Depois de ser emprestado ao Estoril, de Portugal, Lucão volta nesta semana ao Brasil. Os europeus não ampliaram o vínculo com o zagueiro, que aproveita a pausa nas competições nacionais para analisar propostas e definir o seu futuro – ele tem contrato válido com o São Paulo até junho de 2019.

Nos próximos dias, o empresário do defensor, Jeferson Silva, vai se reunir com os integrantes do departamento de futebol tricolor para discutir o caso.

Segundo apurou a De Primeira, a princípio, a tendência é de o São Paulo não ficar com o zagueiro.

UOL