Aguirre pode mexer no jeito de jogar do São Paulo contra o Ceará

O São Paulo pode ter uma nova cara nesse domingo, para a partida contra o Ceará. A partida das 11 horas contará com mais de 60 mil torcedores no Morumbi e também poderá ter uma escalação não tão usual. Tudo por conta de uma precaução com Hudson, que sofreu uma hiperextensão no joelho direito no duelo com o Paraná e, apesar de não ter sido diagnosticado com lesão, deverá ficar de fora nessa 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Liziero, reserva imediato, está suspenso.

Nessa sexta-feira, os trabalhos começaram com uma preleção de aproximadamente 30 minutos no interior do CT da Barra Funda. Em seguida, reservas e jovens da base iniciaram um treino físico com bola em um dos campos.

Pouco depois, os titulares apareceram no gramado e se encaminharam para um campo ao lado. Lá, aguardaram as ordens da comissão técnica antes de uma leve corrida pelo local.

Diego Aguirre não permitiu os jornalistas assistirem mais do que isso da atividade, mas pode ter deixado algumas pistas. Gonzalo Carneiro, por exemplo, esteve o tempo todo com o grupo titular, e não com os reservas, abrindo, então, a possibilidade de uma ideia mais ofensiva do técnico uruguaio para enfrentar o penúltimo colocado do nacional.

Com uma eventual entrada do centroavante uruguaio, Diego Souza seria recuado para o meio de campo e Jucilei ficaria como único volante. Uma postura de quem sabe que vai ter de enfrentar um ferrolho no Morumbi.

Outra opção é Bruno Peres jogar na vaga de Hudson, com Araruna preenchendo a lateral direita. Ambos já foram testados nessas posições nos jogos contra o Colón, pela Copa Sul-Americana.

A mais cautelosa e pragmática das situações seria a entrada do menino Luan, que é da posição e deixaria apenas Jucilei um pouco mais preso. Luan estreou no profissional do São Paulo contra o Cruzeiro, no Mineirão, e agradou.

Nesse sábado, o São Paulo fará os últimos ajustes em treino fechado. A tendência é que Diego Aguirre só mexa na posição de Hudson por necessidade o restante com a mesma escalação que iniciou a partida com o Paraná, na quarta-feira.

GE

12 comentários

  1. Não vamos inventar no que está funcionando. Coloca o Luan ou o Araruna. Marcação alta no início do jogo até fazer um gol. Depois matar o jogo no contra ataque.

  2. Seria interessante jogar assim:
    ————————-Sidao—————————

    Rodrigo Caio—————————Bruno Alves————-

    Bruno Peres—————————————Everton
    ——————————–Nene ————————————-
    Rojas—————————————-Everton Felipe
    ————————–Diego Souza—————–

    ————————–gonzalo Carneiro———–

    Esse seria o time ideal para se jogar em Casa. Time bem ofensivo.

    Colocaria Rodrigo Caio e Bruno Alves por serem os jogadores com melhor saida de bola, o que melhoraria a transição.
    Jucilei poderia ser cabeça de área como jogou no time russo.
    Everton começou a carreira como LE. Neste jogo o colocaria assim, ele marca bem. Ou poderia ser o Reinaldo e ele no lugar do Everton Felipe.
    Nenê jogaria um pouco mais recuado.

    Diego Souza de segundo atacante (às antigas)

    E o Carneiro de centroavante contra a baixa zaga do Ceará.

    Esse time seria furioso, apesar que para a maioria isto seria KamiKase. Os times europeus estão melhores por isso, pois ele vao para o ataque e sabem que podem resolver o jogo com muita dinâmica.

    • Sidao

      —————————————-
      Rodrigo Caio, Bruno Alves
      Jucilei
      ——————————————-
      Bruno Peres e Everton
      —————————————–
      Nenê
      ——————————————
      Rojas, Diego Souza e Everton Felipe
      ——————————————
      Gonzalo Carneiro

  3. Seria maravilhoso nossos dois melhores jogadores nena e ds juntos no meio e o carneiro de atacante, pq vai ser 1000 jogadores do ceara na area e nao acho a tenha alguem maior q o carneiro no ceara

Deixe uma resposta