Morumbi cada vez mais perto de ser a abertura da Copa América 2019!

Nos próximos dias, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) deverá anunciar a realização da Copa América do ano que vem em dois estádios de São Paulo, uma das cidades-sede do evento. Morumbi, do São Paulo, e Allianz Parque, do Palmeiras, vão receber as partidas da competição que a seleção brasileira não ganha desde 2007, na Venezuela. A tendência é a capital paulista receber até cinco partidas e ser uma das duas cidades a ter duas sedes da competição. A outra é Porto Alegre.

Além de São Paulo e Porto Alegre, o torneio será realizado em Belo Horizonte (Mineirão), Salvador (Fonte Nova) e Rio (Maracanã) entre 7 e 30 de junho. A Conmebol afirma que ainda não tem definições sobre a tabela ou sedes, porém prevê organizar o sorteio dos grupos no fim deste ano, entre novembro e dezembro. A Copa América terá a presença dos dez países da América do Sul e mais os convidados Japão e Catar.

A Arena Corinthians também era candidata a receber jogos, mas na última semana o presidente do clube, Andrés Sanchez, recusou ser sede por considerar ser pouco lucrativo. A decisão deixou caminho livre para Morumbi e Allianz Parque.

Fontes ligadas aos dois estádios confirmam que a expectativa é de os locais receberem as partidas da competição. Nesta semana, o Estado visitou o Morumbi para acompanhar os projetos de reforma e constatou no clube a expectativa em sediar a Copa América. “Nós estamos no páreo. Quando consultados, respondemos e entregamos toda a parte da documentação que o Comitê Gestor solicita. Agora, estamos na expectativa da divulgação”, disse o diretor de estádio do São Paulo, Rafael Palma. “Acho que há possibilidade de São Paulo receber duas sedes, assim como Porto Alegre”, completou.

O Morumbi seria favorito para ser o palco da abertura. O estádio tem como atrativo principal sua maior capacidade, para pouco mais de 60 mil pessoas, e a disposição do clube de fazer reparos para o torneio. Também pesa a vontade do futuro presidente da CBF, Rogério Caboclo, que é são-paulino, em colocar o Morumbi na disputa.

Nos últimos meses, o Allianz recebeu a visita de dirigentes da Conmebol para inspeções. Os representantes da entidade gostaram da estrutura moderna da arena e aprovaram a realização no local, no ano passado, do jogo entre Brasil e Chile, pelas Eliminatórias da Copa da Rússia. Para a ocasião, o estádio passou por reparos de adequação, como a construção de nova tribuna de imprensa.

A CBF, por sua vez, ainda não se manifestou sobre as sedes da Copa América de 2019 e afirma que a escolha é toda da Conmebol. Porém, nos últimos dias, os contatos por e-mail entre CBF e responsáveis pelos estádios se intensificaram. Em Porto Alegre, as sedes serão a Arena Grêmio e o Beira-Rio, do Inter.

CUSTO

A Conmebol não quer fazer grandes investimentos na Copa América. Possíveis obras, por exemplo, serão de responsabilidade dos gestores dos estádios. A entidade apenas admite investir cerca de R$ 200 mil em cada sede para o “envelopamento” das arenas, com adesivos, banners e imagens padronizadas em todos os locais de jogos, como já é feito em eventos como a Copa do Mundo. A adoção de uma identidade visual será uma das novidades nesta edição.

Estadão

19 comentários

  1. As possíveis melhorias deveriam ter em vista, apenas o conforto da torcida tricolor e o aperfeiçoamento das condições de uso do nosso estádio.

    Toda justificativa da “possibilidade” desta copinha …, parece exagerada e carece de melhores fundamentações.

    E vida que segue …, seguindo o roteiro.

  2. Não gosto dessa informação,, A Commebol não faz investimento algum,, faz uma serie de exigências que demandam gastos por parte do Clube,,, fica com todo o lucro do evento,, o clube fica apenas com a sensação de que foi escolhido como estádio sede.. E o famoso acordo CARACU,,, a commebol fentra com a CARA e o clube com o resto.

  3. Mesmo que surjam “parcerias”:

    Como disse antes, temos exemplos de sobra de parcerias onde parceiros “desaparecem” ou então, que benesses ficam como “exclusividade” …, não sou contra as melhorias …, o que é estranho (ou parece maniqueísta) e exaustivamente cansativo é a justificativa que carece de melhor fundamentacão argumentativa.

    Querem convencer a quem, com essa “historinha de copa ” ?

  4. dai na libertadores do ano que vem a juizada continua nos operando…
    não quero que sejamos beneficiados também, mas não nos prejudique.
    Vamos São Paulo

  5. O Morumbi vai ser o único Estadio na Copa America que não tem FORMA PADRÃO FIFA, que hoje , se você ver e assistir os jogos onde foram realizadas Copas do Mundo, são todos parecidos.

  6. Afinal: quantos ingressos podem ser colocados a venda no Morumbi?

    De acordo com o Cadastro Nacional de Estádios de Futebol (CNEF), elaborado pela Diretoria de Competições da CBF, o estádio Cícero Pompeu de Toledo, no Morumbi, em São Paulo, tem “capacidade real” de 72.039 pessoas e “capacidade oficial” de 77.011; portanto, há uma diferença de 4.972 lugares. Indaga-se: Onde estariam esses lugares? Contudo, passou-se a falar em 66.000 disponíveis e, agora, em pouco mais de 60.000 lugares. Cada vez diminui mais? Afinal, qual a capacidade real do Morumbi? Qual o número de ingressos que pode ser colocado à venda? Essas indagações caberiam à administração responder oficialmente, agora que tanto se fala em Copa América.

    • Eu também tinha essa dúvida, porém lembrei que uma parte desses 72.000 lugares não podem ser vendido os ingresso porque são ‘cadeiras cativas”, onde só os donos das cadeiras podem comprar, em dia de jogos comuns mais 10% são para visitantes, então só para tricolores são os ‘pouco mais” de 60.000. Mas em se tratando de torneio de seleções, acredito que coloquem a carga total.

  7. Precisamos nos aproximar da CONMEBOL.

    Temos que sediar a abertura e mais uma partida das 5 de SP. Aí, as outras 3 podem ficar com o Guarani da Capital e o Brinco de Ouro da Pompéia.

  8. Será que a logomarca dessa tal copa foi feita pelo mesmo gênio que criou a da copa do mundo no Brasil?

    Deve ser, porque está horrível. Triunfo da politicagem sobre a excelência técnica.

  9. Não me animei com esta notícia, a Copa América é um torneio caça-níquel que pouco, ou nada beneficiaria à nós, se formos realmente receber os jogos disso aí!!!
    As melhorias para o Morumbi são ótimas e necessárias, mas para nosso consumo interno, não para a tal Conmebol…

  10. Zzzzzzz… Copa… Quê?!

    Eita assunto chato!!!

    – Vão cobrir o estádio?
    – Vão aproximar o anel intermediário do campo?
    – Vai virar um alçapão para os adversários?
    – Tem ou terá contratos bem amarrados e com garantias de investimentos dos patrocinadores/
    parcerias?

    Caso haja alguma negativa nas respostas…
    Não, e até logo!

    Pelo que já andei lendo, será um gasto para o jogo de abertura e acabou…

    Que o SP não perca tempo com isso!

    • No campo de jogo já estamos em primeiro. Agora o que interessa é a política. Vamos debater para fazer o São Paulo ainda maior, já dizia meu avô.

      • A questão é:

        A quem serve essa abertura?
        Quais os custos?
        Quem vai bancar?
        Vão fazer reforma ou remendos?
        E mais essa:
        Quando iriam começar as obras?
        Porque antes do final do Brasileirão, nem pensar!!!!

        E repito: até onde li, é apenas para o jogo inaugural… Ora já façam tudo lá no Porca Miséria Arena.

        C’est Fini!!!

  11. Eu penso diferente. Acho uma ótima idéia, quaisquer melhorias que sejam feitas no Morumbi reverterão em benefício da torcida. E , certamente, podemos até encontrar patrocinadores dispostos a investir nas obras necessárias. Não são aquelas reformas profundas que alguns aqui desejam como o estacionamento e a cobertura, mas tudo que possa melhorar o estádio é bem vindo.

Deixe uma resposta