Helinho, Igor Gomes e Antony: Reforços da base no São Paulo

O São Paulo anunciou nesta quarta-feira a promoção dos meias-atacantes Igor Gomes, Helinho e Antony ao elenco profissional. Antes do treino desta manhã, o técnico Diego Aguirre reuniu o grupo em campo e informou sua decisão. Gomes já vinha trabalhando há mais tempo no CT da Barra Funda, mas ainda não havia sido oficializado como membro do time principal.

Helinho e Antony foram aplaudidos pelos novos companheiros. Igor Gomes, ao lado de Luan e Brenner, chegou um pouco mais tarde no gramado, pois defendeu o time sub-23 na vitória por 2 a 0 sobre o América-MG, na última terça, no Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro de Aspirantes.

Em agosto, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva, Aguirre revelou que subiria três atletas da base ainda em 2018, mas não quis revelar os nomes de dois deles, confirmando apenas o de Igor Gomes. Nesta quarta, o treinador passou a contar com o trio de forma efetiva.

“Estamos trabalhando em conjunto com a base, e um dos objetivos é de que os meninos façam parte da equipe principal. Como os três que subiram agora, tem outros, como Toró, que é possível fazer parte em breve. Nós precisamos desses meninos, são jogadores importantes para o processo de crescimento do clube”, analisou o uruguaio, em entrevista ao site oficial do clube.

Vice-campeões da Copa São Paulo deste ano, os três chegam para sanar algumas carências do elenco. Helinho e Antony são pontas velozes, enquanto Igor Gomes pode atuar mais centralizado. Em um momento como este, em que Everton se recupera de uma fibrose na coxa, o trio pode ser útil.

“Helinho e Antony são jogadores rápidos, de um contra um, muito habilidosos, tenho certeza que serão jogadores importantes para o São Paulo. O Igor Gomes é um meio-campista de bom jogo, bom passe. Os três são jogadores que estão preparados para crescer e engrandecer o time”, disse.

Dos três, Igor Gomes é o único a ter sido relacionado para partidas do time profissional, mas ainda não estreou. Eles já estão à disposição para o duelo deste domingo, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro.

FICHA TÉCNICA:

Antony Matheus do Santos

Camisa: 39

Nascimento: 24.02.2000

Monitorado pelo São Paulo desde 2011

Títulos na base: Aspire Tri-Series Sub-17(2017), Campeonato Paulista Sub-17 (2016), Copa do Brasil Sub-20 (2018), Copa Ouro da APF Sub-17, (2016), Copa Ouro da APF Sub-20 (2017), Copa RS Sub-20 (2017), Salvador Cup Sub-17 (2016) e Taça Belo Horizonte (2017)

Helio Junio Nunes de Castro

Camisa: 37

Nascimento: 25.04.2000

Monitorado pelo São Paulo desde 2012

Títulos na base: Aspire Tri-Series Sub-17 (2017), Campeonato Paulista Sub-17 (2016), Copa do Brasil Sub-20 (2018), Copa Ouro da APF Sub-17 (2016), Copa RS Sub-20 (2017), Salvador Cup Sub-17 (2016), Taça Belo Horizonte (2016 e 2017)

Igor Silveira Gomes

Camisa: 26

Nascimento: 17.03.1999

Monitorado pelo São Paulo desde 2009

Títulos na base: Campeonato Paulista Sub-15 (2014), Campeonato Paulista Sub-17 (2016), a Taça BH Sub-17 (2016), a Copa do Brasil Sub-20 (2016 e 2018), a Copa Ouro da APF Sub-20 (2017) e a Copa RS Sub-20 (2017).

GE

12 comentários

    • Márcio, eu não acho ruim escalar o Edmar lá atrás e o King na frente, pois deixa o lado esquerdo mais protegido do que escalar o Liziero atrás na esquerda por exemplo…

      Que falta que o Everton tá fazendo…

    • Se deixaram ele ter uma sequência até pode, mas o Aguirre aparentemente não gosta muito de jogadores “verdes”…

      Shaylon pode dar mais volume de jogo no meio de campo e mal joga…Caique e Brenner tava jogando nos aspirantes, Boia e L. Fernandes foram ganhar cancha na Europa…

      Grande parte da torcida não tem paciência e já quer o atleta da base chegue “voando” e matando os jogos, sem a necessária maturação…

      • Na boa, o Shaylon toda vez q entra parece q tá com uma lombriga no estomago….já entra cansado…..não tem postura de jogador que quer ganhar alguma coisa….

  1. Agora é só botar os guris para jogar, caso estejam realmente prontos para o rojão de final de campeonato!!!!
    E hj tô apostando que gambás e peppas vão chorar abraçadinhos depois dos seus respectivos jogos hehehe

  2. Antony e Helinho são muito bons, lisos, drible fácil, velozes. Será que se entrassem numa partida jogariam pior que o Everton Filipe? Creio que não. Coloca os moleques pra jogar, Aguirre.

  3. Fala Aguirre sou um torcedor do são Paulo amo este Club. Aguirre olha para esses garotos com mais carinho e a melhor saída em vez eu sei que esses garotos tem muitas qualidades em vez de tá travando o time com alguns jogadores que não querem nada o são Paulo fc. tem uma base espetacular.

Deixe uma resposta