Everton corre no gramado, mas ainda é dúvida no São Paulo: “Vai depender dele”, diz Aguirre

Everton apareceu para correr no gramado durante o treino do São Paulo nesta terça-feira, no CT da Barra Funda. O meia-atacante, que se recupera de um desconforto muscular na coxa esquerda, no entanto, iniciou a atividade desta manhã no Reffis, sob supervisão do departamento médico.

Apesar de os exames realizados na segunda-feira não terem apontado lesão, Everton ainda sente dores. E ele só será liberado clinicamente depois que essas dores passarem.

Por enquanto, então, Everton é dúvida para o jogo de domingo, contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, pelo Brasileirão. O técnico Diego Aguirre tomará a decisão sobre aproveitá-lo ou não entre quinta-feira e sexta-feira.

– Tem chance de ir para esse jogo (contra o Botafogo). Se não for, certamente estará no próximo (contra o Palmeiras). Vai ser uma decisão mais dele do que nossa, dependendo de como ele se sente – disse Aguirre, lembrando que o quadro clínico de dor é que vai definir ou não a escalação.

Na vitória por 1 a 0 sobre o Ceará, na 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, Everton deixou o jogo com um estiramento na coxa esquerda. Recuperado, ele voltou no clássico com o Santos (0 a 0), mas saiu ainda no primeiro tempo por ter sentido um fibrose de antiga lesão na mesma coxa.

Desde então, o meia-atacante segue em tratamento. O departamento médico está cauteloso em relação ao retorno de Everton justamente para evitar que ele sinta novamente.

Nesta segunda-feira, além de correr, Everton fez exercícios sem bola sob a supervisão do fisioterapeuta Bruno Nestlehner. Não se trata de um trabalho de transição do Reffis para o gramado. Isso só ocorre quando o atleta é liberado para treinar com os preparadores físicos.

Quem de novo treinou normalmente foi Bruno Peres. O lateral-direito está recuperado de lesão na coxa direita e deve ser reforço contra o Botafogo, assim como o atacante Rojas e o zagueiro Bruno Alves, que voltam de suspensão. Arboleda, por outro lado, está fora pelo terceiro cartão amarelo.

No treinamento desta manhã, o técnico Diego Aguirre, como de costume nas atividades abertas, não deu nenhuma pista do provável time para domingo. O elenco foi completado por sete atletas da base, em atividade técnica e tática.

GE

5 comentários

    • Duro e a personalidade. Molecada de 18 anos hoje é bem mais imatura do que eram os jovens de 15 anos atrás. Fruto deste excesso de proteção dos empresários, muito vídeo game, rede social e falta de convivência com umas profissionais do prazer…rs

  1. Se não der para o Everton, paciência, que esteja em forma e inteiro para os jogos decisivos contra Palmeiras e Inter. Mas contra o Botafogo, o outro Everton, o Everton Felipe, que veio do Sport, jogue e mostre a que veio. Por que até agora não mostrou nada. Pode ser a sua oportunidade. Que seja e nos faça felizes.

Deixe uma resposta