Valdívia fica fora de jogo do São Paulo e visita familiares mantidos em cárcere em Mato Grosso

O jogador Valdívia, do São Paulo, foi liberado pela direção do clube para visitar seus familiares, que foram mantidos em cárcere privado durante pelo menos quatro horas, por criminosos armados, na cidade de Jaciara (150 quilômetros de Cuiabá). O fato foi registrado no dia 15 deste mês.

Na última terça-feira (15), a família do jogador do São Paulo teve a casa invadida durante a noite. A quadrilha rendeu todas as vítimas – que ficaram quatro horas trancadas dentro de um cômodo da residência – e levou dois veículos (BMW 120i e Range Rover Evoque). Após rápida ação da polícia, os veículos foram recuperados.

O técnico Diego Aguirre comentou sobre o caso, durante entrevista coletiva após o jogo entre São Paulo e Santos, pelo Campeonato Brasileiro de 2018. “Tem coisas que são internas. Ele [Valdívia] tem uma situação pessoal, mas está tudo bem, não tem problema. Estava precisando ver a família”. Porém, o uruguaio afirmou que a não convocação dele para o clássico se deu por questões técnicas.

Como já não seria utilizado, o atleta acabou liberado pela diretoria. Valdívia deverá voltar aos trabalhos no CT na terça-feira, quando o elenco tricolor estará de folga. Recentemente, ele agradeceu o apoio de todos nas redes sociais.

Wanderson Ferreira de Oliveira, conhecido como Valdívia, é natural de Jaciara e foi revelado nas categorias de base do Rondonópolis. Após se destacar em uma Copa SP de Futebol Júnior, ele acabou contratado pelo Internacional (RS), onde viveu a melhor fase da carreira. Ele tem passagens também por Atlético (MG) e atualmente defende o São Paulo (SP).

Cenário do MT

6 comentários

  1. Se eu tivesse a condição financeira dele, já teria mandado meus familiares mais próximos pra um lugar descente. Que bom que não os machucaram.

  2. Ter dinheiro, ser publico e morar no Brasil é uma coisa bem complicada. Se fora daqui onde tem sistema de segurança eficiente já é problemático imagina num país que solta bandido em datas comemorativas.

Deixe uma resposta