declarou o camisa 9 são-paulino na saída do gramado ao canal Premiere.

“A gente merecia [vencer]. Depois de empatar o jogo, sufocamos o Botafogo o segundo tempo inteiro e não deixamos eles saírem. Merecíamos sair vitoriosos“, acrescentou.

O empate no Rio de Janeiro fez o São Paulo perder a liderança para o rival Palmeiras e despencar para a terceira colocação na tabela de classificação do Brasileirão 2018. Questionado se o torcedor são-paulino deveria se preocupar, Diego Souza negou e lembrou que o time do Morumbi ainda tem confrontos diretos contra Palmeiras e Inter e tudo pode mudar.

“Não. Preocupação sempre existe, mas temos que pensar pelo lado positivo. Nós temos um confronto direto dentro de casa com o apoio do nosso torcedor e o espirito hoje foi muito bom. Temos que manter. Depois, temos outro confronto. Então, nossa equipe está bem viva no campeonato“, finalizou.

Na próxima rodada do Brasileirão 2018, o Tricolor Paulista enfrenta o Palmeiras, no estádio do Morumbi, e tem a semana cheia para trabalhar ajustes e recuperar jogadores que ficaram fora de campo por lesão, como o meia-atacante Everton.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro
Data: 30 de setembro de 2018, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
Público: 18.403 pagantes e 19.976 presentes
Renda: R$ 285.760,00
Cartão Amarelo: Gustavo Bochecha (Botafogo); Anderson Martins e Liziero (São Paulo)
Cartão Vermelho:
Gol: BOTAFOGO: Jean, aos 4, e Kieza, aos 24 minutos do 1º tempo; SÃO PAULO: Diego Souza, aos 7 minutos do 1º tempo, e Gonzalo Carneiro, aos 16 minutos do 2º tempo

BOTAFOGO: Saulo; Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean (Matheus Fernandes), Rodrigo Lindoso e Gustavo Bochecha; Erik (Rodrigo Pimpão), Kieza (Brenner) e Luiz Fernando
Técnico: Zé Ricardo

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Peres (Liziero), Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar (Carneiro); Jucilei, Hudson e Nenê (Rodrigo Caio); Joao Rojas, Diego Souza e Reinaldo
Técnico: Diego Aguirre

Torcedores.com