O São Paulo não precisa de mais reforços para a temporada. A avaliação é do técnico Diego Aguirre, comandante do líder do Brasileirão e campeão simbólico do primeiro turno, com 41 pontos (é a melhor campanha do clube na era dos pontos corridos). A marca foi atingida após a vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, domingo, no Morumbi. Para 2018 o Tricolor contratou 12 jogadores (veja a lista abaixo).

– Está ótimo. Não precisa de ninguém. Este tema está fechado para mim. Os jogadores que tenho são os melhores e não preciso de mais ninguém – disse, em entrevista à TV Globo e ao GloboEsporte.com.

Engana-se, no entanto, quem enxerga soberba no discurso do uruguaio. Aguirre prega justamente o contrário no dia a dia do São Paulo.

Prestes a iniciar o segundo turno do Brasileirão, quarta-feira, contra o lanterna Paraná, no estádio Durival Britto, em Curitiba, o técnico explica o que cobra do elenco para manter o Tricolor na liderança.

– Temos de manter a humildade do grupo. Não pensar que somos mais do que ninguém. Temos de enfrentar cada jogo como se fosse uma final. Independentemente de quem está na frente a motivação tem de ser máxima. E não pensar que somos mais do que somos. Por isso falo a eles de humildade e de trabalho. Depois as coisas vão acontecendo.

Aguirre faz ótima avaliação do desempenho do São Paulo no primeiro turno. Apesar de reconhecer o bom momento, ele prefere não pensar a longo prazo. O foco é sempre no próximo treino e jogo. A filosofia do comandante é concentrar o grupo em metas curtas.

– Tivemos momentos difíceis e aos poucos arrumamos e melhoramos. Nas últimas rodadas o time mostrou uma consistência de jogo, determinação e personalidade para estar onde merece. Porque em um campeonato tão difícil se estamos hoje no primeiro lugar é porque fizemos coisas boas. Os jogadores deram uma resposta excelente.

Com quatro vitórias seguidas no Brasileirão, o São Paulo de Aguirre não tem ninguém no departamento médico e deverá ter força máxima diante do Paraná. A comissão rodou o elenco diante da Chapecoense. Anderson Martins, Reinaldo, Hudson, Rojas e Nene não iniciaram entre os titulares e poderão voltar.

Os 12 reforços do São Paulo para 2018

  • Jean (goleiro)
  • Bruno Peres (lateral-direito)
  • Régis (lateral-direito)
  • Anderson Martins (zagueiro)
  • Nene (meia)
  • Everton (meia-atacante)
  • Everton Felipe (meia-atacante)
  • Diego Souza (atacante)
  • Tréllez (atacante)
  • Rojas (atacante)
  • Gonzalo Carneiro (atacante)
  • Valdívia (atacante, saiu para o Al Ittihad FC)

GE