Bruno Alves sobre rodízio de zagueiros: ‘Aguirre vai utilizar todo mundo’

Em entrevista exclusiva à Rádio Globo, o camisa 34 falou sobre o bom momento do São Paulo e elogiou o trabalho do comandante uruguaio.

 

Ouça Aqui: http://radioglobo.globo.com/media/audio/208867/bruno-alves-sobre-rodizio-de-zagueiros-aguirre-vai.htm

 

17 comentários

    • Então Paulo, o tricolor está numa situação paradoxal em relação à função estratégica de Cotia para o futebol.

      Ao mesmo tempo que jovens promissores são formados e apresentam um bom potencial de gerar receita de venda ao clube, a fase final de lapidação do jogador (que só ocorre com sequência de jogos altamente competitivos) não é possível ser sempre cumprida aqui, pois o objetivo final é conquistar títulos. Isso gera uma falta de tempo e oportunidade para adaptar o jogador à realidade do futebol moderno o que pode acarretar em uma perda do timing na carreira do profissional, o que ainda causa uma desvalorização do patrimônio do clube e uma quebra de expectativas.

  1. O São Paulo está com quatro zagueiros de grande expressão no Brasil. Bruno Alves, Anderson Martins, Arboleda e Rodrigo Caio são jogadores de muita qualidade. Aguirre acerta ao adotar o esquema de rodízio. Mas a questão agora é time para domingo. Jucilei, Nenê e Everton estão fora, enquanto Hudson ainda causa preocupação.

    Substituir Nenê é a grande preocupação. Diego Souza já avisou: “Você acaba ganhando cacoetes de centroavante, mas eu fico querendo participar mais do jogo, às vezes tenho que segurar os zagueiros e não dá”. É incrível, mas tem gente que não aceita o que diz o jogador. É um excelente meia-avançado, como poucos no Brasil. No nosso elenco não tem ninguém melhor que Diego para substituir Nenê e manter a criatividade na armação das jogadas.

    Diego sabe que tem que dar tudo o tem em campo e, quando cansar, entra o Shaylon com sua juventude e capacidade de finalização para compor o time. Vamos ver se o Aguirre atende ao pedido do jogador – ele gosta de atuar na posição de ofício, sabe jogar ali como poucos e pode render muito mais ao time. Para começar domingo – copia aí:

    Sidão;
    Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo;
    Hudson (Luan), Liziero, Diego Souza;
    Rojas, Trellez, Everton Felipe

      • O Trellez tem entrado em alguns jogos, mata de canela e faz gols, já o Carneiro… Nessa posição tem que ter fome de gols e saber os atalhos – tem que ser goleador! O Carneiro por enquanto é uma esperança, não uma certeza, melhor entrar no segundo tempo, se for o caso.

  2. Carneiro até aqui ainda não mostrou futebol pra entrar jogando,Trelles me parece mais esforçado e pelo menos até aqui,com maior faro de gol.

  3. Ao ver os comentários no post sobre Petros percebi que alguns Brasileiros tem muito a evoluir. Qualquer coisa para eles é ofensa ou seja sempre há choros e self-vitimismo. No meu tempo de criança se alguém chegasse e ficasse com esse “me ofendeu” iria levar uma cinta na traseira para aprender a virar homem pois era vergonha para família tradicionais ver seus filhos se fazendo de vitima. Os pais orientavam seus filhos a se tornarem Homens desde cedo fazendo trabalhar na roça, estudar e levar a sério a vida. Sem contar que se uma pessoa agisse dessa forma era zuado sendo tratado como mocinha, menininha ou coisa do gênero por se ofender facilmente.

  4. Sobre Cotia eu acho que ano passado era mais “aceitável” o argumento da diretoria de que precisava vender jogador por causa das dívidas.

    Agora que as finanças parecem não viver dias tão tenebrosos vai ficar claro se a ideia de Cotia é lucro imediato ou formação de bons jogadores e isso está diretamente relacionado ao modo como a diretoria vai lidar com o caso Lizieiro, que tem mercado na Europa, contrato até 2023, peça importante no time e não jogou sequer 1 ano inteiro como parte do elenco de cima.

  5. Time para domingo: Sidão, Bruno Peres, Arbolenda, Anderson Martins e Reinaldo, Luan (Hudson), Liziero e Shaylon, Rojas, Diego Souza e Everton Felipe.

Deixe uma resposta