Quem joga? Titulares do São Paulo correm no campo; Hudson fica no Reffis

Nos 15 minutos de treino aberto do São Paulo nesta sexta-feira foi possível ver os principais jogadores correndo em ritmo leve no campo do CT da Barra Funda.

Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins, Reinaldo, Jucilei, Nenê, Everton, Rojas e Diego Souza, normalmente titulares, além de Gonzalo Carneiro e Régis (atuou nesta semana pelo Brasileirão de aspirantes) fizeram esse trabalho.

Foi a única pista do possível time que enfrentará o Ceará, domingo, às 11h (de Brasília), no Morumbi.

Hudson, sem lesão detectada no joelho direito, no qual teve uma hiperextensão durante o empate por 1 a 1 com o Paraná, não apareceu no campo. O volante fez um trabalho de recuperação no Reffis.

Luan, Araruna e Rodrigo Caio, possíveis substitutos de Hudson, fizeram um trabalho com bola ao lado dos reservas e garotos da base em outro campo, sob a supervisão do preparador Fernando Piñatares.

Líder do Campeonato Brasileiro com 42 pontos, o São Paulo tem o Inter, com 41, em sua cola – veja aqui a classificação.

Confira as informações do São Paulo para enfrentar o Ceará:

Local: Morumbi, em São Paulo
Data e local: domingo, às 11h (de Brasília)
Escalação provável: Sidão; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Hudson (Luan, Araruna ou Rodrigo Caio) e Nenê; Rojas, Diego Souza e Everton
Desfalque: Liziero (suspenso)
Pendurados: Nenê, Everton, Jucilei, Reinaldo e Régis
Arbitragem: Wagner Reway (Fifa-MT) apita, auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Eduardo Gonçalves da Cruz (MS)
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Gustavo Villani e Wagner Vilaron)
Tempo real: no GloboEsporte.com, a partir das 10h

GE

4 comentários

  1. Não jogando o Lucas Fernandes no lugar do Hudson, qualquer outra escolha do Aguirre para mim está bom. É triste dizer isso mas ele em campo não ajuda em nada… e com ele o time nunca joga bem.

  2. Colocaria o Shaylon no lugar do Hudson. Mas, acho que vai jogar Regis na LD e Bruno Peres de volante. O importante é ganhar nem que seja de meio a zero. Vamos São Paulo!

Deixe uma resposta