‘Não estou plenamente satisfeito’, diz Aguirre

Apesar das seguidas boas atuações do São Paulo na temporada após sua chegada, o técnico Diego Aguirre ainda não está plenamente satisfeito com o rendimento de seus comandados. Logo após o triunfo diante do Vitória, no Morumbi, por 3 a 0, o treinador uruguaio fez questão de elogiar a conduta de seus jogadores, mas não escondeu sua opinião de que a equipe ainda tem defeitos a serem consertados.

– Não estou plenamente satisfeito, nenhum técnico nunca está. Estamos em um processo de melhora, em um processo de evolução, mas ainda temos muitas coisas para trabalhar. Não vou falar dos problemas do meu time, mas vamos trabalhar. Não é focar nem no ataque e nem de defesa. Temos que trabalhar para melhorar todo o possível – afirmou o treinador ao ser questionado sobre qual seria o foco dos trabalhos após a parada do Brasileirão durante a realização da Copa do Mundo.

Três meses após assumir o comando da equipe do Morumbi, Diego Aguirre conseguiu resgatar a confiança da torcida, tornar o time mais competitivo e deixar o São Paulo no G4 do Brasileirão. Mesmo assim, o uruguaio fez questão de passar os méritos para os jogadores.

– Não vou a falar do São Paulo antes que estive aqui porque não posso fazer uma análise vendo somente três ou quatro jogos. Desde o dia em que começamos a trabalhar aqui, os jogadores demonstraram muita atitude nos treinos. O mérito é deles. Nós tentamos organizar, motivá-los e a qualidade é deles. O sacrifício é deles. Então, é bom neste momento para os jogadores. Ainda temos muito para melhorar – cravou.

Depois de derrotar o Vitória e assumir a vice-liderança na tabela do Campeonato Brasileiro, o São Paulo ganhará uma folga de treze dias. O elenco se reapresenta ao CT da Barra Funda no dia 26 deste mês e fará uma intertemporada em Cotia. Ainda não há amistosos agendados no período.

Confira outros trechos da entrevista coletiva do técnico Diego Aguirre:

Desempenho da equipe diante do Vitória
No momento difícil de jogo, onde nós não estávamos pegando muito na bola, apareceu o lance do Nenê e ficamos com um homem a mais. Ganhamos merecidamente. Depois do que aconteceu, tenho falado que parece muito mais tempo e somente três meses que eu assinei contrato com o São Paulo. As expectativas sempre foram altas, em um time como o São Paulo você precisa pensar em coisas importantes.

Atuação do meia Nenê
É um jogador excelente, que está em alto nível e é um exemplo para os meninos e para todos os jogadores. Com 37 anos não é fácil marcar a diferença. É uma fase muito boa e tem muita vontade. Tomara que possa manter esse nível e continuar ajudando o time como está fazendo até agora.

Três meses de trabalho no São Paulo 
Falo isso porque aqui tem tantos jogos. Quando comecei aqui não tive momento para trabalhar com responsabilidade. Sempre com a obrigação de ganhar, de melhorar, de mudar a imagem. Perde mais tempo. Isso parece que fosse mais tempo.

Parada para a Copa do Mundo 
A parada é boa. É o que temos, então tenho que pensar que é boa.

Foco do segundo semestre
Para mim, a Sul-Americana é importante. Não estamos com mais foco no Brasileiro. Queremos ganhar a Sul-Americana. Vamos ter muitos jogos, os mesmos que disputam Libertadores e Copa do Brasil. Não temos vantagem e vamos brigar pelas duas competições.

Sequência complicada no retorno após a Copa do Mundo 
De tudo um pouco. Tenho muita coisa para fazer e serão jogos decisivos. Serão jogos difíceis para nós e para eles. A primeira coisa é pensar é no jogo contra o Flamengo, que é o próximo jogo. imagino um jogo espetacular com um estádio lotado.

L!

23 comentários

  1. Sem dúvida um começo para comemorar. Aguirre ainda tem de acertar muita coisa. O Vitória é ruinzinho e não serve mito de parâmetro. No começo teve uma jogada que o Sidão acabou defendendo, mas que só aconteceu por um erro ridículo de marcação do .Reinaldo. O cara que ele está marcando toca a bola, O Reinaldo se vira pra ver onde foi a bola,, o cara passa nas costas dele e sai na cara do gol. Seria um a zero pros baianos e a história poderia ser outra. Felizmente não foi.

    • Julio, eu acho que o tempo de folga é médio. Visto que a temporada teve inicio antecipado por conta da copa do mundo. Esse 12 dias servirá (creio eu) para comissão e diretoria poderem trabalhar mais tranquilos em relação a reforços e melhorias do esquema de jogo.

    • Também acho viu… Confio no Aguirre… mas que da medo do time perder o embalo, isso dá. Espero que esses dias sirvam pra reforçarem o time, e na hora que voltar o grupo esteja completo. Tem que marcar uns amistosos também…

  2. Subiu a faixa, agora só falta tirar Joli, Urbano e Poty. Coisa feia demais essas marcas que dão merreca e só polui o uniforme.

    Aguirre vai ser o melhor técnico depois do Muricy.

    • Deveria refletir um pouco antes de fazer esse tipo de crítica. estas empresas abraçaram o SPFC num momento ruim , onde as demais nem se interessaram pelo clube. Respeito demais essas marcas e agradeço pessoalmente por patrocinarem meu SPFC

      • Com todo respeito amigo, mas não existe almoço grátis.

        Apesar de merecerem respeito, essas empresas não estão fazendo caridade, o São Paulo foi quem abriu suas portas para empresas que em outros tempos só estariam em pequenas equipes do interior, dando oportunidade de explorarem logotipos gigantes como outdoors em uma camisa valiosa como a nossa.

        Quando estávamos sem patrocínio master, até entendia essa necessidade, hoje já não faz mais sentido mantê-los.da forma que estão hoje.

  3. Essa melhora passa por um goleiro mais confiável.
    Agora eu quero ver o SP golear, de preferência as galinhas no Morumbi. Já humilharam, massacraram o SP na boa fase, agora chegou o momento do SP retribuir. Quem sabe um 6×0, sem essa de tirar o pé como eles sempre pedem quando estão em má fase.
    A sequência pós Copa será extremamente difícil, foco e determinação.

  4. O pessoal comenta as especulações de jogador como se fosse Football Manager…

    “Traz o David Neres”, “Traz o Lucas Moura”… e por aí vai!

    Gente, o que faria com que os times europeus liberassem esses jogadores de destaque para nós de graça? Pois não temos dinheiro para contratar jogador desse nível.
    E mesmo se liberassem de graça, com que grana pagaríamos os salários deles? A Europa não é que nem a China que libera jogador de graça e ainda paga metade do salário… E mesmo os chineses estão mais espertos – você não encontra mais um Hernanes que ganha 2,1 milhões por mês vindo pro Brasil com 70% do salário pago. No máximo você encontra um Wellington Nem que vem todo bichado pra gente recuperar o jogador.

    Mais pés nos chãos, pessoal. Sonhar não custa nada, é verdade, mas se for pra sonhar, vamos sonhar com Messi, CR7 e Neymar…

  5. Certíssimo o Aguirre, temos muito ainda para melhorar, apesar da boa posição no campeonato, afinal daqui a pouco abre a janela e a maioria dos times vão mudar bastante comparado com agora…

  6. Concordo o bom início é para comemorar mais para conquistar algo melhor e preciso melhorar
    muito ainda é a diretoria tem que reforça esse time. Investir agora pode nos trazer um título.

  7. Curioso como técnicos estrangeiros, em geral, são mais honestos e diretos dos que os brasileiros. Os daqui ficam desviando muito os assuntos, um pouco de medo de falar que não está bom.

    Curioso.

  8. Muito satisfeito com o técnico. Uruguaio no SPFC é impressionante.

    Gostaria de ver um centroavante.

    O resto, deixa o trio de ídolos e o técnico decidirem. Eles estão pensando no longo prazo.

    E para aqueles que criticaram o Raí, maior ídolo tricolor, um lembrete de que torcedor deve torcer e pressionar político, e não desmerecer gente que ama o clube e tem uma história gloriosa.

    Deixem Raí, Lugano e R. Rocha trabalhararem.

    • Perfeito!

      E teve um que ousou chamar os três de “três patetas”!!

      Meu Chessus!! Certeza que era uma peppa infiltrada, toda hora comentava jogo deles…

  9. Só mais uma coisa: prevejo títulos. E grandes títulos nos próximos 3 anos.

    Basta de imediatismo, de barriga de aluguel e de torcedor corneta de jogador da base ou que acabou de chegar. Tenhamos a maturidade que os nossos rivais aprenderam a ter.

Deixe uma resposta para Antonio Oliver Cancelar resposta