Mais um desfalque para o jogo contra o Galo mas garotos e Anderson Martins vão para o jogo. Veja os 21 relacionados!

O técnico Diego Aguirre, do São Paulo, não poderá contar com Bruno Peres, Rodrigo Caio e Araruna contra o Atlético-MG, nesta quarta-feira, às 21h45, no Independência.

Anderson Martins, por outro lado, está liberado e foi relacionado, assim como dois novos garotos da base: o zagueiro Rodrigo Freitas (20 anos e estreante no profissional), e o centroavante Pedro Bortoluzo (22 anos e que passou por Guarani e Paraná).

Bruno Peres estava em observação no Reffis com dores no músculo adutor direito e foi vetado com um estiramento no local, após a realização de uma ressonância magnética. O lateral-direito não treinou na segunda-feira. Anderson Martins, por sua vez, viajou com o grupo para BH, mesmo após sentir dores na região posterior da coxa esquerda.

Nesta quarta-feira o elenco treinou na academia do CT da Barra Funda, pois uma forte chuva em São Paulo impediu o trabalho no gramado.

Rodrigo Caio (dores no joelho direito, no qual sofreu pancada em um jogo-treino na semana passada) e Araruna (tendinite no calcanhar esquerdo) também viraram baixas. Depois de sentir dores musculares, Gonzalo Carneiro também foi relacionado. Nenê e Jucilei cumpriram suspensões e voltam.

Ou seja, no total serão sete desfalques: Diego Souza (expulso contra o Fluminense), Arboleda (convocado pela seleção equatoriana), Luan (na seleção sub-20), Everton (estiramento na coxa esquerda), Bruno Peres (dores no adutor direito), Rodrigo Caio (dores no joelho) e Araruna (tendinite no calcanhar esquerdo).

Goleiros: Sidão, Jean e Lucas Perri
Zagueiros: Anderson Martins, Bruno Alves e Rodrigo Freitas
Laterais: Edimar, Reinaldo e Régis
Volantes: Jucilei, Liziero e Hudson
Meias: Nenê, Shaylon e Everton Felipe
Atacantes: Tréllez, Caíque, Brenner, Pedro Bortoluzo, Rojas e Gonzalo Carneiro

GE

28 comentários

  1. Ainda do vídeo do Lugano no dewson do Para, este árbitro já estragou vários jogos, pode procurar o nome dele. Galo, Flamengo, Santos, vários times já fizeram reclamações dele. Mas é do estado do coronel nunes, então…

  2. apostando no pragmatistmo do Aguirre: Sidão; Regis, Bruno Alves, Anderson Martins, Regis; Jucilei, Hudson, Nenê; Rojas, Reinaldo; Trellez.

    E de fato, não tem muita alternativa pra mexer no time sem mexer no esquema tático. A não ser deixar o Reinaldo de lateral e entrar com Everton Felipe, Brenner ou o próprio Trellez aberto na esquerda (nesse último caso, com o Carnero de centro avante). Mas acho muito difícil o Aguirre se expor a uma escalação tão alternativa assim num jogo de G6 fora de casa.

      • Em condições normais de jogo, o Everton Felipe é reserva imediato do Nenê. Ele foi contratado pra isso mesmo. Mas de fato deve estar sem a forma física ou ritmo de jogo adequado.

        • Ele teve duas oportunidades, logo que chegou.
          Vendo So os jogos, sem o treino, ele não teve destaque. Então nao faria sentido ele ja ter virado reserva imediato, preterindo outros que ja brigam mais tempo por uma vaga.

          Agora, como nao sou conhecedor do jogador, o estilo dele não é totalmente diferente do Nene? Ele não é mais dinâmico, jogando mais pelas pontas?

  3. Ótima oportunidade de usar o Pedro Bortoluzzo. Está mais experiente por causa do empréstimo e já dá para compor banco em emergências como essa.

  4. Eu não sou de desistir de jogadores.
    O Brenner é filé de borboleta. Em 2009 o Neymar também era. O Neymar era pífio em 2009.
    Mas vai amadurecer, ele Brenner.
    Da base, estão no banco o Brenner e o Pedro Bortoluzo.
    2 jogadores que eu gostava na base.
    Homens de área.
    Sei lá, como um Careca talvez, um Serginho Chulapa, um França, um Ricardo Oliveira.
    Eu queria que esses dois fossem garimpados.
    Vão treinando.
    Quando chegar a oportunidade, o Técnico escala.
    Se o São Paulo obter mais entrosamento (não tiver desmanche), um time bastante Técnico (as peças que temos, não são brucutus), bem treinado, será possível escalar esses meninos sem preocupação.
    Tudo bem explicado, pode ser formado um setor sem carências: O ataque: Trellez, Carneiro, Brenner, Pedro Bortoluzo, Nenê.

    • Concordo totalmente. Apesar dos dois terem características diferentes(um mais rapido, saindo mais, outro que sabe fazer o pivo, aquele cara q “resolve” dentro da área), consigo ver potencial nos dois.
      Alem deles, gostaria de ver o Joao Paulo por aqui novamente….

  5. Dava pra testar o novato Rodrigo na lateral direita, como foi feito com o Militão. Mas da base, o Tuta fazia melhor essa função, Pena ele não ter sido chamado.

  6. Acho que a linha defensiva com Reinaldo (Edimar), Bruno Alves, Anderson Martins e Régis estará entrosada e bem protegida pela dupla de volantes Jucilei e Hudson. Como é um jogo fora, Trellez e Rojas serão essenciais para o contra-ataque. Aliás, o Trellez aparecer na ponta esquerda e o Carneiro de centroavante não me surpreenderia, mas acho que esse trunfo Aguirre vai guardar para o final do jogo (tentando ganhar bolas aéreas) caso o SP não esteja vencendo.

  7. Nenê bem que podia voltar ‘voltando’ e ter uma atuação semelhante à contra o América no mesmo Independência, o palco do jogo amanha!

  8. Jogaria com o Hudson na lateral, meu time seria:

    Sidão
    Hudson
    B. Alves
    A. Martins
    Reinaldo
    Jucilei
    Liziero
    Nene
    Régis
    Rojas
    Trellez

    Mas confio no trabalho de Aguirre

  9. Só dei uma passadinha pra dizer 2 coisinhas…

    Orgulhoso ainda com a raça desse time no domingo…

    Tô pressentindo mais 3 pontos a caminho…

  10. Eu escalaria fora de casa e desfalcado assim:

    Sidão
    Régis
    B. Alves
    A. Martins
    Reinaldo
    Jucilei
    Hudson
    Liziero
    Nene
    Rojas
    Trellez

Deixe uma resposta