Hora e a vez de Perri?

Amigos Tricolores.

Criticar o nosso goleiro Sidão é “chover no molhado”. Sem dúvidas, assim como era Denis, Sidão não tem a menor condição de ser titular de um time que já teve Zetti, Sergio Valentim, Gilmar, José Poy, Rogério Ceni entre outros grandes goleiros. Pode ser um cara de grupo, amigo dos jogadores e bom caráter, isso, eu nem coloco em discussão, pois não o conheço pessoalmente, entretanto, na minha visão ele não tem talento para jogar no São Paulo FC. E isso me preocupa.

Jean solução?

No começo do ano, eu não gostei de ver o São Paulo pagando 10 milhões de reais em um jovem goleiro do Bahia. Eu pouco acompanhava os jogos do time baiano para ter uma opinião formada sobre o goleiro, mas na minha visão, 10 milhões por um goleiro é muito dinheiro.

O São Paulo tem pessoas capacitadas como Raí, Ricardo Rocha, Carlos entre outros da comissão técnica para avaliar o potencial de um jogador, infinitas vezes melhor que eu. Resolvi acreditar e confiar, na avaliação deles, entendendo que precisávamos de outro goleiro. Urgente!

Nas poucas vezes que Jean entrou em campo, não acrescentou muito, não deu a confiança necessária e teve mais repercussão suas brigas pelas Redes Sociais com Sidão do que por suas defesas. Para mim, goleiro tem que brigar – no bom sentido – nos treinos para ser o titular e não pelas Redes Sociais.

Jean ainda não teve uma sequencia de jogos para provar que ele merece ser titular do São Paulo, mas a pergunta que fica é “no treinos ele mostra que está melhor que Sidão?”. Não acho que Sidão seja protegido de Aguirre e por isso é titular, mas talvez, nos treinos ele esteja com performance superior a Jean. Treino decide quem entra em campo. Aguirre parece ser muito sério e coerente para proteger qualquer jogador.

Perri é a solução?

Pelo pouco que vi do jovem Lucas Perri na base, ele tem um enorme potencial. Alguns torcedores, que tem acesso ao CT postam nas suas Redes Sociais defesas do goleiro, mas há de se pensar que durante 6 ou 7 horas de treino, Perri, Jean e Sidão farão defesas e tomaram gols. Não podemos analisar e pedir Perri no gol do São Paulo por causa de um vídeo. É preciso analisar sua sequencia nos treinos e sem dúvida colocar ele para jogar, aliás, analisar o seu momento, sua cabeça, sua confiança para assumir o gol de um time que até outro dia tinha o maior ídolo da história como titular.

Jogador tem que jogar!

“Jogador é jovem e pode ser queimado”.

Quantas vezes se ouve isso por dia? Essa frase pode até ter sua razão, mas nem sempre ela é uma verdade. Lucas Moura, estourou no São Paulo muito jovem, precocemente, foi embora, não vingou em Paris e está estourando na Inglaterra, mais maduro e experiente. David Neres, começou bem no São Paulo, também, de forma precoce foi embora e se adaptou rapidamente a Holanda, onde é destaque do Ajax. Militão foi outro, entrou no São Paulo cedo, com grande personalidade e deu conta do recado, com personalidade, já Luiz Araujo sumiu na França. A idade pode pesar para uns, mas para outros não, entretanto, não é apenas nos treinos que é possível avaliar isso. É preciso colocar o jogador em campo.

Chance ao Perri

Por tudo o que leio e vejo dele nos treinos, na minha opinião, Perri poderia já ter oportunidades. O São Paulo fará jogos com times na ponta de baixo da tabela como América, Vitória, Sport e esses seriam jogos para colocar Perri e testar, ver como ele se comporta em campo, se vai ficar nervoso, se vai cometer erros primários ou se vai assumir a responsabilidade, vestir a camisa, fechar o gol para nunca mais sair.

O campo da hipótese é vasto, por isso, é preciso colocar em campo o goleiro e ver como ele vai se comportar. Ele pode ir bem, pode ir mal. Faz parte do jogo. Pode ir mal e ser mais treinado e no ano que vem, se superar, pode ir bem e no ano que vem, cair de produção. Tudo isso é a “regra do jogo” mas reforço, não é no banco de reservas que ele poderá ser avaliado.

Pode ser que, indo mal, ele acabe sendo esquecido, emprestado, vendido, mas de fato, isso não há como saber agora. Perri precisa que ser testado, mesmo porque, os que estão a sua frente, não estão passando a confiança necessária para o time e torcida.

Todo o grande time começa por um grande goleiro.

E o São Paulo, que sempre teve tradição nessa posição, precisa resgatar para voltar a disputar títulos, algo que hoje, disputamos o Brasileiro, mas sem um goleiro de ponta, como acostumamos ver Zetti e Rogério Ceni, apenas para citar os últimos 30 anos de história do São Paulo FC.

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

26 comentários

  1. América na parte de baixo da tabela? 🤔

    Se o Sidao não der um frango horroroso a là muralha, ele não perde a posição.

    Se acontecer e o Jean não passar confiança talvez o Aguirre d uma oportunidade

  2. Não mesmo, imagina se a gente perde o campeonato por uma pequena falha dele que resulte num empate ou derrota, acabou a carreira do menino. Agora vamos de Sidão mesmo até o fim.

  3. O planejamento pra essa posição foi totalmente equivocado. Mantiveram como titular um cara limitado tecnicamente como Sidão e contrataram um jovem promissor ao invés de apostar no jovem promissor que estava dentro de casa. Agora, ambos não jogam pq não estão prontos e o titular é um zero a esquerda.

  4. Sidão é o nosso Marcio Araújo, todos os técnicos amam, deve se matar nos treinos, mas chega na hora do jogo… mas deixa o Sidão, ele é bom de grupo, só não pode pegar banco porque aí o bom de grupo pode tumultuar (nunca vou entender isso)

  5. Eduardo Affonso

    Verified account

    @eduaffonsoespn
    9m9 minutes ago
    More
    Treino do #spfc reaberto . Daqui a pouco estaremos com Diego Souza ao vivo no #futeboldebate da #espn . INFORMAÇÃO : Liziero , Araruna e Arboleda . As três opções de Aguirre para a vaga de Bruno Peres .

  6. Perri já deveria ter sido emprestado para ganhar bagagem em alguma equipe da série B, como terceiro goleiro dificilmente terá oportunidades.

    • Isso que eu não entendo, como a gente não tem uma parceria com um Paraná Clube da vida?

      A gente colocar um Lucas Perri e outros jogadores que vira e mexe o São Paulo empresta pagando o salário pra Inter, Vasco… Pelo menos lá a pressão seria menor e o cara poderia se destacar.

  7. entre os grandes goleiros faltou o Valdir Perez… mas o Jean nao deve estar passando confianca nos treinos e/ou o tecnico nao quer quebrar a lideranca/ influencia positiva no grupo que ele possue por um goleiro que nao eh tao melhor assim tecnicamente.
    outro fator eh os incentivos associados a compra do Jean proporcionais as escalacoes como titular – uma coisa meio estranha ….

  8. Fazer experiência nessa altura do campeonato não dá certo.
    Essa rodagem do Perri e Jean tem que ser no Paulista.
    Sidão é péssimo, mas colocar os outros nesse momento de pressão e ainda sem confiança, pode ser pior.
    Então o negócio é apoiar o time e as decisões do treinador, e vamos vê o que dá…
    Ser campeão seria (ou será – temos ótimas chances) maravilhoso, mas tbm terminar brigando entre os primeiros colocados já seria um feito pra esse time.

  9. É no mínimo desanimador o fato de Jean e Perri não se sobressairem ao Sidão nos treinos,mostra que ambos estão aquém das expectativas e temos que contratar pro ano que vem alguém que chegue e vista a camisa titular.

  10. Dos jogos que vi do Perri na base e na seleção de base, apareceu mais pelas falhas do que pelas defesas… Sinceramente, espero que tenha melhorado… E volto a dizer… Em 2019, na libertadores, precisamos de um goleiro já consolidado…Não seria mais um ano de aposta numa posição tão importante…

  11. Jean merece nova chance… foi bem o último jogo que foi titular… tem muito mais agilidade e reflexo que o sidão.. É só não achar que é o Rogério Ceni com os pés e não querer bater falta que já se firma

  12. Deixa o Big Sid trabalhar, turma do amendoim! Tá loco! Vamos pro estádio apoiar o cara e vamos ser campeões com ele mesmo! No ano que vem, quem sabe, a diretoria se meche e traz alguém de nível superior…por enquanto, vamos de Big Sid e parem de mimimi!

    • Ninguém aqui tem um problema com o Sidão ser nosso goleiro a vida toda, o problema é que a gente tem medo de não ser campeão por causa dele meu caro.

      2 rodadas atrás todos os times da ponta pontuaram por que tem goleiros que fazem defesas difíceis, enquanto nosso time tem um goleiro que faz apenas defesas fáceis e as vezes ainda toma gols bizarros.

  13. A hora de testar o Peeri é no Paulista.
    Por enquanto é melhor deixar como está, se mexer pode azedar de vez o caldo.
    Vamos apoiar o Sidão, pro bem do SPFC.
    O cara com confiança já é meia boca, sem confiança e com vaias vai comprometer mais ainda.
    Já estamos em setembro.

  14. Agora com o campeonato já se aproximando do final, não é hora de testar ninguém, o titular é o Sidão e ponto, mesmo eu não sendo fã dele…
    O Jean não agarrou as chances que teve, e tem o negócio da cláusula tb…
    O Perri é para ter mais chances no ano que vem, em algum momento do Paulistinha, quando estivermos poupando o time para a Libertadores!!!

  15. Não gostei do Lucas Perri…já o vi em ação na seleção e pareceu-me muito frágil. No tricolor também teve muitas falhas, inclusive nessa semana onde quicou fragorosamente em um lançamento nos aspirantes que redundou na primeira derrota do tricolor na competição.

  16. Era para ter contratado outro goleiro antes. Fiquei bem empolgado quando especularam o Rafael (Cruzeiro), mas o SP não fez nenhum esforço. Bateram o pé e apostaram em Sidão, agora é tarde. Vão ter que abraçar mesmo ele dando as pixotadas dele. O que sei é que para o ano que vem eu me livraria de um dos 3 e com certeza não seria o Perri.

Deixe uma resposta para hugo Cancelar resposta