Flamengo está desesperado para liberar Guerrero para jogar contra o São Paulo mas CBF não deu respaldo sem ofício da FIFA

A Fifa comunicou, nesta terça-feira, que respeita a decisão do Tribunal Federal de Lausanne, que concedeu efeito suspensivo provisório ao atacante Guerrero. Procurada pelo GloboEsporte.com, a entidade máxima do futebol informou, por email, que “cumpre a decisão”. No entanto, a CBF ainda não recebeu um ofício com a posição da Fifa.

O Flamengo espera que possa receber a confirmação sobre a situação do jogador em breve. Entretanto, a CBF afirmou, ao GloboEsporte.com, que aguarda a documentação necessária para mudar o status de Guerrero na pré-súmula, sistema implantado em 2015 que indicam risco ao escalar um atleta. No momento, o peruano está “com restrições”.

– Essa informação é nova, eu ainda não tinha. Mas ele é sim uma das opções. Estando liberado, claro, é uma opção que tenho. Estamos aguardando uma posição oficial da CBF para saber se podemos escalar o Guerrero – disse o técnico Mauricio Barbieri em coletiva nesta terça.

Em tese, o atacante está liberado para jogar. No entanto, faltam as manifestações oficiais de todos os órgãos competentes para que o Flamengo tenha a segurança jurídica para escalá-lo. Também nesta terça, a Corte Arbitral do Esporte, órão que impôs a punição a Guerrero, informou ao GloboEsporte.com que, enquanto a decisão do Tribunal Federal da Suíça não for revertida, o peruano está liberado para jogar.

A resposta da Fifa ao GloboEsporte.com diz o seguinte:

“A FIFA cumpre a decisão do Tribunal Federal de Lausanne de conceder efeito suspensivo provisório à sanção imposta pela Corte de Arbitragem do Esporte, após recurso interposto contra a decisão de um órgão judicial independente da FIFA contra o jogador Paolo Guerrero depois de uma violação da regra de doping. Não temos mais comentários”.

GE

17 comentários

  1. José Calil

    @calilcomc
    Follow Follow @calilcomc
    More
    Mesmo depois de saber que o atleta estava contratado pelo Santos, Alexandre Mattos fez proposta dobrando o salário para levar Carlos Sanchez para o Palmeiras. Honrando a palavra empenhada o jogador decidiu jogar mesmo pelo clube da Vila Belmiro.

    Oloko! Dizem que ele ia fechar com o Santos por 400 pilas/mês….
    Provável que o tal do ‘Mitto$$’ vá pra cima do Pérez.

Deixe uma resposta