Liziero entende perda de espaço mas quer retomar titularidade

Liziero foi a principal novidade da base do São Paulo desde que Aguirre assumiu o comando. O volante esteve em 15 dos 17 jogos com o uruguaio, nove deles entre os 11 que começaram. Apesar disso, nos últimos tempos ele perdeu espaço no time. De titular absoluto virou opção na reserva.

Nesta terça-feira, contra o Inter, no Morumbi, às 21h30, pela décima rodada do Brasileirão, ele pode mais uma vez ter a chance de começar jogando. Com o desfalque de Hudson, com uma contratura muscular na coxa direita, Liziero disputa a vaga com Petros.

– Eu perdi um pouco de espaço, mas é natural. É o cansaço de muitos jogos, mas no dia a dia treino forte. Sempre ajudo todo mundo e o professor tem confiança em mim. Se eu tiver a oportunidade de jogar nesta terça-feira, vou dar o meu melhor – diz Liziero.

Liziero foi promovido para o time profissional para suprir carência na lateral esquerda, em um momento em que Reinaldo e Junior Tavares não estavam à disposição. Mas entrou em campo como volante, foi bem e se firmou na posição, sendo uma das peças principais de Aguirre no elenco.

Formado na base do São Paulo, ele vê com bons olhos a possibilidade de outros jogadores que fizeram o mesmo caminho terem chance contra o Inter, por conta da suspensão de Nenê e da saída de Marcos Guilherme. Mas acredita que a concorrência será pesada.

– Com essa saída do Marquinhos e o Nenê suspenso, todo mundo pode ter oportunidade. Não só a gente, da base, mas todo jogador do elenco. Nós temos qualidade para assumir esse papel – disse.

Para o lugar de Nenê, Lucas Fernandes e Shaylon disputam posição. Lucas Fernandes ainda pode ser usado na vaga de Marcos Guilherme caso não seja escolhido na armação. Nesse caso, Paulinho Bóia também está na briga. Todos eles formados em Cotia.

– A gente tem de mostrar dentro de campo. Quem estiver melhor nos treinamentos e tiver essa oportunidade de jogar, vai agarrar – completou Liziero.

Após nove rodadas do Brasileirão, o São Paulo aparece com 16 pontos, quatro atrás do líder Flamengo. O Tricolor, que era o único invicto até sábado, perdeu do Palmeiras na rodada passada.

GE

20 comentários

  1. Liziero tem que jogar no lugar do Petros e ponto final.

    Agora, acabei de ler duas notícias que me deixaram doido, depois do jogo na Porcolândia um porquinho na zona mista falou pro Petros que ele fala muito e faz pouco e o Petros embolachou a cara do rapaz, não devia porque o resto do time tava ali cercado pela torcida adversária e poderia dar merda.

    Segunda notícia Ricardo Rocha vai comentar a copa pela Fox Sports, porra o São Paulo vai tirar férias durante a copa? Esse sujeito não tem que ficar acompanhando o time? Aliás, além de ir contar causo na tevê e falar de uma copa que ele nem entrou em campo qual a função dele no clube?

  2. Jucilei, Liziero e Hudson. Dá até pra fazer o tal rodízio usando sempre dois deles. O que não dá mais é pra ficar enterrando o time toda vez que o Petros entra. Não é um jogador ruim, mas está em péssima fase.

    Sobre o Cavalieri, já foi um excelente goleiro, mas já vem em decadência faz tempo. Caríssimo e não resolve mais. A imprensinha anda sugerindo o nome dele, assim como essa semana fizeram matéria elogiosa das reposições maravilhosas do Sidão. Não é por acaso.

  3. Ser banco do Petros é osso.

    Jean
    Régis-Bruno Alves-Arboleda-Reinaldo(Junior Tavares)
    Lizieiro-Jucilei(Hudson)
    Nene
    Éverton-Diego-Toró

    Contando com as prováveis vendas de Rodrigo Caio+Cueva+Militão.

  4. Espero Liziero no lugar do Hudson (nao so pro jogo de hoje) e Shaylon no lugar do Nene (jogando do mesmo modo q o Nene joga, sem imposição de voltar tanto, com mais liberdade)
    Pro lugar do MG, Caique faz a parte tatica melhor, mas Boia tem mais drible e imposição ofensiva. Iria com Paulinho e, se tiver inoperante, da pra ate usar o Lucas, fazendo uma boa dupla com Shaylon

  5. Sidão titular hoje. Está sendo blindado e prestigiado. Acho que faz sentido, afinal um goleiro que foi banco no Botafogo e banco no Audax, não pode ter desaprendido!

    Pelo jeito está pro Aguirre, assim como Edimar estava pro Dorival.

    Mas tudo bem, Sidão é garoto, ainda está amadurecendo. Quando chegar aos 40 pode se tornar um ótimo goleiro.

Deixe uma resposta