São Paulo muda postura no mercado da bola e passa a olhar os mais jovens

Mesmo com a liderança do Campeonato Brasileiro, o São Paulo tem trabalhado para reforçar o seu elenco. Nesta terça-feira (7), o clube anunciou a contratação de Everton Felipe, um sinal de que a postura do departamento de futebol tricolor mudou. Antes, os dirigentes estava mais focados em buscar atletas experientes, que chegassem prontos para resolver a situação. Agora, a diretoria tenta também investir em jovens talentos, que podem vingar em um futuro breve, como o meia de 21 anos que estava no Sport. “Acho que ele [Everton Felipe] cai como uma luva no que a gente pensa. São jogadores jovens. Se vocês pegarem as nossas contratações, são muitos jogadores com experiência, de 28 ou 29 anos. Temos conversado – o presidente, Raí, eu, Lugano, e o próprio Aguirre – e está na hora de a gente pensar em contratações de jogadores mais jovens, também”, disse o coordenador de futebol do São Paulo, Ricardo Rocha.
“Temos de resgatar isso. Não só o que a gente tem na base, mas que esses jogadores novos venham e conheçam o que é o São Paulo, o espírito do São Paulo. E é isso que está acontecendo. Estamos tentando fazer da melhor maneira possível isso, resgatar as contratações de jogadores experientes, mas não se esquecer dos jogadores jovens”, completou o dirigente. Até mesmo nesta linha de raciocínio, o São Paulo também acertou a contratação do atacante Ceará, que defendia o Treze da Paraíba na Série D do Campeonato Brasileiro. O jogador, de 21 anos, está emprestado até o fim desta temporada.
“Estamos de olho. A gente contratou um jogador, o Ceará, da Série D, que defendia o Treze. Quem conhecia Mineiro? Aloísio? Fabão? E o São Paulo trouxe jogadores e resgatou esses nomes”, comparou Rocha.
Palavra do presidente
Quem também está satisfeito com o elenco do São Paulo é o presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. Segundo o mandatário, a tendência agora é de Tricolor acertar apenas reforços pontuais ou frutos de negócios de ocasião para o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana.
“O São Paulo está satisfeito com o elenco que formou. Estamos felizes com a chegada de um novo grande jogador [Everton Felipe] do futebol brasileiro. Sempre estamos abertos para a possibilidade de qualquer reforço, mas estamos formados. Esperamos chegar bem até o fim do ano”, disse Leco, que não descarta também a transferência de algum atleta.
“Não sei [se vai negociar mais alguém]. É uma perspectiva que sempre existe. É um movimento natural no futebol. Hoje aqui [na homenagem para 99 ex-jogadores do São Paulo] nós tínhamos uns 36 ex-atletas, salvo engano. Vários deles que vestiram e honraram nossa camisa e saíram em algum momento. Então, isso pode acontecer”, explicou o presidente.
UOL

7 comentários

  1. Se o Aguirre indicou.
    Se o R.R. endossou.
    Se o Lugano aprovou.
    Se Raí autorizou.
    Se o Pássaro negociou
    Se o Leco assinou.
    Se o SPFC contratou.

    “Tudo está no seu lugar, graças a Deus”.

    Segue o líder.

    Ainda sobre a noite de ontem, foi um daqueles eventos para todos os sãopaulinos viverem uma felicidade intensa.

    #Valeu SPFC.

  2. Assistindo ontem alguns momentos de Estudiantes x Grêmio fiquei perplexo em ver dois jogadores da base do Estudiantes que nunca haviam jogado antes entrarem e jogarem um bolão. Enquanto isso Brenner chora contra o Guarani da capital e tem chilique contra o Colon. Acho que esse aí não vai dar em nada.

  3. Concordo. Criaram uma ilusao de que tudo o que sai de Cotia e melhor do que qualquer outra coisa e não e bem assim.

    Lucão e Sergio Motta estao aí para contar histórias.

    Temos que ser mais criteriosos ao analisar alguns de Cotia e nao ficar fantasiando atuações nunca acontecem enquanto o tempo vai passando.

Deixe uma resposta