São Paulo é dependente de Everton? Aguirre diz que não; veja números com e sem o jogador

Meia-atacante se recupera de um desconforto na coxa e é dúvida para pegar o Botafogo

Everton é dúvida no São Paulo para enfrentar o Botafogo, domingo, às 16h, no Engenhão. Ele correu em ritmo muito leve e fez exercícios sem bola no campo na última terça-feira.

O técnico Diego Aguirre disse que a volta de Everton vai depender do próprio jogador. Nos bastidores, há descrença e muita cautela em relação ao retorno para o duelo.

Everton sequer iniciou o trabalho de transição do Reffis ao gramado, pois não foi liberado para treinar com a preparação física. O jogador evoluiu, mas ainda sente dores e está sob a supervisão da fisioterapia.

De qualquer maneira, o desfalque de Everton levantou a questão sobre a dependência do São Paulo ao seu futebol (veja números abaixo).

Números do São Paulo com e sem Everton

Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Com Everton 20 11 7 2 66,6%
Sem Everton 6 3 2 1 61,1%

Veja a opinião de Aguirre sobre o assunto:

– Não… Um dos nossos melhores jogos, contra o Corinthians (vitória por 3 a 1, com Reinaldo na função de ponta), ele não estava. Acho que é um jogador importante, mas não é bom depender de um jogador só. Mas logicamente é um jogador que joga muito, que dá equilíbrio ao time, que sabe o que faz, tem experiência. Estamos querendo que volte, obviamente, mas não estamos pensando em dar essa explicação porque o São Paulo não ganhou. Não é só isso. É muita coisa.

Internamente, o São Paulo admite não ter um jogador com as características de Everton para suprir sua ausência. Reinaldo e Everton Felipe já foram usados por Aguirre na função.

Everton sentiu o estiramento na coxa esquerda diante do Ceará, no dia 26 de agosto. Depois, ele desfalcou o São Paulo contra Fluminense (1 a 1), Atlético-MG (derrota por 1 a 0) e Bahia (vitória por 1 a 0).

O meia-atacante, então, retornou no clássico diante do Santos (0 a 0), mas voltou a sentir um descoforto numa região 15 centímetros abaixo da lesão original e acabou substituído. Everton foi submetido a exames, mas não foi detectada lesão. Ele ficou novamente fora no empate por 1 a 1 com o América-MG, sábado, no Morumbi.

Agora, Aguirre disse que a decisão sobre a volta ou não de Everton será tomada entre quinta-feira e sexta-feira.

– Chega um momento que não posso passar por cima do que ele está sentindo. Então, Everton, como está? Vai jogar? Joga. Ainda não? Precisa de mais um dia, dois dias? Tudo bem. Não podemos forçar uma situação, porque ele sabe melhor do que ninguém como está se sentindo.

Apesar da dúvida sobre Everton, Aguirre poderá contar com a volta de Bruno Peres (recuperado de estiramento no adutor direito), Rojas e Bruno Alves (cumpriram suspensões). Arboleda está fora por suspensão.

Everton em números pelo São Paulo

  • Líder em assistências no Brasileirão, com seis passes, ao lado de Dudu (Palmeiras), Ricardo Oliveira (Atlético-MG), Luan (Grêmio) e Hyoran (Palmeiras).
  • Cinco gols marcados em 22 jogos (é o quarto goleador do elenco na temporada)
  • Sofreu dois pênaltis

GE

19 comentários

  1. Vendo o jogo das porcas, estão sendo eliminados, tomara que o Aguirre esteja assistindo e entendendo o estilo de jogo que o Cruzeiro impõe, forte marcação e saída rápida pelas larerais, jogando nas costas do Marcos Rocha, bem postados, com uma vantagem o jogo flui melhor. Se o SP conseguir fazer o mesmo no Morumbi, uma vitória será bem possível.

  2. De verdade, essa travecada tem pacto com o “coisa ruim”.. kkkkk… Acabaram de colocar um menino que subiu da base e ele anotou um gol… E eu secando aqui…

  3. O SP precisa aproveitar o momento, semana que vem as porcas terão um jogo praticamente ganho na quarta, e sábado joga no Morumbi. A condição física tem que pensar a forvor do SP, somar 3 pontos domingo e esperar, com um ótimo preparado e o retorno do Everton.
    Acho que o SP tem condições de vencer.

Deixe uma resposta