O Diretor que mudou o futebol do São Paulo FC!

O São Paulo chegou no último domingo a marca de 57 gols em 2018, após bater o Sport por 3 a 1, em Recife. Mais da metade desses tentos foram de jogadores contratados neste ano por Raí, diretor executivo de futebol.

Diante dos pernambucanos, em jogo pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro, a participação dos reforços foi de 100%. Diego Souza, Nenê e Tréllez marcaram os gols tricolores.

No ano, Diego Souza e Nenê somam 11 gols cada um. Ambos são os artilheiros do São Paulo. O primeiro foi bancado pelo executivo no clube no momento de maior dificuldade e com propostas para sair. O segundo chegou sem o consentimento de Dorival Júnior, técnico que estava no comando e que foi demitido em março.

O colombiano Tréllez e Éverton fizeram cinco gols cada um no ano. O primeiro também chegou por escolha de Raí sem o consentimento de Dorival. É verdade que teve dificuldades até se adaptar, mas nos dois últimos jogos foi decisivo em momentos que o time oscilou e teve a vitória ameaçada.

O segundo foi comprado do Flamengo em um momento que estava em baixa.

Outros reforços que marcaram pelo São Paulo foram o atacante Valdivia (3 gols), que deixou o clube em junho, Joao Rojas (1), que foi indicado pelo técnico Diego Aguirre, e Anderson Martins (1).

Ao todo, os contratados fizeram 37 gols. O time fez 57. Ou seja, eles participaram de 65% dos tentos.

Os números certamente fortalecem ainda mais a figura de Raí no São Paulo, um executivo cuja presença sempre é exaltada pelos reforços assim que são apresentados.

Para citar dois exemplos recentes, basta relembrar os discursos do lateral direito Bruno Peres e do meia Everton Felipe.

“Tinha muita vontade de jogar aqui. Sempre ficou aquela vontade. Quando o Raí ligou, fiquei numa felicidade muito grande pelo craque que ele foi. Foi muito diferente. Disse que queria o São Paulo, tive propostas até melhores, mas a vontade foi maior”, afirmou Éverton Felipe na última quinta-feira.

“O Raí me ligou e isso pesou… Foi engraçado que falei para os meus pais, para minha mulher e falei que se tivesse algo no Brasil eu voltaria na hora. Pouco depois quem me liga? O Raí e me apresenta um projeto bacana. Falei para ele ‘meu sim você já tem’. Estou voltando para um clube que está fazendo um projeto fantástico e estar fazendo parte dessa historia é bacana”, disse Bruno Peres no final de julho.

Artilheiros do São Paulo em 2018

Foram ainda dois gols contra

JOGADOR JOGOS GOLS
Diego Souza 34 11
Nenê 36 11
Tréllez 24 5
Éverton 17 5
Valdívia 19 3
Cueva 18 3
Marcos Guilherme 27 3
Reinaldo 30 3
Brenner 16 2
Rodrigo Caio 19 2
Éder Militão 35 2
Shaylon 14 1
Rojas 7 1
Anderson Martins 17 1
Bruno Alves 23 1
Arboleda 27 1

ESPN

44 comentários

  1. Acredito que mesmo com um time misto podemos vencer na Argentina, esse time nem é bom, o negócio é o físico mesmo… colocando alguns reservas que estão bem fisicamente, correrão bastante e a chance de gols aumenta, e enquanto isso preservamos alguns jogadores pro brasileirão…

    E ontem o Inter mostrou força… fazem marcação pressão, já que estão disputando um único campeonato… provocaram os erro do fluminense… mostrou também que tem goleiro.. o “reserva” fez ao menos três defesas difíceis… e isso faz muuuita diferença…

  2. Aguirre me representa já disse que vai entrar com força máxima no jogo de quinta contra o Colón para buscar a vitória e a classificação. E dom chape para vencer com tranquilidade. Depois passar sobre o pobre parana que deve demitir Micale.

    • Completando, terão que dizer, Flamengo é fraco, Corinthians é fraco, Cruzeiro é fraco….. isso exemplifica qual nível de mídia temos na grande maioria dos jornais esportivos.

    • Acho que a maioria dos torcedores querem que vendam Rodrigo Caio, minha opinião que agora não devem vender, pois quais jogadores teremos para o resto do campeonato, visto que temos só 4 zagueiros experientes, ainda mais agora que o Militão foi embora, que poderia jogar também de zagueiro, vender e ficar com três zagueiros, para disputar um campeonato muito longo.

      • A questão é que ele pode atuar no meio e também na lateral e zaga improvisadamente. Também entendo que será útil se continuar.

  3. Para o pessoal que reclamar de jornalista, esqueça,,eles são tão palpiteiros quanto qualquer um de nós. E as opiniões deles não tem que serem iguais as nossas, além do que eles precisam agradar todas as torcidas pra manter o emprego.

    Pra quem vive reclamando de empresário. Eles fazem parte do negócio gostamos ou não. No mundo não se faz negócio sem empresário.eles tem ramificações no planeta inteiro. Jorge Mendes .o maior empresário de futebol do.mundo tem uma carteira de 300jogadores e técnicos e em 2016 sua empresa faturou mais do que o real.madrid. muitos empresários brasileiros são franquias dos empresários estrangeiros. Então ficar de.mimimi contra empresário não adianta. O diretor do clube tem que ser um bom negociador pois do outro lado da mesa ao tem fera.

  4. Gostaria de ver Rodrigo Caio em um time equilibrado, organizado e coeso …, coisa que não aconteceu, na maioria do tempo em que está no SPFC.

    Em um time sólido e estruturado, com a defesa bem montada, a partir do meio campo, onde zagueiros não fiquem tão expostos e no mano-a-mano frequentemente, acho que irá bem.

    Concordo que está bem desgastado, mas tem espaço no time / SPFC.

    Rodrigo Caio tem o meu respeito, apesar de achar que não seja craque.

    • Exato.
      Bom jogador, defende com profissionalismo e dedicação o clube em que joga, bom de ambiente… Mas não é o craque como alguns apregoam. Também entendo que pode ser útil, mas a posição dele é de volante e não na zaga.

    • Mas ele não jogou num SPFC assim?Jogou em 2014 quando o time foi vice-campeão do Brasil, mas não mostrou diferença alguma do que fez e faz agora.

  5. O futebol desaparece por que os.melhores não ficam.no país, eles são vendidos no berço, nos já tivemos equipes com 6 jogadores convocados para a seleção brasileira e uns 4 que tinham condições mais haviam outros.melhores nos outros clubes. Hoje somos terceiro mundo na qualidade dos atletas, estamos recorrendo. A equatorianos , paraguaios de segunda linha pra melhorar a qualidade das equipes. Com a globalização do esporte ficamos pra trás, não conseguimos competir com os altos salários e os custos de transferência estratosféricos .

  6. Rodrigo caio vai jogar muito quando entrar no time.

    com o SPFC arrumado como está, a individualidade dele vai aparecer.

    Estamos precisando dele na jogada ofensiva aérea… é sem dúvida o melhor finalizador de cabeça do time.

  7. Gosto muito do futebol do Rodrigo Caio,, defensivamente ele e muito bom, joga nas duas posições da defesa, coisa rara em defensores, e tem uma saída de bola irrepreensível, o que hoje e uma falha da nossa equipe, no ultimo jogo o Anderson Martins quase entrega a vitória numa saída horrorosa.

  8. esse argumento também e importante,, so temos 4 zagueiros no elenco. e o mínimo para a posição, se vendermos o Rodrigo ficaremos com 3 e ai temos que pensar no improviso do Edimar ou tentar um zagueiro da base , para uma equipe que esta disputando titulo não e a melhor opção.

  9. Não curto essas materias promovendo dirigente. Daqui a pouco sai uma materia elogiando Leco pela escolha do triunvirato no futebol, que fez oq se deve fazer e bla bla bla. Raí vai bem, mas quem está em evidência e o SP. É o time que deve ser reverenciado e ao final os dirigentes serem avaliados. Foram cometidos erros, mas até aqui os acertos são maiores.
    Pra quinta feira iria com todos os reservas, time titular nem viajava. Isso pode trazer consequencias depois. Embora entenda a vtd de tds em devolverem a derrota pro time ruim do Colón.

    • Creio que Leco não tinha um planejamento. Talvez o pensamento fosse usar mais um ídolo como escudo, ou seja, o tiro certo foi mais por sorte do que por competência. Dizem que seu mérito é delegar funções e não se meter como fazia antes. Mas creio que isso ele só o faz nesta boa fase e que se as coisas desandarem, voltarão as ingerências. O próprio Raí deve ter essa desconfiança e por isso trouxe RR e Lugano para se fortalecer.

  10. Ricardo Ruiz e Icarodm, apenas um toque: cuidado ao falar do Leco!!
    Tem gente que ficará indignada e certamente os
    classificarão como anti-saopaulinos.
    Falar do Leco?
    Não pode!
    Afinal ele é fantástico (tá certo que só nos ultúlti 6 meses… Rsss), e quem o crítica não torce de verdade para esse clube. Talvez vcs sejam chamados também de frustrados ou magoados por algum motivo imaginário… Rsss
    Mas enfim…

  11. Gente, gente… Já venho falando há alguns dias: olho no Inter.
    Detalhe: depois do Grêmio com 8 gols sofridos, o Fla e o Inter tem 12 gols. As 3 melhores defesas do Brasileirão.
    E outra: o Inter só tem o Brasileiro pra disputar.
    Eu aposto que logo logo eles passam o Fla e ficarão colados na gente.
    O perigo, pelo visto, vem do sul…
    SP tem que aproveitar essa sequência de 5 jogos que iniciou ontem e termina contra o Flu.
    Como vários colegas aqui também chamaram a atenção: olho no Inter!!!
    O jogo contra a Chapecoense será o mais complicado dessa sequência. Acredito na vitória mas não será fácil…
    E sou capaz de apostar que terminamos o turno em 1o e com o Inter em 2o…

  12. O Fernando Goiano postou no início e eu concordo: um time reserva e descansado com mais uns 3 ou 4 titulares (no máximo) dão conta de vencer o Cólon. Eu não arriscaria mandar a campo força máxima jogando na Argentina na quinta, para 3 dias depois fazer um jogo fundamental e contra um adversário chato.
    É desgastar demais alguns jogadores (sobretudo o Nenê) e correr o risco ainda de machucarem alguns que acabem ficando de fora no domingo.
    É muito arriscado!
    Poderia até levar alguns atletas, mas para ficarem no banco!

Deixe uma resposta