Raí apresenta E. Felipe, fala sobre interesse italiano em Trellez, Morato, Novos Reforços, Rodrigo Caio e mais…

Raí começa falando:

– Estamos muito felizes, contentes, esperançosos para apresentar o Everton Felipe, um jogador que será importantíssimo para o São Paulo, pela construção do elenco, pelo talento, pela versatilidade dele, e também por ser um atleta para nos ajudar no futuro. Tenho certeza de que terá uma história linda no São Paulo.

Agora fala Alexandre Pássaro, também diretor do São Paulo:

– Estamos contentes em apresentar nosso novo reforço. A negociação tem um modelo diferente. É um empréstimo até o final de 2019, com obrigação de compra baseada em performances esportivos que imaginamos que possa se concluir. Confiamos que vai nos acompanhar em longo prazo. Foi uma negociação extensa, com concorrência, e sempre estivemos muito confiantes pelo desejo o Everton e vestir a camisa do São Paulo. Vimos no Morato uma oportunidade para o São Paulo. Sabíamos do interesse do Sport nele. Fizemos um acordo em que a gente reempresta o Morato ao Sport, com anuência do Ituano, para que possa jogar, e mantivemos a opção de compra.

Everton Felipe escolhe a camisa 18.

Everton começa falando sobre a importância de Raí na decisão de jogar no São Paulo.

– Aconteceu que ele ligou para meu empresário, que externou a vontade deles. quando sabe que o Raí conta com você, as coisas mudam, porque tem uma história sensacional no clube e no mundo. Disse que queria vir porque é muito importante para mim, porque o São Paulo já tinha me sondado quando eu era pequeno. Estou realizando essa vontade. Tem também o Diego Souza aqui. Pude ver que o ambiente é muito bom.

Jogador agora fala sobre seu estilo de jogo e recuperação de lesão

– Não gosto muito de comentar. No decorrer do tempo, foram 124 jogos no Sport, e joguei em várias funções, até de 9. Joguei nas pontas, no meio, me adaptei muito rápido. Minha lesão foi no dia 1 de setembro, e passei por um processo muito difícil. Em março, consegui voltar, entrando aos poucos. Fiz alguns jogos. Contra o Grêmio, decidimos que não poderia fazer o sétimo jogo.

Everton fala sobre chegada em um time acertado

– Chegar no líder do campeonato já é uma responsabilidade. Primeiro tenho que achar espaço no grupo. Estou chegando para ajudar. Chegar à liderança é difícil, mas se manter é muito mais difícil.

Everton agora comenta o porquê de escolher o São Paulo

– Vem desde meus 13 anos. tinha muita vontade de jogar aqui. Sempre ficou aquela vontade. Quando o Raí ligou, fiquei numa felicidade muito grande, o craque que foi, foi muito diferente. Disse que queria o São Paulo, tive propostas até melhores, mas a vontade foi maior.

Everton agora fala da relação com Diego Souza

– Minha amizade foi quando cheguei do empréstimo com o Inter, e o Diego retornou ao Sport, comecei a ter oportunidade, e o Diego é de grupo, ajuda todo mundo. Ele me abraçou, ajudou muito. Fiz uma parceria boa com ele.

Raí fala agora sobre Everton

– O Diego Souza rapidamente se tornou um grande líder. Tem importância muito grande. Minha ligação para ele foi importante para a gente também. A vontade na voz, a gente sente, a postura, pelo tamanho do São Paulo. E também a personalidade dele. Isso nos deu segurança, pela postura dele com 21 anos. Temos um projeto de ambições.

Raí fala sobre Tréllez

– Não tem nada em relação ao Tréllez. Não houve nenhum contato de equipes italianas. Ele fez um gol importantíssimo. Nenhum pensamento aqui do São Paulo e nenhum contato.

Everton fala mais de Diego Souza

– É muito brincalhão, e eu sou também. Temos que levar tudo na alegria. ele gosta de jogar dominó, ficar brincando, na resenha, eu ia para a casa dele, e esse laço de amizade foi criando a partir do campo. Ele deixa o elenco muito leve. Pensei que era um cara polêmico, e tem um coração sensacional, que faz todo o grupo se abraçar.

Raí fala sobre a possibilidade de mais reforços

– Tivemos a saída do Morato e a chegada do Everton. A gente não pensa em mexer em outra peça. Temos que pensar também no aspecto financeiro. Estamos satisfeitos com esse grupo.

Fala Everton

– Vestir a camisa do São Paulo é um peso enorme, mas gosto dessa responsabilidade. Não é momento de pensar em objetivos pessoais. O que o professor Aguirre precisar, vou fazer.

Raí fala agora sobre Rodrigo Caio (possível saída) e reposições recentes no elenco

– Já era esperada essa volta dele. Vê-lo bem nos deixa muito felizes. Pela história que ele tem, pela postura, por ser um jogador de seleção, obviamente qualquer elenco do mundo gostaria de contar com ele. Ele teve várias propostas, de clubes de médio para grandes, propostas importantes. A gente, no momento, com a recuperação dele, pensa nele com o São Paulo, é mais um jogador de seleção no São Paulo.

Fala Raí

– Não quisemos mexer na essência, mas sabíamos que, com um ou outro, não havia possibilidade. Contactei o Bruno Peres em dezembro, falamos sobre o Rojas uns meses atrás, estávamos monitorando. O Everton Felipe se encaixa nisso também. É jovem, pode atuar em funções estratégias e ir conquistando seu espaço na equipe titular.

GE

26 comentários

    • Se o Aguirre indicou.
      Se o R.R. endossou.
      Se o Lugano aprovou.
      Se Raí autorizou.
      Se o Pássaro negociou
      Se o Leco assinou.
      Se o SPFC contratou.

      “Tudo está no seu lugar, graças a Deus”.

      Segue o líder.

      • Adiciona aí o Jardine. Li numa matéria que quem queria trazer o Everton Felipe, desde as bases, era ele. Agora aparentemente a direção dá mais moral pra equipe técnica.

      • E além de tudo o que o Rai tem feito, não caiu na arapuca do Scarpa…. Que o Rai e sua comissão permaneça aonde está por muitos e muitos anos…

  1. Estou bem animado com essa contratação pois já vi bons jogos pela série A. Sei que a camisa pesa mas sei também que ele curte jogos importantes e não se esconde.

    Vamos em buscar de mais um título 💪🏻

  2. Que a Zica do Tromba que Eu Caio não contamine o bom momento do time. Se voltar o time já sabemos o resultado. Seu perfil perdedor nada tem haver com o time atual.

  3. Além dos 11 titulares, estamos aumentando a qualidade das peças de reposição. São só 8 meses de trabalho do Raí. Logo logo teremos um elenco capaz de disputar a taça em mais de uma competição.

  4. Até que enfim temos uma direção de esportes que há muito tempo não víamos no São Paulo e um time promissor. Não tenho dúvida de que vamos deslanchar este ano e que, no ano que vem, estaremos quase entrando no ponto ideal. Daí para ferente será apenas uma questão de detalhes para voltarmos a ser o melhor do mundo.

  5. Incrível como o astral de modo geral mudou não?
    Mesmo que não consigamos ganhar um título esse ano a semente foi plantada e vai germinar forte. Tenho certeza!

    • Não queria dizer, aliás, nem pensava dizer isso um dia, mas, precisamos manter o “Leco” na presidência. Já pensou se outro entra e mete o pé no “balde”. Desmonta toda essa diretoria de futebol?? O ambiente, como diz você, a anos não se via em tanta harmonia e paz.

    • A duvida é se o Everton Felipe vai conseguir fazer a função de armador, tal qual vem fazendo o Nene…

      Na boa, se eu fosse o Aguirre, entrava no jogo de volta da Sula com Shaylon na armação…

  6. Boa noite! Soh passei pra dizer:#SEGUEO LIDER ”
    Voces souberam do canal EI? Fiquei muito triste,pois curtia muito a programacao deles.

Deixe uma resposta