4×1: Rodrigo Caio e Régis atuam em jogo treino. Shaylon com 3 assistências e Trellez com 2 gols são destaques!

Em jogo treino realizado hoje, o São Paulo venceu o Atibaia por 4×1.

Jean, Régis, Luan, Rodrigo Caio e Caique; Jucilei, Shaylon, Araruna e Lucas Fernandes; Carneiro; Tréllez. Duas linhas de quatro, com Carneiro centralizado mais à frente, encostando em Tréllez.

Os destaques ficaram para Shaylon que deu 3 assistências, Trellez que fez 2 gols e para os retornos de Régis e Rodrigo Caio ao time.

Ambos foram bem. Paulinho Boia também entrou e teve atuação destacada e fez gol. Lucas Fernandes fez o outro.

Blog do São Paulo

14 comentários

    • Gosto do Shaylon. Ótimo passe, visão de jogo e chute. A bola parada dele é muito boa tbm (pra mim, melhor do que a do Nene).
      Discordo totalmente de quem fala q ele nao aproveitou as chances q teve. Penso que entrou bem quando teve oportunidade. Pra mim, falta sequência pro mlq, entrando mais vezes no decorrer das partidas.

      • Contra o Colón ele entrou muito bem. Só depois que ele entrou que conseguimos colocar a bola no chão e tocar com qualidade, mas nitidamente ele entrou pra fazer a transição da defesa pro ataque e não pra ser o armador, tanto que entrou no lugar do B. Peres e não do Nenê. O mapa de calor dele é mais recuado do que o do Hudson. Aí como ele não deixou ninguém na cara do gol ou não fez gol, uma galera aí fica falando que ele foi mal.

        Ele já tinha entrado bem contra o Cruzeiro.

      • Concordo com absolutamente tudo, lembrando tb que arrancou o empate com um chute fantastico no começo do Brasileiro contra o Bahia na Fonte Nova. Quem sempre entra horrivelmente mal e paradoxalmente tem mais chances é o Lucas Fernandes.

        • Achei que o L. Fernandes foi bem nos jogos contra o Bahia (foi o que mais criou no primeiro tempo daquele jogo), Vitória, São Caetano (teve participação direta no gol da classificação) e Corinthians (primeiro jogo da semi, entrou dando um novo gás no segundo tempo), mas também tem jogos muito ruins nesse meio tempo, como contra Inter e Grêmio.

          Essa molecada precisa de sequência pra desenvolver, só que não tem como, não estamos em condições de “testar” jogadores. Só pra ter uma comparação, o E. Felipe tem 8 mil minutos como profissional. O L. Fernandes tem 2 mil e o Shaylon tem 1200. A hora pra testar era no paulista, mas o “gênio” do Dorival conseguiu passar sufoco na primeira fase de um dos grupos mais fáceis…

  1. Espero bastante do Shaylon. Sempre que entra mostra algo produtivo. Joga bem como meia avançado, mas algo me diz que no esquema do Aguirre renderia muito melhor se fosse mais recuado, no estilo Ganso de Bauza.

    Sinceramente, pelo desgaste que o Nenê vem apresentando, acho que já é hora de colocá-lo ao menos o tempo para jogar e manter a intensidade, enquanto o Nenê vai se recuperando aos poucos.

    • É melhor do que o Flamengo tem lá. A real é que falam que o Flamengo tem um baita elenco, mas o time dos caras é bem superestimado. O time titular não é confiável e os reservas tem nome, mas não jogam nada há algum tempo. Não tem zagueiros bons, o menos pior é o Léo Duarte que tem potencial, mas ainda não é zagueiro pra ser titular em time brigando por títulos, não tem laterais bons, reservas ou titulares. Tem um ótimo volante que é o Cuellar e só. Arão e Rômulo tem nome, mas não jogam nada, o Piris que chegou é incógnita e o moleque que jogou ontem se equipara ao Luan daqui. Tem um ótimo meia (porém bastante irregular) que é o Paquetá, tem o Diego que se o jogo fica um pouco mais difícil ele some. Nas pontas os caras tem Vitinho que é incógnita (não é o novo Pelé que a imprensa diz), Everton Ribeiro (muito bom) e os reservas que tem nome (Marlos Moreno e Geuvânio), mas render mesmo ainda não renderam. E como 9 tem o Uribe que parece ser bem fraco e o Henrique Dourado que só faz de penalti.

      Enfim, do elenco inteiro deles os únicos jogadores que eu traria pro SP seriam Paquetá, Cuellar e Everton Ribeiro. Talvez o Renê pra ser banco do King. O resto… tô fora.

    • Eita… Ele é bom jogador, mas faz muita cagada e já não é mais jovem… Vai vir pra terminar de enterrar o Clube de Cheirinhos Flamengo

  2. Acho que esse time poderia ser o time contra o Colón (se estiverem disponíves R. Caio e Régis. Sei que o Luan não está inscrito). Jean, Régis, R. Caio, B. Alves, Caíque, Jucilei, Araruna, Shaylon, L. Fernandes, Trellez e Carneiro. E só levaria Perri, Paulinho Boia, Edimar e mais um volante pro banco. Contra o ferrolho que eles vão montar lá vamos precisar do chute de fora da área (Shaylon, LF e até Araruna) e da bola aérea. Caíque e Régis são bons cruzadores e Trellez e Carneiro bons cabeceadores.

    Os titulares precisam descansar, os reservas precisam jogar, a molecada precisa de experiência internacional e nosso time reserva é, no mínimo, do mesmo nível do titular dos caras.

  3. Acredito no Shaylon, acho que merecia um pouco mais de oportunidade, armação não está legal 1 tempo?, deixa o rapaz jogar 2 tempo inteiro.

Deixe uma resposta