Para manter time focado, Aguirre não estipula metas a longo prazo

Diego Aguirre tem uma metodologia de trabalho um pouco diferente da maioria dos treinadores. Ao contrário de boa parte dos colegas, o uruguaio não gosta de estipular metas para sequências de jogos de sua equipe durante uma competição. No caso do Campeonato Brasileiro, por exemplo, ele não planeja que o time conquiste um determinado número de pontos em um intervalo de partidas.

O técnico tricolor prefere analisar jogo a jogo a situação do seu time, do adversário, e aí determinar os objetivos para a rodada. Desta maneira, ele acredita que poderá manter os jogadores mais focados, sem entrar em desespero com algum resultado inesperado ou correr o risco de ver a equipe eufórica por uma vitória.

Assim, tanto o empate com o lanterna Paraná, como aconteceu nesta quarta-feira (22), quanto o triunfo sobre o então líder Flamengo fora de casa, após a pausa para a Copa do Mundo, são relativizados.

Como sempre, o foco será na rodada seguinte e tal discurso já se tornou até um mantra entre comissão técnica e jogadores. “Agora temos que pensar no próximo jogo, não falar de outra coisa, de liderança, que isso é consequência de ganhar cada jogo. Temos de manter a calma e humildade”, disse Aguirre, em uma de suas coletivas.

Tal linha de raciocínio era bastante utilizada também no São Paulo por outro treinador que obteve bons resultados. Muricy Ramalho costumava não criar planos de longo prazo baseado nos jogos da equipe. A metodologia deu certo e ele ajudou o Tricolor a conquistar o tricampeonato Brasileiro (2006, 2007 e 2008).

Ou seja, neste momento, a cabeça de Aguirre está totalmente focada apenas no jogo contra o Ceará, no domingo, às 11h, no Morumbi. E a esperança do torcedor são-paulino é de que ele consiga repetir o sucesso de Muricy. Para o confronto do fim de semana, o técnico uruguaio não deverá contar com Hudson, que sentiu dores no joelho direito durante o empate com o Paraná. Luan é o favorito para ficar com a vaga.

UOL

7 comentários

  1. Uns 3 X 0 amanhã seria daquelas vitórias pra mandar recado aos adversários. Disputem aí o segundo lugar, pq o título tem dono.
    O importante amanhã é a vitória e a torcida cantando: Vai lá Vai lá vai lá vai lá vai lá de coração Vamo Sao Paulo Vamo São Paulo Vamo ser campeão

    • Concordo… daria uma chance na sua real posição, e já dava pra avaliar à vera seu potencial. Mas acho que o Shaylon anda merecendo mais chances atualmente.

Deixe uma resposta