São Paulo campeão ou vice? Líder do primeiro turno nunca terminou abaixo do segundo lugar no Brasileirão

São Paulo venceu a Chapecoense na noite deste domingo, por 2 a 0, no Morumbi, e terminou o primeiro turno do Campeonato Brasileiro na liderança. Se depender do histórico do torneio, o torcedor do São Paulo pode ficar ainda mais confiante na conquista do título da competição. Na era dos pontos corridos, iniciada em 2003, em apenas três edições o campeão do primeiro turno não levantou a taça no fim da temporada.

Grêmio (2008), Internacional (2009) e Atlético-MG (2012) foram os únicos clubes que lideravam após a primeira metade da competição, mas não conseguiram se manter na ponta. Todos eles terminaram na segunda colocação. Ou seja, se classificaram para a Taça Libertadores do ano seguinte. Veja na tabela abaixo.

O título em 2018 seria o sétimo do São Paulo no Brasileirão, o quarto na era dos pontos corridos. No tri conquistado entre 2006 e 2008, o Tricolor ganhou o primeiro turno nos dois primeiros anos e passou o Grêmio no último.

Com a vitória sobre a Chapecoense, o São Paulo abriu três pontos de vantagem para o Inter, quatro para o Flamengo e cinco para o Grêmio. Vale lembrar que, ao contrário de Flamengo e Grêmio, por exemplo, o São Paulo está 100% focado no Brasileiro.

Nas próximas rodadas, o Tricolor enfrenta Paraná (fora), Ceará (casa), Fluminense (casa), Atlético-MG (fora) e Bahia (casa).

Campeões do primeiro turno do Brasileirão.

Ano Líder Pontuação* Colocação final
2003 Cruzeiro 47 Campeão
2004 Santos 41 Campeão
2005 Corinthians 42 Campeão
2006 São Paulo 38 Campeão
2007 São Paulo 39 Campeão
2008 Grêmio 41 Vice (São Paulo campeão)
2009 Internacional 37 Vice (Flamengo campeão)
2010 Fluminense 38 Campeão
2011 Corinthians 37 Campeão
2012 Atlético-MG 43 Vice (Fluminense campeão)
2013 Cruzeiro 40 Campeão
2014 Cruzeiro 43 Campeão
2015 Corinthians 40 Campeão
2016 Palmeiras 36 Campeão
2017 Corinthians 41 Campeão
2018 São Paulo 41 A conferir

24 comentários

  1. Nosso campeonato tem que ser encarado jogo a jogo. 19 finais, nada de menosprezo aos adversários.
    Manter o foco e a raça.
    Vamos São Paulo!!

    • O que a comentarista disse a respeito do São Paulo?

      Se algum amigo puder transcrever… Parece que deixou o Milton Neves com aquela cara de bunda, sem saber o que falar rs

    • A Ana manda muito bem mesmo. Eu me recordo que ela foi setorista do Palmeiras e a torcida encontrou umas postagens dela de quando tava na faculdade. Torcia (torce) para o mal de Itaquera e era final contra a sep, tava zuando e tirando onda. A torcida verde a persegue até hoje.

  2. Essa é uma estatística interessante, até pq a batalha no segundo turno será intensa entre os seis primeiros colocados, que já estão disparando na frente!!!

  3. Inter tem sequência difícil agora, começando com Bahia, depois Palmeiras, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio. E talvez até a Chape, com bom retrospecto em casa contra o Inter. Jogos antecedendo libertadores e copa do brasil são os contra Palmeiras, que tem elenco, e o Grêmio, que é clássico.

  4. Assim como quebramos o tabu de não vencer a Chape em casa e o Atlético na baixada, não podemos nos apegar a essas estatísticas.
    Temos que vencer os jogos em que somos favoritos e não perder para os rivais diretos. Com 10 vitórias e 5 empates seremos campeões.

    • Nunca nos pontos corridos um time com 73 pontos deixou de ser campeão. Se fizermos 10 vitorias precisamos de 2 empates apenas. A não ser que esse campeonato esteja muito diferente dos outros, o que não me parece.

  5. Essas estatísticas só servem pra mostrar que quem vence o primeiro turno tem uma tendencia forte a ter um time organizado e mais estabilidade mas tudo isso vai por água abaixo caso o foco seja perdido.

    • Verdade Rodolfo…estava estranhando essa pontuação dos gambás mesmo pq o 1 turno ano passado foi atípico…mandei num grupo esse gráfico da matéria acima e a gambazada já caiu em cima falando disso…kkk

  6. Agora parou a bobagem de dizer que SP briga pelo G4. Os comentaristas tem de reconhecer que a briga é pelo título. Pode ser que ainda fiquem com o pé atrás para chamá-lo de favorito, se for ver o elenco no papel, mas nos últimos anos temos visto que é o conjunto que ganha jogo. Por exemplo, Palmares, Flamídia e Cruzeiro têm bons elencos, mas não tem nenhum craque carregando o time como fazia o Neymar com as sereias, ou seja, até eles precisam de um bom conjunto.

  7. Mais 4 jogos em meio de semana até o final do campeonato, sendo que serão bem espaçados. Ou seja, pra um time que foca em um jogo físico pegado isso pode ser um diferencial.

  8. Obviamente ainda falta muito, mas o objetivo no momento é conseguir 3 vitórias nos 3 próximos jogos. Paraná fora, Ceará e Fluminense em casa. Com isto, acho que dá pra abrir mais um pouco de gordura.

Deixe uma resposta