Legião de Pendurados preocupa o São Paulo: São 9 jogadores podendo ficar de fora contra o Corinthians

O jogo contra o Flamengo marcará a volta do Campeonato Brasileiro e um jogo entre o líder e o 3o colocado.

Um clássico nacional que será duríssimo e o Tricolor atuará fora de casa. O time vem bem e motivado mas um ponto preocupa: o número de pendurados.

Ao todo, são 9 sendo 7 deles titulares: Jucilei, Hudson, Nenê, Militão, Liziero, Everton, Régis Souza, Arboleda e Sidão.

O jogo seguinte já é diretamente contra o Corinthians no Morumbi. Além de tudo, uma atenção a mais para os jogadores do Tricolor nesta dura sequência do campeonato.

Blog do São Paulo

24 comentários

  1. O único que certeeeeza que não irá tomar amarelo é o Sidão… lembro do Dênis no gol e a eu torcendo pra ele levar cartão, perder o ônibus, luxar o dedo da mão, sei lá… qualquer coisa pra ele sair… mas o cara era resistente mano… chegou a vez do Sidão, o highlander da vez… caras que sabem de sua limitação tem medo de darem chance a outro e não voltarem nunca mais…. mesmo ganhando o jogo vai dar chutão pra frente rapidamente pra não ser amarelado….

  2. Só acho que não temos reposição à altura para o Nenê e Everton. A não ser que os 2 volantes tomem cartão, porque para substituir 1 temos o Lizieiro. O Arboleda apesar de ser melhor, temos o Bruno Alves. Então os que preocupam mesmo são Nenê e Everton.

  3. São Paulo FC

    Verified account

    @SaoPauloFC
    17m17 minutes ago
    More
    Atenção: devido ao altíssimo fluxo de são-paulinos no site da Total Acesso, muitos estão enfrentando problemas para efetuar a compra de ingressos. Não à toa, já foram vendidas mais de 30 mil entradas para o clássico de sábado. Arquibancadas Azul, Amarela e Laranja esgotadas!

  4. O juiz é o mesmo safado mal intencionado dos jogos contra Inter (tivemos 3875983 faltas e eles só 8 num jogo que foi igual) e Ceará (penalti claro não marcado pra gente). Então seremos roubados contra o Flamengo e prejudicados para o jogo com a galinhada. A diretoria do SP melhorou em muita coisa, mas essa passividade com arbitragem nos bastidores me tira do sério…

    • Rodriguinho é fraco demais… Jogador no máximo mediano, só faz um ou outro bom jogo, isso no futebol brasileiro que é de baixíssimo nível.

  5. Irritante esta empresa Total Acesso! Estou há horas tentando comprar ingresso para o jogo de sábado e simplesmente não consigo. Desrespeito total com o torcedor! Alô Diretoria! Abaixo o post muito bom feito pelo tricolor Daniel Perrone:

    TOTAL FRACASSO: ATÉ QUANDO?
    O torcedor do São Paulo mais uma vez passa sufoco ao querer adquirir o seu ingresso as vésperas da volta do Campeonato Brasileiro. O sistema da Total Acesso, empresa que comercializa os bilhetes dos jogos do clube, novamente caiu, deixando muitos compradores sem saber se foram debitados ou não.

    Sem um canal de atendimento decente no seu site, a empresa rapidamente entrou nos trending topics do Twitter Brasil desta terça-feira, com reclamações de todas as naturezas. Tive a informação que o sistema foi abaixo devido ao alto número de usuários em operação. De novo? Não interessa ao torcedor o motivo dessa instabilidade técnica e também não há desculpa para o erro: o site teve tempo de sobra durante a Copa do Mundo para planejar as vendas e não o fez, mesmo após pedidos de vários canais que representam a torcida. Não dá para falar que o problema é de hoje. Desde 2012, após o tumulto generalizado das vendas da Sul-Americana, o torcedor experimenta erros, atrapalhadas e incompetência acumulada.

    Até quando o São Paulo carregará o fardo dessa empresa? Por que ano após ano de erros o clube não toma uma providência definitiva? O que prende o Tricolor na Total Acesso, que vira e mexe falha no cumprimento da sua função?

    A experiência frustrada de usuário em sites de compras é um dos grandes problemas do comércio eletrônico. O cliente não volta mais. Sorte do São Paulo que seu ‘usuário’ não muda de time, mesmo experimentando todo o tipo de problema. Mas uma hora cansa. Um clube grande como o nosso precisa de um serviço muito mais digno que este oferecido. Não vejo problema deste tamanho em rivais. Já que o MP proíbe venda de arquibancadas nas bilheterias, que tal COPIAR o que está sendo bem feito nos outros?

Deixe uma resposta