Chegou a vez de Morato?

Encostado na reserva do São Paulo, o atacante Morato pode conquistar um espaço na equipe após as saídas de Marcos Guilherme e Valdívia, este ainda sem estar 100% confirmado fora. Sem a dupla, o lado direito do ataque fica apenas com Lucas Fernandes e Paulinho Boia, além do camisa 38, que surge como outra opção.

Há uma possibilidade de Morato ser relacionado para a partida diante do do Atlético Paranaense, sábado, na Arena da Baixada. Após lesão no tornozelo esquerdo, o atleta treinou normalmente com os demais companheiros. Com as poucas opções ofensivas, sua ida para Curitiba está cogitada.

Desde que chegou ao Tricolor, em abril do ano passado por indicação de Rogério Ceni, Morato entrou em campo em apenas duas oportunidades. A primeira foi na Copa do Brasil de 2017, quando início como titular contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte. A outra foi pelo Paulistão, na semifinal contra o Corinthians.

Recuperado após cirurgia de reconstrução dos ligamentos colateral medial e cruzado posterior do joelho, o atacante busca vida nova no clube. Como o São Paulo deve ter uma debandada após a Copa do Mundo, surge aí a oportunidade para Morato mostrar seu futebol e tentar conquistar uma vaga na equipe titular.

SPFC

 

22 comentários

  1. Morato é a incógnita das incógnitas, em pouco mais de 1 anos de São Paulo, o cara fez uma boa e única partida antes de se lesionar, voltou e fez uma partida apagada, se lesionando novamente.

    • A partida apagada era normal.. voltando de lesão, ainda sem confiança e sem ritmo. Acho que se renovou contrato pra apostar no cara, tem de apostar pra valer e começar a utilizá-lo mais.

  2. Boa tarde

    Acredito que Moratto pode somar muito, mas precisa compor com a base : Toró e helinho.

    Raí trouxe de volta Reinaldo e hudson;
    Nenê ;
    And.martins
    Jean 6 milhões
    Trellez 6 🌽
    Dsouza 10 milhões

    Considero seu maior erro o Trellez , que parece ser muito fraco mesmo.
    Quanto ao goleiro, gostava dele já no Bahia. Tem que ter oportunidade.
    Carneiro, prefiro aguardar para dar opinião. Já tive paciência com coisa bem pior, tipo: Cícero, Tomaz, Wesley.

    Acho que este é um ano de começo de trabalho e reconstrução do clube, por isso espero resultados mais para o próximo ano.

  3. Por mim, pode vender alguns jogadores e fazer caixa para contratações pontuais.

    Saídas:
    Sidão, Valdivia, Cueva, R. Caio, Morato, Bruno, Militão, Petros e Trellez.

    Chegadas:
    Volpi ou João Ricardo
    Luis Segóvia ou Nico Tripichio
    Jean (ex-base, atual crefisa)
    Hernanes ou Scarpa
    Bruno Henrique (Santos), Bernard ou Lucas Moura.
    Calleri

    Depois é só esperar os títulos.

    • Só falta combinar com os compradores, Sidão. Bruno,Petros, Morato não tem interessados, R. Caio machucado tambem não tem, Valdivia, não tem como negociar pois não pertence ao São Paulo, Militão precisa renovar o contrato para poder negociar(provavelmente não vai renovar), Trellez nunca mais vai recuperar o valor pago, so se ele mitar e fizer uns dez gols no campeonato. Fica diicil.
      Volpi ta no México , so volta se quiser e pressionar, João Ricardo é aposta .
      LUis Segóvia ou Nico Tripichio, muito prazer nunca ouvi falar.
      Jean, acho que ja passou a melhor fase dele, e precisa saber se quer voltar.
      Bruno Henrique o Santos não vende, principalmente para o tricolor.
      Bernard, Calleri e Lucas Moura não querem voltar , pois tem mercado no exterior.
      As sugestões são boas , mas eu acho que fora da realidade tricolor.

    • Só Hernanes e Bruno Henrique ja elevariam muuuito o nosso nível. Problema do profeta é o salário…. duvido muito que vai deixar de receber o que ainda tem pelo restante do contrato. Bruno Henrique o SPFC deveria ter ido atrás no começo do ano…. o que já gastaram de salário com lixos + 6 milhões de Trellez, 10 do Jean, poderia ter trazido o cara….

  4. O pouco que se viu dele ele mostrou bom chute de fora da área, e quem sabe livre de lesões, não se torne uma boa opção? É colocar pra jogar e ver se merece essa camisa gigante.

    • Se o SPFC tivesse uma equipe de Scout verdadeiramente comprometida, na América do Sul tem bons nomes, na nossa realidade. Mas a realidade é contratar alguém machucado, em fim de carreira, com salário astronômico, de algum empresário parceiro do Leleco.

  5. Quando um jogador fica parado tanto tempo, é normal que apareçam outras contusões, mesmo que menos sérias, mas a chance de acontecer isso com o Morato é grande. E aí vai ser chamado de jogador de vidro, hóspede do Refis, etc.

  6. Nao acho que estamos como estamos por acaso, temos jogadores com lesoes cronicas, ruindade cronica, comissões cronicas, só me leva a crer que quem manda nao é Sao Paulino.

Deixe uma resposta