Posse de bola sobe e dificuldade de furar retrancas é trabalhada por Aguirre no São Paulo

Apesar de ter o contragolpe como uma de suas principais armas, o São Paulo trabalhou para encontrar outras maneiras de superar os adversários. Líder do Campeonato Brasileiro, o Tricolor passou a ver os adversários atuarem mais na retranca nas últimas rodadas. Principalmente nas partidas no Morumbi, os rivais abdicaram de ficar com a posse de bola e tentaram explorar apenas os contra-ataques para surpreender o time de Diego Aguirre.

“A gente sabe que quem vem jogar no Morumbi usa uma formação mais defensiva, e nós precisamos ter paciência, manter o padrão de jogo, de organização e a intensidade que o Aguirre pede, porque o gol pode sair tanto no primeiro minuto quanto aos 90. Por isso, o importante é estar concentrado o tempo todo para fazer uma boa partida e buscar os gols”, disse o zagueiro Bruno Alves.

“Dentro da nossa casa, ninguém é maluco de chegar e querer atacar o São Paulo. O que a gente tem feito dá receio nos adversários. Vamos encontrar equipes bem fechadas e temos que estar preparados para isso”, completou Diego Souza.

Tal postura dos adversários pode ser comprovada até mesmo pela posse de bola. No primeiro turno do Brasileiro, o Tricolor fechou com média de 47,6% de posse nas partidas. Já na abertura do returno, contra o Paraná, fora de casa, o time ficou com 55% do tempo a bola. Já na vitória sobre o Ceará, o domínio subiu para 60%.

“A gente precisa se expor, deixar alguns espaços que são normais. É manter a humildade e os pés no chão para encarar cada jogo como uma decisão”, afirmou Bruno Alves.

Disputa interna

Outra característica o trabalho de Aguirre é oportunidade que ele dá aos jogadores para mostrar serviço. Na zaga, por exemplo, a disputa por posição é acirrada entre Anderson Martins, Arboleda, Rodrigo Caio e Bruno Alves.

“O Aguirre já deixou bem claro que tem jogo que ele vai usar um, e em outros vai mudar os jogadores. Essa maturidade do nosso time que vem nos fortalecendo. Eu não me canso de falar que no nosso time não tem vaidade, pelo contrário, a amizade é muito grande. A gente leva essa amizade para dentro de campo, e quem fica fora torce para quem vai jogar. Isso reflete no sucesso de todos dentro de campo”, destacou Bruno Alves.

34 comentários

  1. Olha o flamengo sofrendo… o q foi q o kleber leite falou msm? Por isso q tem q botar uma mordaca no leco, todos no clube pregando humildade, o mf ja vem com discurso pomposo, piadinha, nao traz nada nada nada de bom!

  2. Flamídia é um time de camisa muito sem peso…

    Coisa linda essa vitória do Ceará.

    Esperando aqueles que criticaram o empate contra o Paraná fora de casa falarem alguma coisa.

    Entendam que tropeços fazem parte da caminhada.

  3. Esse campeonato é nosso rapaziada.. .. vamos fazer a nossa parte hoje…. vamo São Pauloooo …. e o Cruzeiro arruma pelo menos um empate hoje com as coloridas ….

  4. só a procura daquele povo que mandava seguir o Lider… daqueles comentaristas que falavam que o time titular dos outros eram melhor que o nosso, só no cheirinho …

  5. 1) Hoje é dia de abrir vantagem e nadar de braçada.

    2) Vão subir nomes da base e não foram relevados ainda pois a mentalidade mudou e só sobe se renovar o contratinho amigão!

    3) Trazer jovens pra base estimula a disputa interna e fica claro que não conseguimos revelar um 9…

  6. Sete dias atrás tinha uma galera no blog descendo a lenha no SPFC: “não consegue vencer o Ceará”; “olha o sofrimento contra times do rebaixamento”; “Inter e Flamengo estão pedindo passagem”. Lembro mto bem.

    Fica a dica agora: o campeonato é difícil, criticar é fácil. Calma a cabeça. Flamengo fez um jogo igualzinho o do SP, mas tomou no fim e perdeu. Inter foi marcar no Paraná na bacia das almas.
    Tropeçar é normal.

    Abraço!

  7. Botafogo e Vasco flertando com o rebaixamento…
    Flamerda apanhando em casa… Não se recuperou até agora da derrota pro soberano no retorno pós copa..
    Constatação:
    O RJ frertando com o inferno (carnaval, mulatas, drogas, artistas ) acordou agora no colo do capeta!!! Chupa Globolixo do inferno.

  8. Começou bem a rodada pra nós. Uma vitória hoje, e a não vitória do Inter já abrimos, no mínimo, 5 pts do segundo. Enfim, temos que vencer os jogos em casa e tentar pelo menos um ponto contra o CAM. Avante meu tricolor!!

  9. Como eu queria ter o WhatsApp do Mauro Cézar (Zacarias) Pereira só pra mandar aquele Chupa bem grande!

    O cara é torcedor disfarçado de jornalista, se supera a cada dia no clubismo e tem uma capacidade incrível de falar merda.

  10. Sou a favor de deixar a bola com o adversário, do mesmo jeito… se eles retrancam, retranqueiro mais…
    não critico a tentativa de melhorar o time. Falo por medo de acabarmos mudando nosso jeito de jogar e sair do q vinha dando certo.

Deixe uma resposta