“Fenômeno” diz Aguirre sobre o Preparador Físico do São Paulo

O técnico Diego Aguirre precisou dar rodagem à equipe do São Paulo no último domingo, na vitória por 2 a 0 contra a Chapecoense, no estádio do Morumbi, e já deixou claro que deve fazê-lo quando achar que o desempenho físico dos atletas tende a cair. Para aumentar a margem de acerto, o treinador deu crédito ao trabalho realizado pelo preparador físico Fernando Piñatares, fundamental na hora de decidir quem está apto a jogar.

“Bom, vamos seguir vendo semana a semana. Temos um preparador físico que é um fenômeno”, elogiou o comandante tricolor, responsável pela chegada de Piñatares à comissão técnica ainda durante o Campeonato Paulista. Com um plano de jogo sempre voltado para embates físicos e velocidade nos contra-ataques, Aguirre reconhece que a preparação é parte fundamental para o sucesso do atual líder do Campeonato Brasileiro.

“O São Paulo não tem nem um jogador no departamento médico, isso é muito bom. Valorizo muito o trabalho do dia a dia, de prevenção. Falando do preparador físico, realmente ele é um fenômeno, mantém os jogadores em alto nível. Gosto muito”, observou o uruguaio.

Atualmente com 41 pontos conquistados na primeira colocação da tabela, o treinador chegou ao melhor desempenho em um primeiro turno na história do clube do Morumbi, reconhecendo que está numa posição pouco projetada para o Tricolor antes do início do Campeonato Brasileiro. Sempre reticente em falar de briga por título, Aguirre deixou claro que o melhor é manter o trabalho do jeito que está.

“Simplesmente é um dado significativo, porque fala que estamos fazendo as coisas bem, estamos em uma posição que talvez muitos não acreditariam três meses atrás. Futebol é assim, é maravilhoso e te dá esses momentos”, observou, preocupado com a retomada da competição, já nesta quarta-feira, contra o Paraná, em Curitiba.

“Isso está só começando, falta muito. Tivemos uma sequência muito boa, mas não podemos confiar, agora temos que pensar no próximo jogo, não falar de outra coisa, de dados, de liderança, são consequências de ganhar cada jogo. Teremos três dias para ir a Curitiba, tentar ganhar outra vez, e buscar construir um sonho todos juntos. Qualquer coisa pode acontecer. Temos que manter a calma, a humildade e tentar ganhar sempre o próximo jogo”, concluiu.

GE

24 comentários

  1. Nossos próximos 5 jogos:

    paraná (fora)
    ceará (casa)
    flu (casa)
    galo (fora)
    bahia (casa)

    Menos de 12 pontos é ruim; de 13 a 15, excelente.

  2. Seremos campeões se continuarmos vencendo os times ruins:

    paraná (fora)
    ceará (casa)
    flu (casa)
    bahia (casa)
    américa-mg (casa)
    botafogo (fora)
    cap (casa)
    vitória (fora)
    vasco (fora)
    sport (casa)
    chape (fora)

    São 11 jogos, 33 pontos em disputa. Vencendo todos, vamos a 74 pontos. Faltando 8 jogos, seria muito fácil chegar nos 80 pontos e sagrar-se campeão.

    • Ainda tem a chegada do do Guerreiro em um clube que atrasa salarios…. isso tem impacto negativo e aquele Camilo quando nao joga costuma arrumar treta tambem… principalmente depois de fazer gols.

      Os demais estao como calendário que os atrapalha.

  3. Apesar de mais 3 times estarem fazendo campanhas acima do normal, creio que terão alguns tropeços inesperados no segundo turno, primeiro por estarem disputando outras competições, segundo pq o desespero pelo rebaixamento começa a bater , e não tem jogo fácil . Nossa vantagem é que praticamente jogamos com os da parte de baixo logo agora no começo … então é nao vacilar. Acredito que mais 10 ou 11 vitórias podem nos dar o titulo… e mais uns 4 empates pra garantir hehe. Próximos 3 jogos são 3 vitórias obrigatórias.

  4. Acredito em 12 pontos nos próximos 5 jogos. Na perspectiva do nosso tricolor fazer 44 pontos no returno (possíveis derrotas para CAM, COR e INTER. Empates com SAN e CRU). No final do ano com 85 pontos o caneco vem!

  5. O esquema do treinador tem se encaixado melhor nos confrontos fora de casa.
    Todos os jogos serão muito duros sim, mas há tempos não confiava tanto na equipe…
    Força SPFC… vamos carajo!!!

  6. Faltam apenas duas vitórias em 19 jogos pra escapamos do rebaixamento.
    Depois, vou ficar sem saber o que fazer…
    By secadores sumidos.

    • O seu by deveria ser bye (de adeus). Mas eu acho que no fim do Paulista e inicio do brasileiro, estava todo mundo fazendo contas para chegar aos 45 pontos e respirar. Agora a coisa mudou, o time encaixou (e como encaixou), e as contas são para ser campeão. O negócio é apoiar e torcer para que o pessoal mantenha o foco. Deste jeito será dificil perder o titulo.

  7. A média de 2 pontos para ser campeão é muito difícil e raramente necessário. Na prática seria ganhar todos os jogos em casa e empatar todos fora. O Inter tá conseguindo manter essa média: 38 pontos em 19 jogos. A melhor constatação é que o SPFC tá ainda melhor.

    • Pois é. Depois de Paraná fora, Ceará, Fluminense e Bahia em casa (esquecendo o Galo fora), poderemos ter uma idéia melhor. Mas neste momento seria uma surpresa qualquer coisa abaixo de 12 pontos.

  8. Footstats Premium

    @Footstats
    15m15 minutes ago
    More
    Joao Rojas já tem 4 assists p/ gol em 7J pelo SPFC no BR18

    1 a cada 129 min em campo; menor marca não só da atual edição, mas de todos os registros que temos desde o BR10

    2ª menor marca é de Magno Alves; 1 a cada 162 min pelo Flu em 2016

    Arrascaeta tbm é destaque; 1 a cada 167

    • Difícil de entender como o Rojas estava escondido em um time pequeno da Argentina. O cara tem bola para jogar em time médio da Europa. Será que isso é falta de empresário bom?

  9. Esse preparador fisico ai que aguirre trouxe junto tem que ficar efetivo mesmo que aguirre venha a sair no futuro, manda uma boa proposta para esse cara e deixa ele fixo, pq desde carlinhos neves que nao vejo um acertar na preparação fisica como esse cara, manda muito bem e ele é junto com aguirre um dos responsaveis pelo nosso bom futebol com certeza, com Dorival Jr os caras morriam em campo no segundo tempo todo jogo

  10. O preparador físico é excelente… e a torcida criticou quando voltaram pra copa e os caras estavam morrendo de cãibra, o que era natural pelo esforço físico e por não estarem jogando naquele momento. Jogo é jogo treino é treino…

    Esse preparador queimou a língua de muita gente!

Deixe uma resposta