Deixaram trabalhar. Agora aguenta o São Paulo!

Amigos tricolores

Final do ano passado nós tivemos alguma surpresa e nosso querido São Paulo Futebol Clube. De forma até surpreendente, mas na minha visão um pouco atrasada, um dos maiores ídolos do nosso tricolor, e na minha humilde visão o maior jogador que eu vi com a camisa do São Paulo, Raí de Souza Vieira de Oliveira assumiu a diretoria do tricolor. Eu digo um pouco atrasada, pois Raí se preparou a muito tempo para um cargo de gestão. Estudou fora do país, curso em grandes faculdades no Brasil e Sem dúvida nenhuma por ter vivido o futebol, tem uma grande experiência na área. Raí, sempre foi o jogador diferenciado. Sujeito altamente culto, inteligente, estudioso e com experiência de ter morado em um dos países com maior cultura no mundo a França. Por ser um grande fã, e ter ficado mais ainda quando eu fui entrevistar para o livro do Telê Santana, a sua bondade e humildade quando foi anunciado como diretor de futebol do São Paulo Eu particularmente Fiquei muito feliz. O quê repercussão nas Redes Sociais e grupos de WhatsApp, foi a mesma felicidade que a minha. O único ponto negativo que vi, em uma Rede Social, foi um torcedor reclamando que Raí não tinha feito nada em apenas 4 dias de trabalho. Sem dúvida, a nossa torcida está passando dos limites nas reclamações.

Raí não veio sozinho

Com a chegada do terror do Morumbi, na diretoria de futebol, era preciso uma nova estrutura. Raí, então, resolveu chamar seu antigo companheiro de São Paulo e seleção brasileira, o ex-zagueiro Ricardo Rocha. Não vi Roberto Dias, Bellini ou Mauro Ramos de Oliveira. Acompanhei muito pouco, a melhor dupla de defesa que já tivemos: Oscar e Dario Pereyra. Digo isso, apenas para reforçar o Porque para mim Ricardo Rocha foi o maior zagueiro que eu vi jogar com a camisa do São Paulo, lembrando que eu tenho 39 anos, não vi os acima citados jogarem.

Mais um ponto negativo para a torcida tricolor. Pouco antes da Copa do Mundo da Rússia, Ricardo Rocha foi convidado pelo Canal FOX para comentar os jogos do Brasil. Parte da torcida, pegou no seu pé, pois para eles, Ricardo Rocha precisa trabalhar 24 horas por dia no CT do São Paulo, o engraçado é que os mesmos que pegaram no pé, enquanto Ricardo trabalhava, sozinho no churrasco e bebiam cerveja assistindo os jogos do Brasil. Parece que trabalhar no Brasil, às vezes é crime.

Lugano de volta

Em dezembro de 2015, na festa de despedida de um dos maiores ídolos do São Paulo, Rogério Ceni, a participação de Lugano praticamente o trouxe de volta para o São Paulo. Não era necessário ser muito inteligente, para que qualquer membro da comissão de futebol do São Paulo tivesse a ideia de convidar Lugano para voltar ao time. Nos últimos 20 anos, talvez só Rogério Ceni tenha uma adoração maior do que Lugano no São Paulo. Eu já escrevi aqui neste blog, a minha indignação do que foi feito em 2017 com esse ídolo do São Paulo. Sem dúvida, o Lugano que voltou ao São Paulo não era o mesmo que saiu, pela a sua admiração pelo time e a Paixão da torcida pelo jogador se mantinham a mesma. Lugano, talvez não jogasse todos os jogos, mas certeza os que jogou não comprometeu. Outros zagueiros e goleiro, falharam muito mais do que Lugano. O que foi feito com ídolo no ano passado, poderia ter acabado de vez com a sua permanência no tricolor, porém o carinho da torcida fizeram com que Lugano topasse continuar o São Paulo como um diretor. Não tenho dúvidas, que a escolha de Raí para comandar o futebol foi muito importante para tomada de decisão do Lugano, que somado ao carinho que ele tem pelo São Paulo e que a torcida tem por ele.

Os resultados estão vindo

Quem acompanha esse blog, sabe quem muitos artigos, eu comparo futebol com uma empresa. Talvez porque o futebol tenha que ser profissionalizado e virar uma empresa, mas também, porque viver empresas é o meu dia a dia uma vez que eu trabalho com marketing digital. Nenhuma empresa, consegue resultados num curtíssimo prazo quando é preciso trocar praticamente tudo. Nenhuma equipe consegue apresentar resultados no mesmo curtíssimo prazo quando a casa está desarrumada. Eu, e milhares de outros são paulinos, no trabalho de Raí, Ricardo e Lugano desde o começo. Era mais do que entendido, que eles não irão acertar 100%. Erros acontecem em todos os lugares. Quando se contrata pessoas, em alguns casos elas não se adaptam a empresa e por melhor que sejam precisam ser demitidas. O trio fez boas contratações, e outras e ao meu ver deixou escapar alguns jogadores, que poderiam reforçar o São Paulo, mas se fizer um balanço desse 6 meses do trio, resultados são muito melhores do que piores. Ao contrário da antiga gestão de futebol.

Time mais unido

No ano passado, o meia Hernanes voltou na hora certa. Além da sua ligação com o São Paulo e com a torcida, Hernanes é um cara diferenciado no futebol. Não é nenhum Zico mas tem talento acima da média. Para mim sem a menor dúvida deveria ter sido convocado por Tite e até sido titular do time. Além do talento e da ligação com o São Paulo, o profeta foi muito importante fora de campo, trazendo um novo ambiente ao time tricolor.

Algo que hoje é de inteira responsabilidade do meia Nenê. Em muitos pontos ambos se parecem: São meias talentosos, com bom passe, excelente visão de jogo, batem na bola com muito talento e são diferenciados. Para o atual futebol brasileiro, ambos são craques, porém na história do futebol brasileiro ambos são jogadores acima da média. Nenê, ao lado de Everton, Diego Souza e Reinaldo está contagiando o ambiente tricolor de forma altamente positiva, unindo o grupo, trazendo alegria e os resultados estão aparecendo em campo.

Não há dúvidas de que Raí, Ricardo e Lugano tem uma grande parcela nessa união e volta da alegria ao São Paulo. Ricardo por exemplo, é um sujeito extremamente bem humorado e que contagia o ambiente que está. Raí é mais introvertido, porém não há como não respeitar, uma vez que quando se entra no CT esse olha os títulos mais importantes do São Paulo, relembrados em fotos presas na parede, em muitas delas é Raí quem levanta a taça, além disso, em 1991, 92 e 93, Raí fez gol em praticamente todas as finais dos principais títulos. Lugano é o mais bravo dos três, extremamente sério e ao mesmo tempo tem um bom senso de humor. Essa química da nova diretoria com os jogadores, está sendo reproduzido em campo.

Chegada do Aguirre

Esse é um tema para um artigo, não posso esquecer de mencionar a chegada de Aguirre como o ponto que faltava para o total equilíbrio do time. Em menos de 4 meses, Aguirre fez mais pelo São Paulo, do que os últimos 5 técnicos que tivemos, a exceção óbvia do grande Muricy.

Estão deixando me iludir

Diego Souza já deu o recado no começo do ano: Aqui tem homens trabalhando e de forma séria. Torço para não dar certo, porque se der vou acordar um gigante. E o gigante está acordando.

*Felipe Morais. Publicitário, apaixonado pelo São Paulo Futebol Clube. Sócio da FM Planejamento, Palestrante sobre marketing digital, comportamento de consumo e inovação. Autor dos livros Planejamento Estratégico Digital (Ed. Saraiva) e Ao Mestre com carinho, o São Paulo FC da era Telê (Ed Inova) – www.livrotele.com.br – facebook.com/plannerfelipe e @plannerfelipe

 

 

38 comentários

  1. Resultados …, resultados …, resultados :

    Paulistinha ; Eliminado.
    Copa do Brasil ; Eliminado
    Copa Sulamericana ; Eliminado.

    Ainda é muito cedo para falar em resultado …, lembrando que #OutLeco tem a chave e a caneta na mão.

  2. Raí, juntamente com Ricardo Rocha, tem a experiência de bater na trave em 89 e 90, e a partir de 91 transformar o São Paulo em um time respeitado no Mundo todo. Então, independente de resultados imediatistas, estamos vendo um gigante levantar e voltar a ter forças. Nossa hora de comemorar está logo ali, é só ver o trabalho como esta sendo realizado! #clubedafé

  3. Vamos respeitar as pessoas aqui…

    Se não gosta dos comentários de alguns e não tem capacidade para debater, ignore.

    Não vamos permitir falta de respeito com as pessoas que frequentam o nosso espaço.

  4. Acho que deu pro Lucas Fernandes né….nunca vi um jogador da base ter tantas oportunidades e não conseguir se firmar ….faz 3 anos q entra e nada…lembro de um gol dele…contra o Botafogo de falta e só…nenhuma jogada diferenciada…uma chance criada…um lance legal…doa, empresta, aluga, vende, da, cede..sei lá…não serve …a camisa pesou…ta fazendo curso intensivo de Sérgio Mota…

  5. E o ‘Deus’ da competencia, coerência e hombridade que dirige a seleção convocando sub 20 do Flamidia.
    Kkkk

    Encantador de serpentiotas

  6. Tem um bando de gazela enrustida que são profetas do apocalipse que só vê as coisas negativas e que não podem ser chamados de torcedores do clube da fé , então se não quer torcer pras coisas mudarem vão torcer pro Botafogo , Vasco etc …. O São Paulo não precisa de vocês carniças .

  7. O excelente trabalha da diretoria e comissão técnica resultará em bons frutos no futuro. O SP precisa voltar a ganhar títulos, pois só assim o respeito voltará e principalmente, a parte financeira vai melhorar.
    Ontem vimos que o elenco necessita de reforços, alguns não correspondem quando necessário.
    Em tempo: que saudade do Hernanes, não sei como seria a formacao tática usada pelo Aguirre caso ele permanecesse, porém seria sensacional.

  8. Esporte de alta competitividade não da muito espaço, o atleta tem que conquistar e manter, senão chega outro e atropela.. Lucas Fernandes esta deixando oportunidades serem desperdiçadas, uma após outra. daqui a pouco o treinador se cansa e coloca na geladeira, so treinando,, e vai tentar outro.

  9. Sou são-paulino há 51 anos, um dos mais antigos aqui. Depois da CB-2000, raríssimas vezes assisti jogos do SP ao vivo. Nem os mata-matas e a decisão de 2005 da Libertadores eu assisti, o Mundial também não. As desclassificações que se seguiram não vi. Prefiro ver o resultado depois e ver lances e comentários dos torcedores e não os jornalistas. Ontem pra variar, também não assisti. Nada como uma noite de plácido repouso.

  10. Eu já teria emprestado o Lucas Fernandes depois dele ter sofrido a contusão, mas se ele continuar na “alça de mira” de alguns torcedores, aí não vai ter jeito, mas pode ser que um tempo fora do time faça bem à ele!!!!
    Mas a Sul-Americana já era, vamos focar na Chape que o jgo de domingo será difícil, mesmo eles com um time raquítico!!!

    • Em primeiro lugar vc me mostra onde… e se houve algum deboche como vc diz, foi por conta da liberdade que eu tenho com ele, diferente de vc que não tem nenhuma.

      Em segundo lugar, se há algum comentário meu para ele da forma como vc menciona, deve ter havido algum motivo… aqui quem chama a atenção sou eu e não vc…

      E não se faça de sonso, pq havia outro comentário seu voltado para ele, nos mesmos moldes do que eu te chamei atenção e que eu deletei… como vi que não adiantou eu ter deletado, vc não se tocou, escreveu outro, resolvi intervir… se gostou ou não, problema seu…

  11. Mt cedo p queimar o lucas fernandes, ta rendendo mt abaixo do q se espera, mas essa posicao de meia e a mais complicada p jovem se firmar, geralmente atacantes velocistas e volantes conseguem se firmar mais rapido, meia e complicado, poucos jovens se destacam de cara! Um emprestimo a essa altura cairia bem!

  12. Quanta educação. Não quero gozar de tal liberdade. Pouco me interessa o convívio com quem visualiza o “copo meio vazio”. Passar bem Marcio, seguirei no modo visualização, como de costume.

Deixe uma resposta